Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

30/09/2007 13:40

Contagem regressiva: última semana para troca partidária

Paulo Fernandes/Campo Grande News

A semana que se inicia hoje promete ser decisiva para as eleições de prefeito, vice e vereadores em 2008. Nesta sexta-feira (5) se encerra o prazo em que é permitido o troca-troca partidário de candidatos às eleições do próximo ano, conforme definido no calendário eleitoral do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). O mesmo prazo vale para a mudança de domicílio eleitoral.

No país em que a fidelidade partidária é exceção, a temporada de filiações e de troca de partido se intensificou na semana passada. Ontem, na Câmara Municipal de Campo Grande, o PMDB fez um ato de filiação de 700 novos quadros à legenda.

Hoje, o DEM (antigo PFL), em cerimônia no mesmo parlamento, filia dois secretários municipais: Rodolfo Vaz de Carvalho (Fomento ao Agronegócio, Indústria, Comércio, Turismo, Ciência e Tecnologia) e Cezar Galhardo (Instituto Municipal de Previdência). Além dos secretários, o DEM passa a contar com os diretores-presidente da Emha (Empresa Municipal de Habitação), Rodrigo Aquino, e da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Carlos Alfredo Lanteri.

Até mesmo nanicos como o PTC, do engenheiro Cláudio Anache, tem intensificado a busca por novos quadros. O partido tem feito cerimônias de filiações de dois em dois dias. DEM e PTC fazem parte, com PPS, PDT e PSDB, do arco de alianças do prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB).

Do outro lado da disputa, o senador Delcídio do Amaral (PT) também tem até o dia 5 para tomar uma grande decisão: se transfere ou não o título eleitoral para Campo Grande. O congressista corumbaense é apontado por lideranças do partido como o nome mais forte da sigla para disputar a Prefeitura de Campo Grande.

Em Dourados, as eleições municipais provocaram a troca partidária de pelo menos 2 pré-candidatos a prefeito. O deputado federal Geraldo Resende deixou o PPS para disputar a candidatura pelo PMDB a prefeito e o deputado estadual Ari Artuzi, com o mesmo objetivo, fez o caminho inverso, deixando o partido do governador André Puccinelli para se filiar ao PDT. PPS e PDT são partidos da base de apoio do governo André.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)