Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

22/06/2013 15:34

Corpo de Bombeiros dá dicas para evitar acidentes com fogos de artifício

Bianca de Freitas Caruso, noticiasms

Campo Grande (MS) – Neste mês de junho, um movimento cultural muito antigo passa a tomar conta das cidades brasileiras. As tradicionais festas de São João, ou festas juninas, são realizadas em grande número em praticamente todos os municípios do país, sejam elas em grande ou pequena escala. Organizadas com pouca gente ou com milhares de pessoas e durante vários dias, as festas juninas são um ótimo momento para manter viva uma tradição secular onde, culinária, dança e alegria se reúnem em um dos movimentos populares mais conhecidos do Brasil.

Presentes em praticamente todas as festas de São João, os fogos de artifícios, além de colorir os céus representam um grande perigo se manuseado incorretamente, podendo ferir quem o manuseia de forma grave. Devido ao grande número de acidentes com este produto nesta época do ano, o Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul revela os cuidados a serem tomados, desde o momento da compra até quando for ser utilizado.

Para evitar a aquisição de material clandestino é importante observar se o local de venda é credenciado. Nas lojas credenciadas, os vendedores são treinados para orientar aos usuários sobre as medidas de segurança. Estas casas possuem iluminação blindada contra explosões, extintores e porta corta-fogo para evitar a propagação de incêndios.

Com o intuito de diminuir os acidentes, os Bombeiros aconselham a sempre ler as instruções impressas na embalagem, utilizar os fogos em lugar aberto e armazenar os produtos em local seco e afastado do calor. Na hora de soltar o fogo de artifício é importante, dependendo da idade de quem manuseá-lo, estar sob a supervisão de adultos, nunca reutilizar os fogos que tenham falhado e não atirar fogos na direção de outras pessoas.

Os bombeiros alertam ainda que nunca devem ser realizadas experiências, modificar ou tentar fabricar seus próprios fogos, uma vez que isso pode causar acidentes graves. Evitar o consumo de bebidas alcoólicas por quem vai manusear os produtos é outro ponto destacado pelos militares.

Em caso de acidentes e queimaduras, enquanto não houver atendimento no hospital deve-se cobrir a queimadura com um pano limpo, nunca furar as bolhas, pois elas servem para proteger a área queimada. Não é recomendado retirar as roupas grudadas, fragmentos de objetos ou graxas das lesões, pois isso pode agravar os ferimentos. É importante não utilizar pomadas sem a devida orientação médica e deve-se procurar socorro imediatamente.

As lesões mais frequentes são queimaduras, amputação de dedos e até mesmo da mão, cegueira e trauma acústico, quando a bomba explode perto dos olhos e ouvidos, respectivamente. De acordo com o tenente coronel do Corpo de Bombeiros, Joilson de Paula, é de extrema importância que os usuários observem a legislação vigente e as instruções de uso dos produtos. “Tem que ter um cuidado muito grande com crianças. Já vimos casos de criança acender o fogo de artifício e olhar dentro para ver o que acontece, sendo surpreendida pela explosão. Foi um acidente grave que resultou em cegueira. Quanto aos adultos, é importante que se coloquem três fogos um embaixo do outro, para que o que for ser lançado fique longe da mão. Caso não faça isso, se acontecer uma falha e a bomba sair pra baixo, pode acontecer até amputação de dedos e até mesmo da mão. As orientações existem para salvaguardar a vida das pessoas”, enfatiza.

Saiba mais sobre fogos de artifício

Cada tipo de produto pirotécnico tem uma classificação, de acordo com o seu poder de explosão ou queima. Essa classificação está adequada à idade do usuário e de acordo com a norma R 105, do Ministério do Exército. Para isso todo produto deve possuir na embalagem sua classificação, que pode ser:

Classe A (Infantil) - Podem ser vendidos a menores e sua queima é livre, porém, é recomendável sempre a assistência de adultos.

Classe B (Juvenil) - Pode ser vendido a menores, mas a sua queima é proibida em terraços, portas ou janelas que tenham proximidade com vias públicas.

Classe C (Adulto) - Venda proibida à menores de 18 anos.

Classe D (Profissionais) - Venda proibida para menores de 18 anos em qualquer hipótese. Só pode ser queimado com licença prévia da autoridade competente.

Rodrigo Gordin

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)