Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

01/08/2007 06:43

Corregedoria realizou correições em 18 comarcas

TJMS

A Corregedoria-Geral de Justiça de Mato Grosso do Sul já realizou, apenas nos sete primeiros meses do ano, correições em dezoito comarcas do Estado e duas varas da comarca de Campo Grande. No interior do Estado foram visitadas as comarcas de Anastácio, Bandeirantes, Brasilândia, Caarapó, Chapadão do Sul, Camapuã, Cassilândia, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Dois Irmãos do Buriti, Fátima do Sul, Itaporã, Nova Alvorada do Sul, Pedro Gomes, Rio Verde de Mato Grosso, São Gabriel do Oeste e Sonora.

Além das Comarcas, foram realizadas correições também nos Cartórios Extrajudiciais de distritos vinculados às comarcas e no 6º Serviço Notarial, 3º Serviço Notarial e 3º Tabelionato de Protestos da capital.

Viajam para as comarcas, além do Corregedor-Geral de Justiça, Des. Divoncir Schreiner Maran, um dos juízes auxiliares da corregedoria e um grupo correicional formado por seis assistentes judiciais.

Em todas as comarcas foram fiscalizadas as serventias judiciais e as serventias notariais e de registros, inclusive dos respectivos distritos judiciais. Os trabalhos de correição foram iniciados na Vara de Sucessões e na 1ª Vara de Fazenda e Registros Públicos, da comarca de Campo Grande.

Nos ofícios judiciais foram verificados: a movimentação processual, checado se o número de servidores é suficiente para o acompanhamento dos processos em trâmite, se a quantidade de equipamentos de informática e mobiliário é suficiente, oferecendo o suporte necessário para atender a demanda. Foi feito o levantamento geral se os prédios possuem estrutura física e espaço adequado para o atendimento ao jurisdicionado e o grupo correicional ainda avaliou como está a execução do SAJ (Sistema de Automação do Judiciário) no sentido de atender às necessidades da comarca.

As questões analisadas nas correições dos foros judiciais são repassadas às respectivas áreas envolvidas do judiciário estadual, requisitando a solução dos problemas encontrados em cada comarca, determinando que eles fossem consignados nos respectivos termos de correição.

Na agenda da Corregedoria-Geral de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul estão previstas, para as próximas semanas, a visita de mais duas comarcas do interior do Estado, tanto nos ofícios judiciais quanto nos extrajudiciais.

Entenda a correição – Para quem não conhece o trabalho da corregedoria, a correição faz parte do trabalho de fiscalização do Tribunal de Justiça para verificar o andamento dos serviços judiciários prestados, mas as visitas não significam que há irregularidades nos locais visitados. Durante os trabalhos, são recebidas informações dos serviços forenses e dos atos praticados nas unidades cartorárias da comarca.

As eventuais irregularidades são registradas e os cartórios recebem orientações de como proceder corretamente. Nas comarcas, a equipe de correição visita os cartórios de registro de imóveis, títulos, documentos e protestos, os de notas e os de registro de pessoas naturais, onde são registrados os nascimentos, casamentos e óbitos.

Nos cartórios judiciais, aqueles que ficam nas varas, os membros da corregedoria deixam Campo Grande munidos de um relatório fornecido pelo Sistema de Automação do Judiciário (SAJ), o que permite uma correição mais rápida e efetiva. Assim, verifica-se se os autos relacionados já estão prontos para despacho, se estiverem, qual o motivo de não terem sido liberados, se existe razão para estarem paralisados etc.

A presença da corregedoria nas comarcas não significa punição. A equipe de correição trabalha para orientar, e essa finalidade fica muita clara a partir do momento em que os serventuários esperam para sanar suas dúvidas.

Autoria do Texto:Secretaria de Comunicação Social

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)