Cassilândia, Quarta-feira, 26 de Julho de 2017

Últimas Notícias

15/07/2017 15:07

Confundido com irmão de policial, homem é mantido refém e espancado

Correio do Estado

Homem de 32 anos diz ter sido abordado, mantido refém em cativeiro e espancado por usuários de drogas ao ser confundido com irmão de policial. Crime teve início no final da tarde de ontem e aconteceu na Rua do Livramento, Bairro Coronel Antonino, em Campo Grande.

Vítima, que é irmão de Bombeiro Militar, relatou para a polícia que voltava do trabalho, às 17h15 de ontem, quando passou em frente a um imóvel utilizado por usuários de drogas, foi abordado e cercado por várias pessoas.

Segundo a versão do homem, ele foi enforcado e levado para dentro no imóvel, onde foi mantido até as 4h40 de hoje. Ele contou que durante esse período, foi amarrado e agredido sob a justificativa de que era irmão de policial e havia denunciado os agressores pelo crime de tráfico de drogas.

A vítima garantiu que nunca denunciou os usuários e que seu irmão é bombeiro e não policial militar. Disse ainda que enquanto estava no cativeiro, permaneceu o tempo com mãos, pés e pernas amarrados por fios, que também foram colocados em volta de seu pescoço.

Autores faziam uso de entorpecentes e se revezavam para agredir, humilhar e ameaçar a vítima de morte. Homem foi agredido com coronhadas na cabeça e teve a calça rasgada com uma faca.

Ele conta que em certo momento, um usuário perguntou a um paraplégico que estava no local a respeito do que deveria fazer com o homem e então o paraplégico respondeu “mata ele”. Agressor pegou um pano, encharcou com óleo de motor e colocou na boca da vítima para que ela não gritasse enquanto era esfaqueada, no entanto, foi impedido de prosseguir por outro usuário que não queria que o crime fosse praticado na casa.

Enquanto os autores discutiam a respeito de como matariam o homens, outras pessoas chegavam no local com cervejas. Todos foram para os fundos do imóvel usar droga e beber as cervejas, foi quando o homem conseguiu cortar os fios e fugir pulando o muro

Vítima disse que agressores roubaram seu salário e o aparelho celular. Disse ainda que na casa havia grande quantidade de cocaína e dinheiro proveniente do tráfico, além de arma de fogo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 26 de Julho de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 25 de Julho de 2017
10:00
Receita do dia
06:34
Cassilândia
Segunda, 24 de Julho de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)