Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

12/08/2008 11:11

Corrupção: PF cumpre dois mandados e prende um em MS

Fernanda Mathias e Nadyenka Castro/Campo Grande News

A Operação “Dupla Face”, desencadeada pela Polícia Federal de Mato Grosso contra corrupção de servidores do Incra, cumpriu esta manhã dois mandados de busca e apreensão em Mato Grosso do Sul. Uma pessoa foi presa em um hotel na saída para São Paulo e presta depoimento na PF.

Segundo a PF, os dois mandados de busca e apreensão foram cumpridos em residências. Não foram informados mais detalhes sobre o envolvimento da pessoa presa no esquema de corrupção e os locais onde foram feitas as buscas e apreensões.

Os mandados foram todos expedidos pelo juízo da 2ª Vara Federal em Cuiabá/MT, requeridos pela Polícia Federal. Além de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, a ação ocorre em Minas Gerais, Paraná e São Paulo e tem apoio logístico de Superintendências da Polícia Federal de vários Estados da Federação, da inteligência da Receita Federal e da Controladoria-Geral da União.

Segundo a PF, as investigações, que ocorrem desde 2006, identificaram a existência de duas organizações criminosas distintas: uma organização criminosa que agia no Incra e uma organização criminosa que atuava na Receita Federal sendo que algumas pessoas eram integrantes das duas quadrilhas.

A organização criminosa que agia no Incra atuava em torno, principalmente, dos Processos de Certificação de Imóveis Rurais em trâmite naquele órgão. A quadrilha cooptava proprietários interessados em obter a Certificação de suas propriedades rurais ou qualquer outra vantagem junto ao Incra, intermediando o pagamento de propina a servidores corruptos do órgão que também integravam a organização criminosa.

Já os investigados que atuavam junto à Receita Federal praticavam diversos crimes em em troca de recebimento de suborno, tais como: fornecimento de dados sigilosos a que têm acesso em razão das funções que ocupam, cancelamento de créditos tributários, fraude e agilização de processos de restituição de imposto de renda, regularização de CPFs etc.

O nome da Operação Dupla Face explica a PF, deve-se ao fato de grande parte dos integrantes da quadrilha ser de servidores públicos, os quais aparentavam, perante a sociedade, possuir uma conduta ilibada, entretanto, se locupletavam ilicitamente

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)