Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

07/04/2014 22:46

Conselho da OAB mantém Júlio Cesar e fará eleição para substituir quem renunciou

Campo Grande News

O Conselho Federal da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) decidiu, na noite desta segunda-feira (7), manter o atual presidente da seccional de Mato Grosso do Sul, Júlio Cesar Souza Rodrigues, e realizar novas eleições apenas para substituir os quatro diretores que renunciaram ao mandato. Derrotada, a oposição avalia a hipótese de recorrer à Justiça para afastar o atual chefe da entidade.

O relator do processo sobre intervenção na OAB-MS, conselheiro Fernando Pierro (AC), votou por eleição só para preencher os cargos vagos. A decisão representa uma vitória do atual presidente, que está isolado na entidade e não conta nem com o apoio dos ex-aliados.

A reunião em Brasília começou às 16h e terminou há pouco. O Conselho Federal descartou intervir na entidade sul-mato-grossense e afastar Júlio Cesar do cargo.

No entanto, ele também não conseguiu implementar a sua proposta, de que era nomear os diretores sem a realização de eleição. A votação deverá ocorrer em 60 dias, com a escolha do vice-presidente, do diretor tesoureiro, do secretário geral e do secretário geral adjunto.

Os conselheiros federais que renunciaram aos cargos também vão ser substituídos com a escolha de novos integrantes no Conselho Federal.

A crise na entidade não deve terminar com a decisão desta segunda-feira. A oposição pode ir à Justiça para tentar afastar Júlio Cesar e realizações para todos os cargos.

Para o ex-secretário geral Jully Heyder, outra alternativa é a oposição lançar os candidatos e mostrar o isolamento do atual presidente nas urnas. Ele explicou que considera a decisão apenas mais uma etapa da batalha contra o atual presidente, que caiu em desgraça após firmar contrato com o ex-prefeito Alcides Bernal (PP).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)