Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

12/03/2010 14:38

Conselho avalia representações contra concurso do MPE

Campo Grande News

O CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) recebeu duas representações questionando a contratação pelo MP de Mato Grosso do Sul da FMP Fundação Escola Superior do Ministério Público do Rio Grande do Sul)para a elaboração do concurso que está selecionando 13 novos promotores substitutos no Estado.

As representações foram feitas após a decisão do CNMP, de suspender processo seletivo para o MP de Rondônia, a cargo da empresa gaúcha. A fundação foi colocada sob suspeição pelo Conselho porque também faz cursinhos preparatórios para concursos da carreira do Ministério Público e mantém, na bancas examinadoras das provas, professores e ex-professores de seu quadro.

O relator do processo entendeu que o fato configura desrespeito a princípios constituicionais e também a normas do próprio CNMP sobre a contratação de empresas para realização de concursos. A decisão final do Conselho sobre o caso de Rondônia está prevista para o dia 23 deste mês.

A suspensão do processo seletivo foi determinada em sessão de terça-feira, 9 de março. Na sequência, surgiram as representações referentes a Mato Grosso do Sul, movidas por candidatos. Não há prazo para serem julgadas.

Diante da informação sobre a suspensão do processo em Rondônia, divulgada ontem pelo Campo Grande News, o procurador-geral em exercício, Olavo Monteiro Mascarenhas, informou hoje, por meio de nota oficial, que o MPE fará uma reunião nesta tarde com os membros da Comissão do Concurso para avaliarem o assunto.

O contrato do MP sul-mato-grossense com a empresa do Rio Grande do Sul é de R$ 200 mil. O concurso foi aberto em setembro do ano passado e está caminhando para a terceira fase, de provas orais.

Estão em disputa 13 vagas para promotor substituto, com salário de R$ 17 mil. Uma das preocupações entre os que prestaram as provas em relação à contratação da empresa que também prepara candidatos é que os seus alunos tenham informações privilegiadas, uma vez que esse tipo de seleção atrai pessoas do País todo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)