Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

03/01/2008 06:06

Corinthians: Felipe acerta e reclama de diretor

Na véspera do início da temporada do Corinthians, a diretoria buscava ontem fechar com os últimos nomes pedidos por Mano Menezes: Pedrinho, André Santos, do Figueirense, e Fabiano, do Necaxa.

O presidente Andres Sanches, o vice Mario Gobbi e o diretor técnico Antônio Carlos estavam envolvidos nas transações paralelas. E hoje, às 16h, os jogadores se apresentam no Parque São Jorge para início da temporada.

Antes disso, Felipe fez questão de convocar uma entrevista coletiva e explicou ontem a novela que foi a sua renovação de contrato.

“O Antônio Carlos foi infeliz em algumas declarações. Não deveria ter revelado valores da minha renovação. E também não ter falado sobre os meus rebaixamentos. Mas eu o respeito como grande jogador que foi. Ele está começando uma nova carreira e foi infeliz no que falou”, disse o goleiro.

As declarações de Antônio Carlos que causaram tanta confusão foram dadas ao JT.

Antônio Carlos e Felipe deverão ter uma conversa séria ainda hoje para acabar com o clima ruim.

Felipe conseguiu um aumento salarial de 167%. Passou a ganhar R$ 80 mil mensais. E teve seu contrato confirmado até 2011.

O goleiro não acredita que ficará marcado como ‘mercenário’ por causa da briga pelo aumento.

“Sei que alguns torcedores não gostaram da situação, mas eles precisam saber que eu estou muito disposto a continuar a fazer tudo o que eu posso pelo bem do Corinthians. Eles vão mudar de opinião”, garante o goleiro.

O jogador revelou, no entanto, que acreditou que sairia do Corinthians. “Quando estava em Salvador li que o goleiro Fernando Henrique, do Fluminense, já havia dito que tinha acertado a sua vinda para o Corinthians. Pensei: pronto, acabou.”

Ele tinha uma proposta de R$ 120 mil para disputar a Copa Libertadores pelo Fluminense. Mas o Corinthians não o liberou.

“Fiquei e vou disputar com orgulho a Série B e levar o Corinthians para a elite do futebol brasileiro, onde ele merece estar.”

O jogador tinha um outro motivo para sorrir. Ele já tem um filho de quatro anos. E soube que terá um outro no meio do ano.

Felipe sabe, porém, que as chances de chegar à Seleção Brasileira jogando na Série B são pequenas.“Sei que é difícil jogador que disputa a B chegar à Seleção, mas quem sabe não quebro mais esse tabu?”

O elenco fará exames médicos a partir de hoje. Eles terminarão amanhã, quando a equipe viajará para a pré-temporada em Itu, até dia 16.

Betão negocia com o futebol russo, enquanto o lateral Edson está indo para o Nacional de Portugal. Já Vampeta não vai ter cargo no clube.


Estadão

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)