Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

08/02/2010 10:17

Costa Rica elege pela primeira vez uma mulher para a Presidência

Renata Giraldi , Agência Brasil

Brasília - Pela primeira vez na sua história política, a Costa Rica terá uma mulher na Presidência da República. Aliada e sucessora política do ex-presidente Óscar Arias Sánchez, escolhido Prêmio Nobel em 1987, Laura Chinchilla foi eleita ontem (7). Os últimos dados oficiais indicam que ela obteve 48,7% dos votos. O segundo colocado, Ottón Solís conseguiu 22,5%, e o último, Otto Guevara, ficou com 21,3%. Houve abstenção de 33% em um universo de 2,8 milhões de eleitores.

Com o apoio de Óscar Arias Sánchez, que recebeu o Prêmio Nobel por sua atuação pela busca de um acordo durante o conflito entre Nicarágua e El Salvador, Laura Chinchilla fez campanha prometendo diálogo, segurança, desenvolvimento social e independência. Também disse que dará prioridade ao combate ao narcotráfico e à Previdência pública com foco nos aposentados e idosos.

A presidente eleita manteve o discurso depois de revelada sua vitória. Com um perfil político associado à ideologia de esquerda, ela tem posições conservadoras sobre temas, como a liberação do aborto e o reconhecimento da união civil entre pessoas do mesmo sexo. É ligada aos movimentos religiosos.

Os demais candidatos levantaram suspeitas, durante a campanha presidencial, sobre a independência do governo de Chinchila em relação à influência de Arias. Ex-assessora direta dele, ela reitera que será independente e que seu governo manterá “portas abertas” numa referência de que estará disposta a negociar e ouvir.

Até o dia das eleições, ontem (7), as pesquisas de opinião mostraram vantagem para Chinchilla. Nelas, a presidente eleita, do Partido Libertação Nacional (PLN), contava com 41,9% das intenções de votos, seguida por Guevara, do Movimento Libertário (ML), com 22,9%, e por Otto Solís, do Partido Ação Cidadã (PAC), que teria 19,9%.

Cerca de 200 observadores estrangeiros acompanharam as eleições realizadas ontem na Costa Rica.

Também foram eleitos 57 deputados e 81 governantes municipais. De acordo com a Justiça Eleitoral do país, não houve incidentes no período de votação – das 6h às 18h.

Edição: Juliana Andrade

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)