Cassilândia, Segunda-feira, 27 de Março de 2017

Últimas Notícias

17/12/2014 16:42

Contorno ferroviário proporciona tranquilidade e segurança a moradores

Campo Grande News

Os moradores de Três Lagoas - distante 338 km de Campo Grande, vão viver mais tranquilos a partir de hoje, após a inauguração do contorno ferroviário do município. A partir de agora, os trens não passar mais por dentro da cidade, o que trará melhorias para o trânsito, segurança e qualidade de vida de quem mora próximo aos trilhos.

O governador André Puccinelli (PMDB) inaugurou a obra ao lado do ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos e da vice-governadora e eleita senadora, Simone Tebet. “A obra emblemática não é somente o contorno ferroviário, mas também a urbanização da área de servidão, com a retirada dos trilhos, igual como fizemos em Campo Grande”, disse Puccinelli, sobre a obra realizada em parceria com o governo federal.

Durante o período de obras foram retirados os trilhos da região central, o que gera mais segurança para motoristas e pedestres. Além dos novos trilhos, o trajeto conta com dois viadutos ferroviários (de 20 e 60 metros) e um rodoviário, trazendo benefícios para o trânsito.

O assessor da secretaria de infraestrutura do município, Getulio Neves da Costa, explica que agora os condutores não vão mais precisar ficar até 15 minutos parados, esperando o trem passar. "Serão muitas vantagens para o trânsito, para os pedestres que precisavam atravessar sobre os trilhos e para os moradores que não vão mais conviver com o apito dos trens", afirma.

A prefeita do município Márcia Moura, agradeceu a dedicação de Puccinelli para realizar a obra, e disse que a retirada dos trilhos permitirá a integração total da cidade.“Não vamos mais tratar Três Lagoas como do lado de lá dos trilhos e do lado de cá dos trilhos”, disse ao site Perfil News.

A vice-governadora Simone Tebet, por sua vez, destacou que o governador André Puccinelli possibilitou três grandes sonhos dos três-lagoenses: a solução com relação à água do palmito (cujo poço foi fechado pela Petrobras); o contorno ferroviário e o hospital regional. Agora, a nova linha adutora construída pela Sanesul, cujo novo poço tem vazão de 200 mil litros/hora, abastecerá o consumidor “do outro lado da linha”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 27 de Março de 2017
Domingo, 26 de Março de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)