Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

27/04/2011 05:39

Costa Rica: Oito dias após serem soltos, acusados de assassinato voltam para a cadeia

Paulo Fernandes, Campo Grande Newa

Oito dias após serem soltos, dois acusados de assassinar Vanessa Ferreira da Silva Nunes voltaram a ser presos em Costa Rica (305 km de Campo Grande), nesta terça-feira.

Robson Mendes de Oliveira, 27 anos, e Celso Maldaner dos Santos, o “Gaúcho”, de 54, tiveram a prisão preventiva decretada ontem após uma nova testemunha ser ouvida pelo delegado Cleverson Alves dos Santos. Em depoimento à polícia, ela disse que Robson revelou ter matado Vanessa.

A prisão também levou em consideração o fato de Robson estar supostamente ameaçando testemunhas, conforme o site Hora da Notícia. A prisão vale por 30 dias e pode ser renovada por igual período.

Robson e Celso já haviam ficado presos por 30 dias. Eles tiveram a prisão temporária decretada no dia 18 de março. A prisão não foi renovada à época já que não havia fatos novos no inquérito policial.

Vanessa, na época com 15 anos, desapareceu no dia 11 de dezembro de 2006 após sair de casa para ir a um evento na Praça Central de Costa Rica.

O corpo dela nunca foi encontrado. Apenas um osso foi encontrado, mas o resultado do exame de DNA ainda não está pronto.

A polícia, no entanto, irá retomar as escavações nesta semana em busca do corpo. Desta vez, a polícia acredita que poderá encontrar a ossada em um local na saída para Figueirão, na lateral da rodovia.

A suspeita é de que a ossada tenha sido jogada no local durante a limpeza do terreno para construção do Centro de Eventos Bairdão.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)