Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

11/04/2004 14:44

Corpos de garimpeiros serão resgatados pela PF

Marina Domingos/ABr

A Polícia Federal de Rondônia enviou, nesta manhã, uma equipe para remover os corpos de três garimpeiros que foram mortos depois do confronto com índios da etnia Cinta-Larga pela disputa de terras do garimpo de diamantes localizado na região da cidade de Espigão d’Oeste, divisa do estado de Rondônia com o Mato Grosso.

De acordo com o superintendente da Polícia Federal de Rondônia, Marco Aurélio Moura, um helicóptero partiu esta manhã em busca dos corpos dos garimpeiros já localizados e, numa segunda etapa, os policiais devem procurar novos corpos. Até agora o número oficial de mortos é de três homens, mas muitos garimpeiros ainda estão desaparecidos. “É muito prematuro tirar conclusões antes de averiguar o local. Os garimpeiros podem estar escondidos na mata aguardando acalmar os ânimos para poder sair”, disse o superintendente.

O índio Marcelo Cinta-Larga, que estava sendo ameaçado de linchamento por garimpeiros na praça pública de Espigão d’Oeste, está sob custódia da Polícia Federa na delegacia de Ji-Paraná, próxima à cidade. Segundo Marco Aurélio, os representantes da Fundação Nacional do Índio (Funai) na região estão em contato direto com a PF e tentam tranqüilizar a população indígena. “A Funai está dando todo apoio necessário à nossa equipe na região. A nossa pretensão é trabalhar o máximo para evitar qualquer incidente com garimpeiros ou índios”, revelou Marco Aurélio.

A Polícia Federal também pretende enviar equipes por terra, mas somente depois de esgotar as buscas aéreas. Para o superintendente, seria muito mais complicado partir numa busca realizada na mata, uma vez que o local é de difícil acesso e o mau tempo tem prejudicado as expedições.
“Por helicóptero, a polícia gasta cerca de 15 minutos e, por terra, cinco horas de carro, mais quatro horas a pé para chegar ao ponto onde ocorreu o confronto. É mais racional, prático e econômico utilizar o helicóptero, vamos esgotar todas as possibilidades de busca”, afirmou,
ressaltando que poderá enviar uma equipe por terra numa terceira fase da operação, que poderá ocorrer a partir de amanhã.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)