Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

21/09/2012 07:32

Corte Suprema do Paraguai rejeita ação movida por Lugo

Agência Brasil/ Renata Giraldi*

A Corte Suprema do Paraguai rejeitou ontem (20) a ação movida pelo ex-presidente Fernando Lugo que questionava a inconstitucionalidade sobre o processo que levou ao seu impeachment, em 22 de junho. A ação foi movida por correligionários de Lugo. Foi a segunda decisão contrária ao ex-presidente, na Corte. A primeira ocorreu em 25 de junho.

Lugo alegou nas duas ações que foi inconstitucional o processo que levou à sua destituição do poder. A ação foi julgada pelos magistrados Victor Nuñez, Gladys Bareiro de Módica e Antonio Fretes. Segundo os magistrados, as alegações são improcedentes.

Os advogados Emilio Camacho e José Enrique Garcia, que defendem Lugo, podem recorrer, porém, aos fóruns internacionais se esgotarem os esforços na Justiça do Paraguai. Não há indicações, por enquanto, sobre quais serão os próximos passos dos representantes do ex-presidente.

Em junho, Lugo foi destituído depois de um processo de impeachment, submetido à Câmara e ao Senado, que durou menos de 24 horas. Por maioria, os parlamentares concluíram que ele “faltou com responsabilidade” no cargo de presidente da República.

Para os presidentes Dilma Rousseff, Cristina Kirchner (Argentina) e José Pepe Mujica (Uruguai), Lugo não teve, entretanto, o tempo necessário para se defender e sua destituição do poder foi gerada pelo rompimento da ordem democrática. Os três líderes políticos decidiram pela suspensão temporária do Paraguai do Mercosul até abril de 2013 – quando há eleições no país.

*Com informações da agência pública de notícias do Paraguai, Ipparaguay

Edição: Graça Adjuto

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)