Cassilândia, Quarta-feira, 23 de Maio de 2018

Últimas Notícias

11/07/2013 06:27

Corintianos presos na Bolívia podem ser libertados em breve

Renata Giraldi, Agência Brasil

Brasília – Após cinco meses presos em Oruro, na Bolívia, os cinco torcedores do Corinthians esperaram que um acordo para libertá-los esteja próximo. O ministro Eduardo Saboia, da Embaixada do Brasil na Bolívia, um dos negociadores para a libertação dos corintianos, disse à Agência Brasil que está otimista sobre o avanço das conversas. “As negociações estão avançando de parte a parte, é possível aguardar pela libertação em breve, sim”, disse ele.

Em 6 de junho, sete dos 12 torcedores detidos na Bolívia foram libertados e chegaram ao Brasil. Mas cinco foram mantidos presos. As autoridades bolivianas disseram que precisavam de mais informações e de afastar todas as suspeitas para libertá-los.

Os corintianos foram presos em 20 de fevereiro, após o estudante boliviano Kevin Espada, de 14 anos, ser atingido por um sinalizador, durante o jogo entre o San José e o Corinthians, na Taça Libertadores. Menos de uma semana depois, um adolescente, sócio da Gaviões da Fiel (torcida organizada do Corinthians), apresentou-se à Justiça como autor do disparo do sinalizador.

Em maio, o adolescente que se disse autor do disparo prestou depoimento ao promotor boliviano. Foram coletadas as digitais do jovem e enviadas para a Bolívia. Depois, os sete adolescentes foram libertados.

No mês passado, em nota, o Ministério das Relações Exteriores informou que a libertação dos sete torcedores foi definida pela Justiça da Bolívia por “falta de provas”. O texto lembrou que a presidenta Dilma Rousseff tratou do assunto com o presidente boliviano, Evo Morales, e que os ministros das Relações Exteriores também buscaram um acordo sobre o tema.

A Embaixada do Brasil na Bolívia tomou providências para transportar os brasileiros de Oruro para La Paz, a capital. De acordo com o Itamaraty, o governo brasileiro presta assistência aos cinco torcedores ainda detidos. O assunto foi tema de audiências públicas em comissões na Câmara e no Senado. Os parlamentares cobraram providências em relação à libertação dos brasileiros.

Edição: Graça Adjuto

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 22 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)