Cassilândia, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

11/08/2007 07:27

Costureiro condenado a 14 anos por homicídio

TJGO

Em sessão realizada na terça-feira (7), o 1º Tribunal do Júri de Goiânia condenou o costureiro Diego Francílio Ferreira dos Santos, de 21 anos, a 14 anos de reclusão pela morte de Leandro Junio Alves Pereira, então com 19 anos, ocorrida em 28 de agosto de 2004, no Jardim Curitiba I. Diego cumprirá a decisão em regime inicialmente fechado, na Penitenciária Odenir Guimarães, antigo Cepaigo, local em que se encontra preso há cerca de três anos, cumprindo pena por dois outros homicídios. Em razão disto, o juiz Jesseir Coelho de Alcântara, que presidiu o julgamento, negou ao costureiro o direito de aguardar em liberdade o trânsito em julgado da sentença.

Após os debates, os jurados reconheceram, por unanimidade, a qualificadora do emprego de recurso que dificultou a defesa da vítima, bem como as atenuantes da menoridade relativa e da confissão espontânea. Em contrapartida, o júri rejeitou, por maioria, a tese da semi-imputabilidade - portador de relativa redução na sua potencialidade de consciência quanto à ilicitude - sustentada pela defesa, com base no laudo da Junta Médica Oficial do Poder Judiciário de Goiás.

O réu reconheceu a autoria, contudo, disse que só conhecia Leandro "de vista" e que ele, semanas antes do assassinato, o havia atingido com dois tiros, por causa de "outro cara", de nome Alex, com quem já tinha uma briga. Diego contou que Leandro "quis tomar a causa", ou seja, que a vítima tomou partido de Alex, uma vez que andavam juntos. Ainda conforme Diego, ele afirmou achar "engraçado" este fato não ter sido mencionado na denúncia.

Caso

De acordo com o Ministério Público de Goiás (MP), o crime ocorreu por volta das 23h50, quando Diego desferiu quatros tiros em Leandro, um na cabeça e três no tórax, durante um showmício. Segundo a denúncia, os dois se desentenderam dias antes do fato, por razões não apuradas. No dia do crime, Diego aproximou-se de Leandro, que estava acompanhado da namorada, e desferiu os disparos, logo após uma viatura da polícia, que fazia a segurança daquela área, ter se afastado. (Sheila Cavalcante)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)