Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

24/10/2007 08:36

Conhecer jacaré é programa de turismo em Miranda

Paulo Nonato de Souza/Campo Grande News

Conhecer de perto um jacaré vivo é uma proeza inesquecível para qualquer turista, tamanho o fascínio e o pavor que o animal exerce nas pessoas. Se for um rebanho de mais de 12 mil répteis juntos, aí sim o deslumbre é ainda maior. Pois é o que acontece com quem visita a fazenda Cacimba de Pedra-Reino Selvagem, localizada no município de Miranda e distante 230 km de Campo Grande.


Com o Projeto Jacaré-do-Pantanal Desenvolvendo, a fazenda realiza pesquisas científicas nesta área desde o final dos anos 80. Na propriedade, além do acompanhamento científico nas várias fases do crescimento do animal, o turista tem a oportunidade de conhecer toda a atividade do cultivo dos répteis, como a produção de carne e peles.

A fazenda conta com receptivo, restaurante, parque aquático piscina (no formato de um jacaré), pomar, rendário e atividades de acompanhamento da lida com o jacaré e com o gado de corte, potencializando o turismo rural em torno das atividades econômicas ainda consideradas principais (a pecuária bovina e a produção de jacarés em cultivo).

“O turismo hoje já corresponde a 10% de nosso faturamento, contra 40% da exploração econômica do couro do jacaré e 50% da pecuária bovina de corte, mas pelo ritmo crescente logo o turismo representará 30% de nossa receita”, garante o empresário Gerson Bueno Zahdi, proprietário e responsável pelo desenvolvimento da tecnologia de reprodução dos jacarés em cultivo na fazenda Cacimba de Pedra - Reino Selvagem. Segundo ele, 80% do fluxo turístico n Cacimba de Pedra são de europeus, principalmente de países como Holanda, Portugal, França e Bélgica.

De Campo Grande até a fazenda Cacimba de Pedra são, no máximo, duas horas e meia de viagem pela BR-262 até Miranda. No trevo da cidade dobra-se a direita em direção ao distrito de Agachi. Daí em diante são mais 16 km de estrada asfaltada e outros 11 km de estrada vicinal de terra batida.

No receptivo do hotel-fazenda os hóspedes são recebidos pela gerente geral Hellen ou, invariavelmente, pelos proprietários: Gerson e sua esposa Rosaura Dittmar, que cuida mais da administração da atividade turística na propriedade. Esta recepção geralmente passa por uma sopa ou caldo de jacaré. Depois de acomodados em seus apartamentos, os turistas têm opções diversas de atividade, como a visita ao matrizeiro e ao “berçário” ou células de desenvolvimento. No primeiro, ele tem contato com os jacarés adultos. Podem tirar fotos e até alimentar os animais. Na área das células, o visitante acompanha as diferentes fases de desenvolvimento do animal a partir da eclosão dos ovos capturados na natureza – sistema ranching de produção. Neste local os jacarés crescem até por volta de um ano e um ano e meio de idade, quando são abatidos.

Também é possível fazer a focagem noturna de jacarés, um espetáculo fantástico, uma vez que os olhos dos animais refletem com espantosa naturalidade as luzes emitidas por lanternas ou faróis de automóveis. Mas além do jacaré, o turista acompanha também a lida com o gado bovino (são cerca de duas mil cabeças na fazenda) e pode se aventurar em uma farta pescaria, mas com apenas um detalhe: não é permitida a captura dos peixes; todos eles são levados de volta para a água.

De volta à sede da fazenda é hora de matar a fome. O prato principal, como não poderia deixar de ser, é o jacaré. No entanto, ao contrário do que se possa imaginar, sua carne possibilita o preparo de várias e diversificadas iguarias gastronômicas. Isso pelo fato de se aproveitar quase todo o animal: patas, coxas, sobrecoxas, filé da cauda, file ventral, filé dorsal e pescoço. Dos pratos que impressionam podem ser citadas as “patinhas de jacaré” e “iscas de jacaré” (excelentes tira-gosto), jacaré ensopado, o filé grelhado e flambado além do exótico sashimi de jacaré.

Serviço:
Fazenda Cacimba de Pedra – Reino Selvagem
Localização: distante apenas 30 km da cidade de Miranda, por onde se faz o acesso rodoviário
Acesso a partir de Campo Grande: BR-262
E-mail: falecom@cacimbadepedra.com.brEste endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email
Site: www.cacimbadepedra.com.br

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)