Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

12/12/2005 18:03

Conheça os novos juízes de MS; mulheres em maior número

TJ/MS

Os futuros juízes substitutos que passaram no XXVI concurso do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul são Silvia Eliane Tedardi, que passou com a maior média final (6,37) seguida por Ronaldo Gonçalves Onofri, Emirene Moreira de Souza, Ellen Priscile dos Santos, Cristiane Aparecida Biberg, Emerson Ricardo Fernandes e por Daniela Endrice. Todos tiveram as médias finais publicadas no Diário da Justiça do dia 7 de dezembro.

Nos dias 1º e 2 de dezembro foram realizadas a prova oral e a entrevista, últimas fases do concurso. Nos dias 17 e 18 de novembro eles foram submetidos aos exames mental e físico e as provas anteriores foram eliminatórias, sendo que dos 527 candidatos com inscrições deferidas, apenas os sete conseguiram aprovação para os testes finais. Os candidatos disputaram as 17 vagas disponibilizadas pelo TJMS, que abrangem comarcas de todo o Estado. Após a posse, mais sete juízes comporão o quadro do Judiciário sul-mato-grossense.

Um dado que chama a atenção é que pela primeira vez no concurso, dos sete candidatos aprovados cinco são mulheres. Esse fato é inédito na história do Estado, se comparado com os concursos anteriores de ingresso à magistratura estadual quando quem ingressava no Judiciário na maioria era homem. Some-se ao fato que a melhor média final do concurso é de uma candidata.

No concurso anterior, em 2004, dos sete aprovados, apenas duas eram mulheres. No total, 842 candidatos inscreveram-se para tentar uma vaga na magistratura. Já em 2002, dos 24 candidatos aprovados no XXIV concurso apenas seis eram mulheres. O Concurso contabilizou 850 inscritos. O mesmo ocorreu em 2001, no XXIII Concurso quando foram aprovados 13 candidatos e cinco eram mulheres. Portanto, na magistratura sul-mato-grossense é a primeira vez que fica constatada a superação das mulheres – o que revela a inclusão cada vez maior das mesmas nos bancos acadêmicos.

No Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, a Desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges, é a única mulher dentre os 25 desembargadores do Estado. A magistrada tomou posse no dia 20 de novembro de 2003 e é a segunda mulher na história do Estado a ocupar a mais alta cúpula do Judiciário e a primeira mulher que representa o Quinto Constitucional destinado ao Ministério Público e à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MS). A primeira desembargadora do Estado foi Dagma Paulino dos Reis, aposentada em 1995.




Autoria do texto: Priscila Guimarães

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)