Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

30/08/2004 14:24

Correios propõe aumento salarial de 17,75%

Eber Benjamim Santos Arruda

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), apresentou nova proposta de reajuste salarial para seus funcionários. O índice proposto é de 17,75%, para aproximadamente 90% dos funcionários. Os outros 10% receberiam 12%. A proposta da empresa é a seguinte: aumento de 6,81% (correspondente a 100% do IPCA - Índice de Preços ao Consumidor) com reposição integral das perdas do período entre 01/08/03 a 31/07/04 para todos os funcionários; concessão de progressão funcional (5% de aumento) para os empregados admitidos até 31/07/2004; concessão de progressão funcional (5%), com vigência a partir de 01/03/05, para os admitidos até 01/03/02. Considerando a reposição integral do IPCA mais o impacto das progressões funcionais nos salários, 90% da categoria terá reajuste salarial de 17,75%.

ECT aumenta também os valores do ticket alimentação e da cesta básica - Além do aumento salarial proposto, a ECT propõe reajuste no ticket alimentação de R$ 12,00 para R$ 13,00. Isso totaliza R$ 351,00 mensais para funcionários que recebem 27 tickets (trabalham aos sábados) e de R$ 299,00 para os que recebem 23 tickets (não trabalham aos sábados). Já o valor da Cesta-Básica (paga na forma de Vale) terá reajuste de 20%, passando de R$ 60,00 para R$ 72,00.

Outros benefícios - Pela proposta, a Gratificação de Quebra de Caixa passa para R$ 87,45 (agências sem Banco Postal) e R$ 116,60 (agências com Banco Postal), com reajuste de 10%. O Reembolso Creche passa para R$ 264,00 mensais, com reajuste de 20%. Já o Auxílio para filhos dependentes de cuidados especiais vai para R$ 420,00 mensais, com reajuste de 20%, admitindo-se o reembolso de valores maiores, devidamente comprovados. Além disso a empresa garante os demais benefícios, inclusive Assistência Médica para os pais, mães e aposentados, conforme os critérios em vigor.

Correios adota política de recomposição dos salários - De acordo com o Assessor de Relações Sindicais dos Correios de Mato Grosso do Sul, Alcione Diogo de Souza, o aumento proposto pela ECT "pelo segundo ano consecutivo trás uma reposição real da perdas acumuladas na era FHC. No ano passado o aumento chegou a 22%, repondo a inflação do período mais uma recomposição das perdas. Este ano a empresa aponta novamente para isso: repor a inflação integral mais um aumento como reposição das perdas. Isso mostra uma diferença clara com o governo passado, quando sequer a inflação do período era repassada para os salários. É preciso destacar também o aumento de 20% no ticket-refeição e no valor da cesta-básica. Podemos afirmar que hoje os Correios têm uma política de reposição das perdas salariais. Qual categoria conseguiu nos últimos dois anos uma reposição como a conseguida pelos trabalhadores dos Correios?", pergunta.

Sobre a possibilidade de greve, levantada pelo sindicato, Alcione diz que "trata-se de um direito constitucional, legal, dos trabalhadores. Mas vemos a clara possibilidade da assinatura do acordo. Greve é sempre um último recurso, quando estão fechadas as portas das negociações, o que não é o caso. Quem tinha postura intransigente e tratava as questões trabalhistas como caso de polícia era a gestão passada", afirma.



Assessoria de Comunicação dos Correios/MS

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)