Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

14/10/2012 13:32

Corredores quenianos dominam Volta das Nações mais uma vez

Elverson Cardozo e Mariana Lopes, Campo Grande News

Os campeões da 4ª edição da meia-maratona da Volta das Nações, nas categorias masculino e feminino, são quenianos, que tem dominado a prova nos últimos anos. O evento, que reuniu competidores de todo o Brasil e do exterior, aconteceu na manhã deste domingo (14), em Campo Grande.

A estimativa da organização é de que 30 mil pessoas, entre participantes da corrida e público assistindo, tenham ido ao entorno do Parque das Nações Indígenas, onde a disputa aconteceu.

Na categoria 21 quilômetros, o maior trajeto - que pontua para o ranking nacional e internacional de corrida de rua -, o vencedor foi o queniano Mark Korir, de 24 anos, que fez o percurso total em 1 hora, 5 minutos e 22 segundos.

Com o título, ele se tornou bicampeão na competição, superando a marca do ano passado. Em 2011, Mark fez o mesmo percurso em 1 hora e 7 minutos.

A segunda posição também foi conquista por um queniano. Barnabá Kiplogat Korgri percorreu 21 quilômetros em 1 hora, 5 minutos e 59 segundos. O terceiro lugar foi para o etíope Sikre Assefa Robi.

Na categoria feminina, a vencedora foi a queniana Seurey Jane Jelagat Seur, de 26 anos, que participa de corridas há 4 anos. Hoje, Seurey percorreu os 21 quilômetros em 1 hora e 21 minutos.

A segunda colocada foi a brasileira Tatiana Rodrigues Fernandes, que terminou a prova em 1 hora e 32 minutos. Por 1 minuto de diferença, Roseli Mateus ficou em terceiro lugar.

Outras categorias - Nos 10 quilômetros gerais, na disputa amadora, Juvenil de Souza, Cleberson Escobar Aguirre e Genivaldo Nunes conquistaram as primeiras posições.

No feminino, Maria Benites Brum, Mariuza Benites Brum Danke e Luzia Gana da Silva alcançaram o primeiro, segundo e terceiro lugar, respectivamente.


Corrida reuniu teve 24 mil inscritos, segundo Fiems. (Foto: Pedro Peralta)
Dos três participantes que disputaram na categoria cadeirantes, apenas 2 terminaram a prova: Jocial Paulino, de 35 anos, que percorreu 10 quilômetros em 1 hora e 3 minutos e Carlos Neves, de 37 anos, que fez o percurso em 1 hora e 20.

Com o resultado, o primeiro colocado, que já havia participado da corrida em 2011, tornou-se bicampeão.

Na categoria deficiente visuais venceram Alex Cavalcante Mendonça (1 hora e 17 minutos), Yeltsin Jacques (1 hora e 18 minutos) e Adirson Henrique Rodrigues da Costa (1 hora e 27 minutos).

Fabiana Salgueiro Cardoso, de 32 anos e Andreia Matos, de 35 anos, eram as únicas participantes nesta disputa. A primeira terminou a prova em 2 horas e 8 minutos. Andreia terminou o trajeto em 2 horas e 25 minutos.

Caminhada – A Volta das Nações reuniu não apenas competidores, mas famílias inteiras que deixaram a preguiça do domingo de lado e foram se exercitar.

Patrícia Souza Santos, de 29 anos, acompanhou o marido, que resolveu participar da prova correndo 10 quilômetros. Ela, com a filha de 2 meses no carrinho, preferiu caminhar ao lado da irmã, Sandra Souza, de 36 anos.

Corrida – A competição começou às 7h, com a largada dos atletas das categorias cadeirante e deficiente visual. Vinte minutos depois saíram os as categorias elite e indústria feminino.


Caminhada foi feita em família. (Foto: Pedro Peralta)
Às 7h45, foi a vez da largada do masculino, dos participantes da corrida de 10 km e da caminhada de 7 km.

Segundo a Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul), uma das organizadoras, 24 mil pessoas se inscreveram no evento. O presidente da entidade, Sérgio Longen, disse que a edição deste ano superou as expectativas e, de tanta procura, a organização teve de encerrar os cadastramentos para não ultrapassar o limite de participantes.


Longen afirmou ainda que a Volta das Nações já entrou para o circuito de corridas de rua do país e que o sucesso do evento tem reflexo na quantidade de participantes de fora que vem à Campo Grande. “Isso dá visibilidade para o nosso Estado”, finalizou.

A volta das Nações envolveu cerca de 1,5 mil pessoas na organização, incluindo homens do Exército, PM (Polícia Militar), Corpo de Bombeiros, Ciptran (Companhia Independente de Policiamento Militar de Trânsito) e Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)