Cassilândia, Quarta-feira, 23 de Maio de 2018

Últimas Notícias

12/08/2008 11:11

Corrupção: PF cumpre dois mandados e prende um em MS

Fernanda Mathias e Nadyenka Castro/Campo Grande News

A Operação “Dupla Face”, desencadeada pela Polícia Federal de Mato Grosso contra corrupção de servidores do Incra, cumpriu esta manhã dois mandados de busca e apreensão em Mato Grosso do Sul. Uma pessoa foi presa em um hotel na saída para São Paulo e presta depoimento na PF.

Segundo a PF, os dois mandados de busca e apreensão foram cumpridos em residências. Não foram informados mais detalhes sobre o envolvimento da pessoa presa no esquema de corrupção e os locais onde foram feitas as buscas e apreensões.

Os mandados foram todos expedidos pelo juízo da 2ª Vara Federal em Cuiabá/MT, requeridos pela Polícia Federal. Além de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, a ação ocorre em Minas Gerais, Paraná e São Paulo e tem apoio logístico de Superintendências da Polícia Federal de vários Estados da Federação, da inteligência da Receita Federal e da Controladoria-Geral da União.

Segundo a PF, as investigações, que ocorrem desde 2006, identificaram a existência de duas organizações criminosas distintas: uma organização criminosa que agia no Incra e uma organização criminosa que atuava na Receita Federal sendo que algumas pessoas eram integrantes das duas quadrilhas.

A organização criminosa que agia no Incra atuava em torno, principalmente, dos Processos de Certificação de Imóveis Rurais em trâmite naquele órgão. A quadrilha cooptava proprietários interessados em obter a Certificação de suas propriedades rurais ou qualquer outra vantagem junto ao Incra, intermediando o pagamento de propina a servidores corruptos do órgão que também integravam a organização criminosa.

Já os investigados que atuavam junto à Receita Federal praticavam diversos crimes em em troca de recebimento de suborno, tais como: fornecimento de dados sigilosos a que têm acesso em razão das funções que ocupam, cancelamento de créditos tributários, fraude e agilização de processos de restituição de imposto de renda, regularização de CPFs etc.

O nome da Operação Dupla Face explica a PF, deve-se ao fato de grande parte dos integrantes da quadrilha ser de servidores públicos, os quais aparentavam, perante a sociedade, possuir uma conduta ilibada, entretanto, se locupletavam ilicitamente

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 22 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)