Cassilândia, Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019

Últimas Notícias

27/04/2005 13:05

Cônsul do Japão quer conhecer potenciais de MS

Cristiane Sandim

O cônsul do Japão em São Paulo, Keiji Hamada, que está na capital desde a manhã de ontem sob a responsabilidade de conhecer um pouco mais do potencial socioeconômico do Estado, se reuniu a pouco com o secretário de Produção e Turismo (Seprotur), Dagoberto Nogueira Filho, que apresentou ao mesmo informações sobre a produção agropecuária, indústria, comércio e turismo de Mato Grosso do Sul.

Um dos pontos ressaltados por Dagoberto foi quanto à verticalização das bases econômicas do Estado. “Por sermos tradicionalmente uma região baseada na agropecuária, a intenção do governo hoje é exatamente de diversificar essa base. Hoje a prioridade é a atração de novas indústrias, geração de emprego e renda, dinamizando assim nossa economia e, consequentemente, nos tornarmos um Estado competitivo”, ressaltou Dagoberto ao apontar a assinatura do termo de acordo com a fábrica de refrigeradores Metalfrio na manhã de ontem – que investirá R$ 20 milhões em Três Lagoas – como um exemplo.

Outro assunto abordado foi à produção de álcool para atender a demanda do mercado externo que atualmente já adiciona parte do produto na composição da gasolina. “Os americanos já adicionam 10% do álcool a gasolina. No Japão a taxa é de 3%. Em ambos o índice só não é maior porque eles não têm o produto para atender a demanda. Esse fator é mais um incentivo para, definitivamente, investimos na produção”, defendeu Dagoberto que apresentou ao cônsul o mapa geográfico onde o mesmo defende a implantação de usinas sucroalcooleiras.

Ainda hoje o cônsul também irá se reunir com o secretário de governo, Ronaldo Franco e com o diretor presidente da MS Gás, Maurício Arruda. Hamada tem interesse em obter informações sobre os pólos mirero-siderúrgico em Corumbá – um dos projetos estratégicos mais relevantes no processo de mudança da base econômica de Mato Grosso do Sul – e gás químico, projeto que prevê a construção de uma unidade integrada de produção de etano e propano, a partir do etano contido no gás natural boliviano.

Hamada permanece em Campo Grande até a tarde de hoje quando embarca para São Paulo. Essa é a sexta vez que o cônsul vem a capital, ocasião em que confirmou futuras visitas ao Estado deixando claro o interesse daquele país em fortalecer as relações comerciais com o Mato Grosso do Sul.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 23 de Agosto de 2019
Quinta, 22 de Agosto de 2019
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
Quarta, 21 de Agosto de 2019
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)