Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

27/04/2005 13:05

Cônsul do Japão quer conhecer potenciais de MS

Cristiane Sandim

O cônsul do Japão em São Paulo, Keiji Hamada, que está na capital desde a manhã de ontem sob a responsabilidade de conhecer um pouco mais do potencial socioeconômico do Estado, se reuniu a pouco com o secretário de Produção e Turismo (Seprotur), Dagoberto Nogueira Filho, que apresentou ao mesmo informações sobre a produção agropecuária, indústria, comércio e turismo de Mato Grosso do Sul.

Um dos pontos ressaltados por Dagoberto foi quanto à verticalização das bases econômicas do Estado. “Por sermos tradicionalmente uma região baseada na agropecuária, a intenção do governo hoje é exatamente de diversificar essa base. Hoje a prioridade é a atração de novas indústrias, geração de emprego e renda, dinamizando assim nossa economia e, consequentemente, nos tornarmos um Estado competitivo”, ressaltou Dagoberto ao apontar a assinatura do termo de acordo com a fábrica de refrigeradores Metalfrio na manhã de ontem – que investirá R$ 20 milhões em Três Lagoas – como um exemplo.

Outro assunto abordado foi à produção de álcool para atender a demanda do mercado externo que atualmente já adiciona parte do produto na composição da gasolina. “Os americanos já adicionam 10% do álcool a gasolina. No Japão a taxa é de 3%. Em ambos o índice só não é maior porque eles não têm o produto para atender a demanda. Esse fator é mais um incentivo para, definitivamente, investimos na produção”, defendeu Dagoberto que apresentou ao cônsul o mapa geográfico onde o mesmo defende a implantação de usinas sucroalcooleiras.

Ainda hoje o cônsul também irá se reunir com o secretário de governo, Ronaldo Franco e com o diretor presidente da MS Gás, Maurício Arruda. Hamada tem interesse em obter informações sobre os pólos mirero-siderúrgico em Corumbá – um dos projetos estratégicos mais relevantes no processo de mudança da base econômica de Mato Grosso do Sul – e gás químico, projeto que prevê a construção de uma unidade integrada de produção de etano e propano, a partir do etano contido no gás natural boliviano.

Hamada permanece em Campo Grande até a tarde de hoje quando embarca para São Paulo. Essa é a sexta vez que o cônsul vem a capital, ocasião em que confirmou futuras visitas ao Estado deixando claro o interesse daquele país em fortalecer as relações comerciais com o Mato Grosso do Sul.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)