Cassilândia, Terça-feira, 23 de Maio de 2017

Últimas Notícias

01/07/2008 08:06

Conselho Monetário mantém em 4,5% meta da inflação

Stênio Ribeiro/ABr


Brasília - O Conselho Monetário Nacional (CMN) definiu hoje (30) que a meta de inflação para 2010 será a mesma deste ano e de 2009. Embora a inflação esteja acima do centro da meta, os ministros da Fazenda, Guido Mantega, e do Planejamento, Paulo Bernardo, e o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, manifestaram o desejo de que a inflação convirja para o centro da meta de 4,5% até 2010, conforme ressaltou ao final da reunião o secretário de Política Econômica, Bernard Appy.

Por decisão dos conselheiros também foi mantida em 6,25% a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) para os financiamentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) no terceiro trimestre.

Os fatores determinantes para a manutenção da TJLP, de acordo com o diretor de Política Monetária do BC, Mário Torós, são a manutenção da meta de inflação em 4,5%, com intervalo de tolerância de dois pontos percentuais para cima ou para baixo, e o nível médio do risco-Brasil em 175 pontos.

O CMN também aprovou proposta de decreto, a ser encaminhada ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, para a elevação da participação estrangeira no capital social do Banco do Brasil.

Essa participação hoje é limitada a 12,5%, e seria aumentada para 25%, uma vez que pelas regras do Novo Mercado, o BB precisa colocar pelo menos 25% de suas ações em negociação na bolsa de valores. Os estrangeiros detêm hoje 11,1% das ações negociadas do BB.

O CMN aprovou ainda cinco medidas de ajuste na área rural, como preços mínimos e ajuste de normas para o Programa Nacional de Agricultura Familiar (Pronaf).

Os números, no entanto, serão anunciados só na próxima quarta-feira (2), em Curitiba, juntamente com o Plano de Safra 2008/2009, segundo o assessor especial do Ministério da Fazenda Gilson Bitencourt.

Ele adiantou que o conselho deu mais 45 dias de prazo para as dívidas de custeio rural que venceriam amanhã (1). A maioria delas em operações do Banco do Brasil.

As dívidas referentes a investimento, que também venceriam amanhã, ganharam mais 90 dias para serem quitadas.




Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 23 de Maio de 2017
Segunda, 22 de Maio de 2017
21:25
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)