Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

18/05/2014 12:40

Contra infestação de pombos, até cola é usada como alternativa

Campo Grande News

Os pombos urbanos são considerados “ratos com asas” por transmitir várias doenças, no entanto quem envenenar, capturar ou for flagrado alimentando as aves pode pagar multa que varia de R$ 100 a 5 mil. De acordo com a Sesau (Secretária Municipal de Saúde), no ano passado pelo menos 10 pessoas foram autuadas por crime ambiental dessa natureza. Mas então, o que fazer para afastar colônias de pombos das casas, empresas e supermercados?

A bióloga e chefe do Serviço de Controle de Roedores, Animais Peçonhentos e Sinantrópicos do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), Sílvia Barbosa do Carmo, explica que a primeira coisa é não alimentar essas aves.

Elas acham alimento, água e moradia de forma muito fácil e, o pior de tudo, é que não tem predadores para diminuir a superpopulação das colônias, o que torna mais difícil o controle delas. Essas condições, também, são primordiais para instalação, manutenção e proliferação do bicho.

Outra coisa, explica a bióloga, é o lixo que a maioria das pessoas descarta de forma incorreta e as galinhas criadas em áreas urbanas. Esta última atrai os pombos e os flebótomos - transmissor da leishmaniose. “Nós orientamos a população a fazer o manejo dos pombos sem cometer crime ambiental”, diz.

As aves gostam de fazer ninhos em caixas de ar condicionado, telhados e forros. Para evitar, a pessoa deve utilizar telas, grades e cortinas para vedar os vãos e as beiradas do telhado. “Outro coisa que espanta os pombos são cortinas e bonecos de ar”, destaca a bióloga.

No ramo de dedetização há 27 anos, Zuleica Bandeira, usa a criatividade para espantar as aves. A empresa dela trabalha com um gel, parecido com cola, que se colocado de maneira correta em pontos estratégicos ajuda a espantar os pombos. “A cola gruda nas patas e elas não voltam mais porque ficam incomodadas”, afirma. O serviço, que dura por pelo menos 4 meses, custa a partir de R$ 250, dependendo do tamanho do imóvel.

Zuleica diz ainda que, antes de colocar o gel, um técnico da empresa vai ao local para avaliar se só utilizando o produto vai ser suficiente. Em alguns casos, é preciso colocar telas nos vãos para vedar espaços em estruturas metálicas e locais com sombras. Outra recomendação é não deixar ração de cachorro no quintal e colocar o lixo no local adequado.

Conforme a bióloga, Neiva Guedes, como toda a espécie o pombo também tem importância para a natureza, no entanto, é preciso controlar a população. Quando uma ave é alimentada, ela deixa de exercer sua função, que é de controlar insetos e replantar as sementes das plantas que comem.

Doenças - As fezes delas contêm fungos e bactérias e, depois de secas, liberam partículas que, se respiradas pelo homem, podem transmitir diversas doenças, como meningite e alergias.

Por isso, a orientação da bióloga Sílvia é não deixar as fezes acumular e, na hora de retirá-las, proteger o nariz e a boca com uma máscara e depois fazer a limpeza com água sanitária.

As fezes por serem ácidas estragam, também, madeiras, vigas de telhado, forros, tintas de paredes e de carro. As penas entopem as calhas e a água acumulada atrai o mosquito da dengue. Para quem gosta das aves, Sílvia alerta, que alimentá-las também é crime ambiental.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)