Cassilândia, Quinta-feira, 02 de Abril de 2020

Últimas Notícias

17/03/2020 06:20

Contraprova de Jorge Jesus dá resultado inconclusivo para coronavírus

Agência Brasil

 

O Flamengo informou na noite desta segunda (16) que a contraprova realizada pelo técnico Jorge Jesus “trouxe resultado inconclusivo” para o novo coronavírus.

Assim, por recomendação do laboratório responsável, “o treinador fará nova coleta de materiais” na manhã da próxima terça.

Algumas horas antes, a equipe carioca informou que Jorge Jesus apresentou resultado positivo "fraco ou inconclusivo" para o novo coronavírus no primeiro teste realizado para detectar a doença. Ele foi o único integrante do departamento de futebol do clube a testar positivo nos exames realizados na última sexta-feira (13).

O treinador português, de 65 anos, está sob cuidados do departamento médico e apresenta "quadro estável de saúde", segundo comunicado divulgado pelo Flamengo. O clube destacou que "reitera o compromisso durante a pandemia do coronavírus e anunciou a suspensão dos treinos da equipe profissional e das categorias de base ao menos por uma semana".

Nas redes sociais o técnico postou um vídeo dizendo estar "normal". "Sinto-me como há um mês, dois meses, um ano. Não tenho sintoma nenhum mas tenho o teste positivo. Vou ficar de quarentena. Quero agradecer ao carinho dos meus amigos, fãs, seguidores e da nação flamenguista. Penso que mais semana, menos semana, tudo voltará à normalidade. (...) Estou muito confiante", declarou o técnico.

A descoberta da contaminação de Jesus se dá logo após a revelação da morte de um amigo do técnico pela doença. Trata-se do massagista do clube português Estrela da Amadora, Mário Veríssimo, compatriota do Mister que trabalhou com o treinador rubro-negro por muitos anos. O falecimento de Veríssimo foi o primeiro registrado em Portugal pelo Covid-19.

Após a vitória por 2 a 1 sobre a Portuguesa, no sábado (14), o comandante pediu orações pelo amigo a quem acreditava, inclusive, já ter falecido por causa da doença. Em entrevista à FlaTV depois da partida, ainda no Maracanã, Jesus pediu a suspensão dos jogos do Campeonato Carioca. "Eu não tinha a sensibilidade do que era isso. Hoje estou percebendo. É preciso pensar aqui no Brasil que não é só nos outros países. É um vírus que aparece facilmente em todo lado. Os jogadores não são super-homens", disse.

Nesta segunda (16), a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) determinou a paralisação do torneio por 15 dias. Em nota, o clube rubro-negro disse que "respeita e se solidariza com o momento delicado e segue acompanhando os desdobramentos e posicionamentos dos governos Federal, Estadual e Municipal".

Edição: Fábio Lisboa

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 01 de Abril de 2020
Terça, 31 de Março de 2020
22:43
Chapadão do Sul
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)