Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

05/12/2013 19:07

Cooperativa oferece emprego a Dirceu, Delúbio e Genoino

André Richter, Agência Brasil

Brasília – A Cooperativa Sonho de Liberdade, sediada em Brasília, enviou hoje (5) ao Supremo Tribunal Federal (STF) uma proposta de emprego para o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, ao ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares e ao ex-deputado federal José Genoino. A entidade informou ao STF que oferece condições para que os três condenados na Ação Penal 470, o processo do mensalão, possam cumprir a ressocialização.

Para Genoino, a cooperativa ofereceu a atividade de costura de bolas, com remuneração de R$ 5 por unidade. “Temos certeza de que não obrigará a nenhum esforço físico”, disse a entidade. José Dirceu poderá trabalhar como administrador da parte de fabricação de artefatos de concreto e deverá receber R$ 508, valor equivalente a 75% do salário mínimo.

Para Delúbio Soares, foi oferecido o cargo de assistente de marcenaria, também com remuneração de 75% do salário mínimo.

Em nota divulgada hoje, a defesa de Dirceu anunciou que ele desistiu do emprego oferecido pelo Hotel Saint Peter, em Brasília. Os advogados afirmaram que “o clima de linchamento midiático instalado contra José Dirceu e contra a empresa” fez o ex-ministro abrir mão da proposta.

No dia 29 de novembro, Delúbio Soares pediu para trabalhar na Central Única dos Trabalhadores (CUT). De acordo com a carta de emprego assinada pelo presidente da entidade, Vagner Freitas, o ex-tesoureiro foi contratado por ter experiência na área sindical.

Edição: Juliana Andrade

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)