Cassilândia, Sábado, 23 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

12/06/2004 10:02

Construtora que atrasar imóvel poderá pagar aluguel

Agência Câmara

As construtoras que atrasarem a entrega de imóveis vendidos poderão ter de pagar aluguel mensal a seus clientes até a conclusão da obra. A medida está prevista no Projeto de Lei 384/03, do deputado Maurício Rabelo (PL-TO), aprovado na última quarta-feira (9) pela Comissão de Defesa do Consumidor. O projeto altera a Lei 4591/64, que regulamenta o condomínio em edificações.
Rabelo explica que a proposta trará mais responsabilidade ao setor imobiliário e inibirá o atraso na entrega do imóvel, prática que, na sua avaliação, já se tornou comum nos últimos anos. Ele ressaltou que muitas famílias se desfazem de outros imóveis e de suas economias para adquirir a nova casa, mas acabam tendo que pagar aluguel devido ao atraso na conclusão da obra.
O relator na Comissão de Defesa do Consumidor, deputado Celso Russomanno (PPB-SP), apresentou voto favorável à aprovação da proposta. Ele adfirma a proposta resultará em benefício ao mercado imobiliário por aprimorar a relação entre compradores e construtoras.

O projeto segue, agora, para apreciação na Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania. Se aprovado, será submetido a votação no Plenário da Casa.



Reportagem - Mauren Rojahn
Edição - Patricia Roedel

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 23 de Setembro de 2017
Sexta, 22 de Setembro de 2017
Quinta, 21 de Setembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)