Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

27/04/2006 10:58

Copom indica continuidade NA redução dos juros

Stênio Ribeiro/ABr

A convergência da inflação para a meta oficial de 4,5% associada à consolidação de um cenário duradouro de estabilidade econômica contribuem para a "redução progressiva da percepção de risco macroeconômico que vem ocorrendo nos últimos anos". A observação está contida na ata da reunião que o Comitê de Política Monetária (Copom) realizou na semana passada, divulgada hoje (27) pelo Banco Central.

O Copom reafirma o diagnóstico de que tanto os resultados recentes quanto as projeções de inflação sugerem que, além de conter as pressões inflacionárias de curto prazo, a flexibilização da taxa básica de juros (Selic), adotada a partir de setembro do ano passado, "vem contribuindo de maneira importante para a consolidação de um ambiente macroeconômico cada vez mais favorável em horizontes mais longos".

As afirmações traduzem otimismo quanto à continuidade da redução gradativa da taxa de juros, que já cedeu de 19,75% para 15,75% ao ano nos últimos seis meses. Principalmente considerando-se que a atividade econômica sinaliza "consolidação progressiva" de expansão, em ritmo condizente com as condições de oferta, de modo a não pressionar a inflação, como destaca a ata da reunião do colegiado de dirigentes do BC, realizada nos últimos dias 18 e 19.

A ata do Copom enfatiza também que "o cenário externo permanece favorável", principalmente no que diz respeito às perspectivas de investimento para a economia brasileira, a despeito das incertezas sobre os preços mundiais do petróleo, que atingiram níveis historicamente elevados, e quanto à trajetória das taxas de juros nos Estados Unidos, Europa e Japão.

Em virtude desse "cenário benigno para a trajetória da inflação", como destaca a ata do Copom, a estimativa de inflação para o ano permanece abaixo da meta de 4,5%, fixada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN); e a projeção de inflação para 2007 também se mantém abaixo da meta, de acordo com as estimativas do BC, mas ligeiramente acima da meta na expectativa dos analistas de mercado e de instituições financeiras, consultados todas as semanas sobre tendências dos principais indicadores da economia.

O Copom avalia que a "atuação cautelosa" da política monetária tem sido fundamental para aumentar a probabilidade de convergência da inflação para a trajetória de metas, mas ressalta a necessidade de os indicadores prospectivos de inflação continuarem favoráveis, de modo a consolidar o ambiente econômico para juros reais menores no futuro. Isso se verá na próxima reunião do Comitê, agendada para o fim do mês que vem.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)