Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

02/05/2004 18:25

Confira o edital completo do concurso da PF

Assessoria

MJ/DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERALDIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOALCOORDENAÇÃO DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃOCONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGASEM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL INTERMEDIÁRIOEDITAL N.º 7/2004 – DGP/DPF, DE 29 DE ABRIL DE 2004O DIRETOR DE GESTÃO DE PESSOAL, no uso de suas atribuições legais e tendo em vistaa autorização concedida pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, por meio da Portaria n.º51, de 23 de março de 2004, publicada no Diário Oficial da União de 24 de março de 2004, torna públicaa abertura de inscrições e estabelece as normas para a realização de concurso público para provimento devagas em cargos de nível superior e de nível intermediário do Plano Especial de Cargos do Departamentode Polícia Federal, observadas as disposições constitucionais referentes ao assunto e de acordo com ostermos da Portaria n.º 259 – DG/DPF, de 5 de abril de 2004, publicada no Diário Oficial da União 67,Seção II, de 7 de abril de 2004, da Portaria n.º 450 – MP, de 6 de novembro de 2002, do Decreto n.º4.175, de 27 de março de 2002, da Lei n.º 8.112, de 11 de dezembro de 1990, e suas alterações, e da Lei10.682, de 28 de maio de 2003, bem como das normas contidas neste edital.1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES1.1 O concurso público será regido por este edital e pelos diplomas legais e regulamentares citados emseu caput.1.2 O concurso público visa ao provimento de vagas em cargos de nível superior e de nível intermediáriodo Plano Especial de Cargos do Departamento de Polícia Federal.1.2.1 As vagas oferecidas estão relacionadas no item 2 deste edital.1.2.2 O candidato deverá observar a oferta de vagas no Estado onde está se inscrevendo, não sendopermitida a inscrição em cargo que não tenha vagas ofertadas naquele Estado, conforme subitens 5.6.4.3 e5.6.4.4.1.3 A seleção de que trata este edital será realizada em etapa única, mediante exame de habilidades econhecimentos, aferidos por meio de aplicação de provas objetivas, de caráter eliminatório eclassificatório.1.4 As inscrições e as provas serão realizadas em todas as capitais dos Estados da Federação e no DistritoFederal.2 DOS CARGOS2.1 NÍVEL SUPERIORCARGO 1: ADMINISTRADORREQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior emAdministração, fornecido por instituição de ensino superior credenciada pelo Ministério da Educação, einscrição no Conselho Regional de Administração.ATRIBUIÇÕES: atividades de supervisão, programação, coordenação ou execução especializada em graude maior complexidade, referentes a estudos, pesquisas, análise e projetos sobre administração pública, depessoal, material, orçamento, organização e métodos.UNIDADE ARRECADADORA 030–2UF VAGAS UF VAGASAcre 1 Alagoas 1Amapá 1 Bahia 1Distrito Federal 17 Mato Grosso 1Pará 1 Paraíba 1Piauí 1 Paraná 1Rio Grande do Norte 1 Rondônia 1Roraima 1 Rio Grande do Sul 12Santa Catarina 1 São Paulo 2Sergipe 1 Tocantins 1Total de vagas 35CARGO 2: ARQUITETOREQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior emArquitetura, fornecido por instituição de ensino superior credenciada pelo Ministério da Educação, einscrição no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia.ATRIBUIÇÕES: atividades de supervisão, planejamento, coordenação, estudos e execução em grau demaior complexidade, referentes à construção e fiscalização de obras do DPF e à elaboração de normaspara a administração e conservação dos próprios nacionais.UNIDADE ARRECADADORA 031–0UF VAGADistrito Federal 1Total de vagas 1CARGO 3: ARQUIVISTAREQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior emArquivologia, fornecido por instituição de ensino superior credenciada pelo Ministério da Educação.ATRIBUIÇÕES: planejamento, organização e direção de serviços de arquivo; elaboração de pareceres etrabalhos de complexidade sobre assuntos arquivísticos; assessoramento aos trabalhos de pesquisacientífica ou técnico-administrativa e desenvolvimento de estudos sobre documentos culturalmenteimportantes.UNIDADE ARRECADADORA 032–9UF VAGASDistrito Federal 10Total de vagas 10CARGO 4: ASSISTENTE SOCIALREQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior emServiço Social, fornecido por instituição de ensino superior credenciada pelo Ministério da Educação.ATRIBUIÇÕES: atividades de execução qualificada, sob supervisão superior, de trabalhos relacionadoscom o desenvolvimento, diagnóstico e tratamento dos servidores do órgão em seus aspectos sociais.UNIDADE ARRECADADORA 033–7UF VAGAS UF VAGASAcre 1 Alagoas 1Amapá 1 Amazonas 1Espírito Santo 1 Distrito Federal 1Goiás 1 Minas Gerais 1Mato Grosso do Sul 1 Pará 1Paraíba 1 Pernambuco 1Paraná 1 Rondônia 1Roraima 1 Rio Grande do Sul 1Santa Catarina 1 São Paulo 1Tocantins 1 – –Total de vagas 19CARGO 5: BIBLIOTECÁRIOREQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior emBiblioteconomia, fornecido por instituição de ensino superior credenciada pelo Ministério da Educação.3ATRIBUIÇÕES: atividades de supervisão, coordenação, programação ou execução especializada, emgrau de maior complexidade, referentes a trabalhos de pesquisa, estudo e registro bibliográfico dedocumentos e informações culturalmente importantes.UNIDADE ARRECADADORA 034–5UF VAGASDistrito Federal 3Total de vaga 3CARGO 6: CONTADORREQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior emCiências Contábeis e Atuariais, fornecido por instituição de ensino superior credenciada pelo Ministérioda Educação, e inscrição no Conselho Regional de Contabilidade.ATRIBUIÇÕES: atividades de supervisão, coordenação ou execução em grau de maior complexidaderelativas à administração pública, financeira e patrimonial, contabilidade e auditoria, compreendendoanálise, registro e perícia contábeis, de balancetes, balanços e demonstrações contábeis.UNIDADE ARRECADADORA 035–3UF VAGAS UF VAGASAmapá 1 Amazonas 1Bahia 1 Ceará 1Distrito Federal 5 Goiás 1Mato Grosso do Sul 1 Minas Gerais 1Pernambuco 1 Santa Catarina 1São Paulo 1 Rondônia 1Total de vagas 16CARGO 7: ENFERMEIROREQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior emEnfermagem, fornecido por instituição de ensino superior credenciada pelo Ministério da Educação, einscrição no Conselho Regional de Enfermagem.ATRIBUIÇÕES: atividades de supervisão, coordenação e execução em grau de maior complexidade,relativas à observação, ao cuidado, à educação sanitária dos doentes, das gestantes e dos acidentados, àadministração de medicamentos e tratamento prescritos, bem como à aplicação de medidas destinadas àprevenção de doenças.UNIDADE ARRECADADORA 036–1UF VAGASDistrito Federal 3Total de vagas 3CARGO 8: ENGENHEIRO CIVILREQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior emEngenharia Civil, fornecido por instituição de ensino superior credenciada pelo Ministério da Educação, einscrição no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia.ATRIBUIÇÕES: elaboração e fiscalização de projetos de construção civil e estudos de viabilidadeeconômica; planejamento da manutenção predial do DPF.UNIDADE ARRECADADORA 037–0UF VAGASDistrito Federal 5Total de vagas 54CARGO 9: ENGENHEIRO DE AERONAVESREQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior emEngenharia de Aeronaves, fornecido por instituição de ensino superior credenciada pelo Ministério daEducação, e inscrição no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia.ATRIBUIÇÕES: supervisão e recepção dos equipamentos de aviação do DPF; planejamento demanutenção preventiva e corretiva de frota e pela coordenação; supervisão dos técnicos aviônicos e deaeronaves do DPF.UNIDADE ARRECADADORA 038–8UF VAGADistrito Federal 1Total de vagas 1CARGO 10: ENGENHEIRO DE TELECOMUNICAÇÕESREQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior emEngenharia de Telecomunicações, fornecido por instituição de ensino superior credenciada peloMinistério da Educação, e inscrição no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia.ATRIBUIÇÕES: elaboração, análise e fiscalização de projetos de instalações de telecomunicaçõeselaborados ou contratados pelo DPF; instalação, configuração, manutenção e inspeção de sistemas eequipamentos de telecomunicações em instalações prediais.UNIDADE ARRECADADORA 039–6UF VAGASDistrito Federal 3Total de vagas 3CARGO 11: ENGENHEIRO ELETRICISTAREQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior emEngenharia Elétrica, fornecido por instituição de ensino superior credenciada pelo Ministério daEducação, e inscrição no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia.ATRIBUIÇÕES: elaboração, análise e fiscalização de projetos de instalações elétricas elaborados oucontratados pelo DPF; acompanhamento e supervisão da manutenção de instalações prediais elétricas.UNIDADE ARRECADADORA 040–0UF VAGASDistrito Federal 2Total de vagas 2CARGO 12: ENGENHEIRO MECÂNICOREQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior emEngenharia Mecânica, fornecido por instituição de ensino superior credenciada pelo Ministério daEducação, e inscrição no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia.ATRIBUIÇÕES: supervisão e recepção de equipamentos; elaboração de planos de manutençãopreventiva e corretiva da frota; planejamento e supervisão de manutenção mecânica dos veículos eequipamentos do DPF.UNIDADE ARRECADADORA 041–8UF VAGASDistrito Federal 2Total de vagas 25CARGO 13: ESTATÍSTICOREQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior emEstatística, fornecido por instituição de ensino superior credenciada pelo Ministério da Educação.ATRIBUIÇÕES: atividades de execução qualificada, sob supervisão superior, de trabalhos relativos alevantamentos, análises e controles estatísticos com vistas às atividades econômico-sociais e científicasdo DPF.UNIDADE ARRECADADORA 042–6UF VAGASDistrito Federal 7Total de vagas 7CARGO 14: FARMACÊUTICOREQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior emFarmácia, fornecido por instituição de ensino superior credenciada pelo Ministério da Educação.ATRIBUIÇÕES: atividades de orientação ou execução especializada em grau de complexidade mediana,referentes a trabalhos e estudos relativos a métodos e técnicas de produção; controle e análise clínica deprodutos químicos.UNIDADE ARRECADADORA 043–4UF VAGASDistrito Federal 2Total de vagas 2CARGO 15: MÉDICO CARDIOLOGISTAREQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superiorem Medicina, e especialização na área, fornecidos por instituição de ensino superior credenciada peloMinistério da Educação, e inscrição no Conselho Regional de Medicina.ATRIBUIÇÕES: atividades relativas a supervisão, planejamento, coordenação, programação ou execuçãoespecializada em grau de maior complexidade, de trabalhos de defesa e proteção da saúde individual narespectiva especialidade médica, ligadas à patologia, ao tratamento clínico e cirúrgico do organismohumano e às perícias médicas.UNIDADE ARRECADADORA 044–2UF VAGAS UF VAGASAcre 1 Amapá 1Amazonas 1 Bahia 1Distrito Federal 3 Espírito Santo 1Goiás 1 Maranhão 1Minas Gerais 1 Mato Grosso 1Paraíba 1 Pernambuco 1Piauí 1 Santa Catarina 1Sergipe 1 São Paulo 1Tocantins 1 – –Total de vagas 19CARGO 16: MÉDICO ORTOPEDISTAREQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superiorem Medicina, e especialização na área, fornecidos por instituição de ensino superior credenciada peloMinistério da Educação, e inscrição no Conselho Regional de Medicina.ATRIBUIÇÕES: atividades relativas a supervisão, planejamento, coordenação, programação ou execuçãoespecializada em grau de maior complexidade, de trabalhos de defesa e proteção da saúde individual na6respectiva especialidade médica, ligadas à patologia, ao tratamento clínico e cirúrgico do organismohumano e às perícias médicas.UNIDADE ARRECADADORA 046–9UF VAGAS UF VAGASAcre 1 Amapá 1Amazonas 1 Bahia 1Distrito Federal 2 Espírito Santo 1Goiás 1 Mato Grosso 1Mato Grosso do Sul 1 Pará 1Pernambuco 1 São Paulo 1Tocantins 1 – –Total de vagas 14CARGO 17: MÉDICO PSIQUIATRAREQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superiorem Medicina, e especialização na área, fornecidos por instituição de ensino superior credenciada peloMinistério da Educação, e inscrição no Conselho Regional de Medicina.ATRIBUIÇÕES: atividades relativas a supervisão, planejamento, coordenação, programação ou execuçãoespecializada em grau de maior complexidade, de trabalhos de defesa e proteção da saúde individual narespectiva especialidade médica, ligadas à saúde mental, à patologia, ao tratamento clínico e cirúrgico doorganismo humano e às perícias médicas.UNIDADE ARRECADADORA 047–7UF VAGAS UF VAGASAcre 1 Alagoas 1Amapá 1 Amazonas 1Bahia 1 Distrito Federal 2Maranhão 1 Mato Grosso 1Mato Grosso do Sul 1 Pará 1Paraíba 1 Pernambuco 1Piauí 1 Paraná 1Rio Grande do Sul 1 Santa Catarina 1Sergipe 1 São Paulo 1Tocantins 1 – –Total de vagas 20CARGO 18: MÉDICO VETERINÁRIOREQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior emMedicina Veterinária, fornecido por instituição de ensino superior credenciada pelo Ministério daEducação, e inscrição no Conselho Regional de Medicina Veterinária.ATRIBUIÇÕES: atividades de supervisão, coordenação, programação ou execução especializada em graude maior complexidade, relativas à biologia e à patologia animais.UNIDADE ARRECADADORA 048–5UF VAGASDistrito Federal 2Total de vagas 2CARGO 19: NUTRICIONISTAREQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior emNutrição, fornecido por instituição de ensino superior credenciada pelo Ministério da Educação.7ATRIBUIÇÕES: atividades de supervisão, coordenação, programação ou execução especializada,referentes a trabalhos relativos à educação alimentar, à nutrição e à dietética para indivíduos oucoletividades.UNIDADE ARRECADADORA 049–3UF VAGASDistrito Federal 1Total de vagas 1CARGO 20: ODONTÓLOGOREQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior emOdontologia, fornecido por instituição de ensino superior credenciada pelo Ministério da Educação, einscrição no Conselho Regional de Odontologia.ATRIBUIÇÕES: atividades de execução qualificada, sob supervisão superior, relativas à estomatologiamaxilar e dentária, à assistência buco-dentária, envolvendo, inclusive, perícia odonto-administrativa eodonto-legal.UNIDADE ARRECADADORA 050–7UF VAGASDistrito Federal 7Total de vagas 7CARGO 21: PSICÓLOGO CLÍNICOREQUISITO: diploma, devidamente registrado, de graduação de nível superior em Psicologia, fornecidopor instituição de ensino superior credenciada pelo Ministério da Educação, e inscrição no ConselhoRegional de Psicologia.ATRIBUIÇÕES: atividades de supervisão e coordenação, relativas ao estudo do comportamento humanoe da dinâmica da personalidade, com vistas à orientação psicopedagógica e ao ajustamento individual.UNIDADE ARRECADADORA 051–5UF VAGASDistrito Federal 6Total de vagas 6CARGO 22: PSICÓLOGO ORGANIZACIONALREQUISITO: diploma, devidamente registrado, de graduação de nível superior em Psicologia, fornecidopor instituição de ensino superior credenciada pelo Ministério da Educação e inscrição no ConselhoRegional de Psicologia.ATRIBUIÇÕES: atividades de supervisão e coordenação, relativas ao estudo do comportamento humanoe da dinâmica da personalidade, com vistas à aplicação, à correção e à análise de testes visando à seleçãode profissional.UNIDADE ARRECADADORA 052–3UF VAGASDistrito Federal 3Total de vagas 3CARGO 23: TÉCNICO EM ASSUNTOS CULTURAISREQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior emMuseologia, fornecido por instituição de ensino superior credenciada pelo Ministério da Educação.ATRIBUIÇÕES: atividades de supervisão, coordenação, programação ou execução especializada em graude maior complexidade, referentes a trabalhos de difusão, aprimoramento de assuntos culturais,conservação e restauração de obras históricas e artísticas.8UNIDADE ARRECADADORA 053–1UF VAGASDistrito Federal 1Total de vagas 1CARGO 24: TÉCNICO EM ASSUNTOS EDUCACIONAIS – ÁREA: EDUCAÇÃO FÍSICAREQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior emEducação Física, fornecido por instituição de ensino superior credenciada pelo Ministério da Educação.ATRIBUIÇÕES: atividades de supervisão, coordenação, programação ou execução especializada, emgrau de maior complexidade, referentes a trabalhos de pesquisa e estudos pedagógicos, visando à soluçãodos problemas de educação, bem como de orientação e técnicas educacionais, administração escolar eeducação sanitária.UNIDADE ARRECADADORA 054–0UF VAGASDistrito Federal 6Total de vagas 6CARGO 25: TÉCNICO EM ASSUNTOS EDUCACIONAIS – ÁREA: FILOSOFIAREQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior emFilosofia, fornecido por instituição de ensino superior credenciada pelo Ministério da Educação.ATRIBUIÇÕES: atividades de supervisão, coordenação, programação ou execução especializada, emgrau de maior complexidade, referentes a trabalhos de pesquisa e estudos pedagógicos, visando à soluçãodos problemas de educação, bem como de orientação e técnicas educacionais, administração escolar eeducação sanitária.UNIDADE ARRECADADORA 055–8UF VAGASDistrito Federal 2Total de vagas 2CARGO 26: TÉCNICO EM ASSUNTOS EDUCACIONAIS – ÁREA: SOCIOLOGIAREQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior emCiências Sociais, fornecido por instituição de ensino superior credenciada pelo Ministério da Educação.ATRIBUIÇÕES: atividades de supervisão, coordenação, programação ou execução especializada, emgrau de maior complexidade, referentes a trabalhos de pesquisa e estudos pedagógicos, visando à soluçãodos problemas de educação, bem como de orientação e técnicas educacionais, administração escolar eeducação sanitária.UNIDADE ARRECADADORA 056–6UF VAGASDistrito Federal 2Total de vagas 2CARGO 27: TÉCNICO EM ASSUNTOS EDUCACIONAIS – ÁREA: PEDAGOGIAREQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior emPedagogia, fornecido por instituição de ensino superior credenciada pelo Ministério da Educação.ATRIBUIÇÕES: atividades de supervisão, coordenação, programação ou execução especializada, emgrau de maior complexidade, referentes a trabalhos de pesquisa e estudos pedagógicos, visando à soluçãodos problemas de educação, bem como de orientação e técnicas educacionais, administração escolar eeducação sanitária.9UNIDADE ARRECADADORA 057–4UF VAGASDistrito Federal 9Total de vagas 9CARGO 28: TÉCNICO EM COMUNICAÇÃO SOCIAL – ÁREA: JORNALISMOREQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior emJornalismo, fornecido por instituição de ensino superior credenciada pelo Ministério da Educação.ATRIBUIÇÕES: atividades de supervisão, coordenação e execução, em grau de maior complexidade, detrabalhos de relações públicas e redação, com ou sem apreciações ou comentários; supervisão detrabalhos de revisão; coleta e preparo de informações para divulgação oficial escrita, falada outelevisionada.UNIDADE ARRECADADORA 058–2UF VAGASDistrito Federal 2Total de vagas 2CARGO 29: TÉCNICO EM COMUNICAÇÃO SOCIAL – ÁREA: RELAÇÕES PÚBLICASREQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior emRelações Públicas, fornecido por instituição de ensino superior credenciada pelo Ministério da Educação.ATRIBUIÇÕES: atividades de supervisão, coordenação e execução, em grau de maior complexidade, detrabalhos de relações públicas, redação, com ou sem apreciações ou comentários, de supervisão detrabalhos de revisão, de coleta e preparo de informações, para divulgação oficial escrita, falada outelevisionada.UNIDADE ARRECADADORA 059–0UF VAGASDistrito Federal 2Total de vagas 22.2 NÍVEL INTERMEDIÁRIOCARGO 30: AGENTE ADMINISTRATIVOREQUISITO: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio ou equivalente,fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação.ATRIBUIÇÕES: atividades de nível médio, de grande complexidade, envolvendo a apresentação desolução para situações novas, a necessidade de constantes contatos com autoridades de média hierarquia,com técnicos de nível superior e/ou contatos eventuais com autoridades de alta hierarquia e abrangendoplanejamento em grau auxiliar e pesquisas preliminares realizadas sob supervisão indireta,predominantemente técnica, visando à implementação das leis, regulamentos e normas referentes àadministração geral e específica; supervisão dos trabalhos que envolvam a aplicação das técnicas depessoal, orçamento, organização, métodos e material executados por equipes auxiliares, chefia desecretarias de unidades da mais alta linha divisional da organização.UNIDADE ARRECADADORA 060–4UF VAGAS UF VAGASAcre 13 Alagoas 10Amazonas 14 Amapá 10Bahia 20 Ceará 10Distrito Federal 705 Espírito Santo 18Goiás 10 Maranhão 17Minas Gerais 30 Mato Grosso do Sul 4110Mato Grosso 31 Pará 18Paraíba 13 Pernambuco 18Piauí 10 Paraná 42Rio de Janeiro 20 Rio Grande do Norte 14Rondônia 16 Roraima 10Rio Grande do Sul 40 Santa Catarina 23Sergipe 10 São Paulo 61Tocantins 20 – –Total de vagas 1.244CARGO 31: AGENTE DE COMUNICAÇÃO SOCIALREQUISITO: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio ou equivalente,fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação.ATRIBUIÇÕES: atividades de nível médio, de natureza qualificada, relacionadas com a orientação,coordenação e execução, sob direção superior, de tarefas relativas à divulgação e à difusão de notícias e àcomentários, bem como com o entrosamento do órgão com a comunidade.UNIDADE ARRECADADORA 061–2UF VAGASDistrito Federal 1Total de vagas 1CARGO 32: AGENTE DE TELECOMUNICAÇÕES E ELETRICIDADEREQUISITO: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio com formaçãoespecializada em telecomunicações e eletricidade ou equivalente, fornecido por instituição de ensinoreconhecida pelo Ministério da Educação.ATRIBUIÇÕES: atividades de nível médio, relativas a preparação, instalação e reparos de linhas eaparelhos de telecomunicações, de equipamentos de comutação e de telefonia, de transmissão de telefoniae de energia em telefonia; planejamento de serviços elétricos; realização de instalação de distribuição dealta e baixa tensão; montagem e reparação em instalações elétricas e equipamentos auxiliares emestabelecimentos comerciais e de serviços.UNIDADE ARRECADADORA 062–0UF VAGAS UF VAGASAcre 2 Alagoas 2Amazonas 4 Amapá 2Bahia 2 Ceará 2Distrito Federal 33 Espírito Santo 2Goiás 2 Maranhão 2Minas Gerais 4 Mato Grosso do Sul 4Mato Grosso 2 Pará 2Paraíba 2 Pernambuco 2Piauí 2 Paraná 4Rio de Janeiro 6 Rio Grande do Norte 2Rondônia 2 Roraima 2Rio Grande do Sul 4 Santa Catarina 2São Paulo 9 Sergipe 2Tocantins 2 – –Total de vagas 10611CARGO 33: AUXILIAR DE ASSUNTOS EDUCACIONAISREQUISITO: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio ou equivalente,fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação.ATRIBUIÇÕES: atividades de nível médio, de natureza pouco repetitiva, envolvendo execução, sobsupervisão e orientação de trabalhos relacionados com assistência e orientação educacional, com aaplicação de recursos audiovisuais na educação e, ainda, com a supervisão, administração e inspeção doensino.UNIDADE ARRECADADORA 063–9UF VAGASDistrito Federal 4Total de vagas 4CARGO 34: AUXILIAR DE ENFERMAGEMREQUISITO: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio com formaçãoespecializada em enfermagem, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério daEducação.ATRIBUIÇÕES: atividades de nível médio, de natureza pouco repetitiva, envolvendo orientação efiscalização do trabalho de enfermagem em grau auxiliar; participação no planejamento da assistência aser prestada a cada paciente pela equipe de enfermagem; assistência aos enfermos; atividadesoperacionais de apoio ao tratamento médico, cirúrgico e odontológico.UNIDADE ARRECADADORA 064–7UF VAGAS UF VAGASAcre 1 Alagoas 1Amazonas 1 Bahia 1Ceará 1 Goiás 1Distrito Federal 4 Mato Grosso 1Maranhão 1 Minas Gerais 1Pará 1 Paraíba 1Piauí 1 Paraná 1Rio Grande do Norte 1 Rondônia 1Rio de Janeiro 1 Rio Grande do Sul 1Tocantis 1 – –Total de vagas 22CARGO 35: DESENHISTAREQUISITOS: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio ou equivalente,e formação especializada em desenho, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério daEducação.ATRIBUIÇÕES: atividades de nível médio, de natureza pouco repetitiva, envolvendo coordenação,orientação, projeção e execução qualificada de desenhos técnicos e artísticos, aplicados a engenharia earquitetura, máquinas e ferramentas, estatística, organização e outros.UNIDADE ARRECADADORA 065–5UF VAGASDistrito Federal 7Total de vagas 7CARGO 36: OPERADOR DE COMPUTADORREQUISITOS: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio ou equivalente,e habilitação em curso de operações com equipamento eletrônico de computação, fornecido porinstituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação.12ATRIBUIÇÕES: atividades de nível médio, relativas à operacionalização de sistemas de computadores emicrocomputadores, ao monitoramento e desempenho dos aplicativos, dos recursos de entrada e saída dedados, dos recursos de armazenamento de dados, dos registros de erros, do consumo da unidade central deprocessamento (CPU), dos recursos de rede e da disponibilidade dos aplicativos.UNIDADE ARRECADADORA 066–3UF VAGASDistrito Federal 3Total de vagas 3CARGO 37: PROGRAMADORREQUISITOS: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio ou equivalente,e habilitação em curso de programação de sistema de computador, fornecido por instituição de ensinoreconhecida pelo Ministério da Educação.ATRIBUIÇÕES: atividades de supervisão, coordenação, orientação e controle referentes a projetos desistema de programação, envolvendo conversão de planos de trabalho em fluxogramas e comando deinstruções para operação de computadores.UNIDADE ARRECADADORA 067–1UF VAGASDistrito Federal 1Total de vagas 1CARGO 38: TÉCNICO EM CONTABILIDADEREQUISITOS: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio, e formaçãoespecializada em contabilidade, fornecidos por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério daEducação.ATRIBUIÇÕES: atividades de nível médio, de natureza pouco repetitiva, envolvendo a orientação eexecução de tarefas relativas à contabilidade pública, à escrituração e à verificação da regularidade do atoou do fato contábil.UNIDADE ARRECADADORA 068–0UF VAGAS UF VAGASAlagoas 1 Amazonas 3Bahia 2 Ceará 1Distrito Federal 19 Espírito Santo 2Maranhão 1 Minas Gerais 3Mato Grosso do Sul 2 Mato Grosso 1Paraná 3 Rio Grande do Norte 1Rio Grande do Sul 1 São Paulo 4Sergipe 1 – –Total de vagas 452.3 DA REMUNERAÇÃO2.3.1 A remuneração para os cargos de nível superior será de R$ 1.000,25 e para os cargos de nívelintermediário será de R$ 758,37.2.4 DA JORNADA DE TRABALHO2.4.1 A jornada de trabalho para todos os cargos será de 40 horas semanais, exceto para o cargo deMédico, que será de 20 horas semanais.3 DAS VAGAS DESTINADAS AOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA3.1 Das vagas destinadas a cada cargo/área, 5% ficarão reservadas aos portadores de deficiência, na formado Decreto n.º 3.298, de 20 de dezembro de 1999, e conforme Lei n.º 7.853/89, exceto para os cargos emque haja somente uma vaga.133.2 Para concorrer a uma dessas vagas, o candidato, no ato da inscrição, deverá:a) encaminhar laudo médico, emitido nos últimos doze meses, atestando a espécie e o grau ou nível dadeficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doença(CID), bem como sobre a provável causa da deficiência;b) requerer tratamento diferenciado, se for o caso, para o dia de realização do concurso, indicando ascondições de que necessita para a realização das provas, conforme previsto no artigo 40, parágrafos 1.º e2.º, do Decreto n.º 3.298/99;c) requerer tempo adicional para a realização das provas, se for o caso, com justificativa acompanhada deparecer emitido por especialista da área de sua deficiência.3.2.1 A inobservância do disposto no subitem 3.2 acarretará a perda do direito ao pleito das vagasreservadas aos candidatos em tal condição e acarretará o não-atendimento às condições especiaisnecessárias.3.2.2 O candidato portador de deficiência deverá enviar, via SEDEX, para o Núcleo de Atendimento aoCandidato do CESPE, Campus Universitário Darcy Ribeiro, Instituto Central de Ciências, mezanino, alanorte – Asa Norte, Brasília/DF, Caixa Postal 04521, CEP 70919–970, o laudo médico a que se refere osubitem 3.2.3.2.2.1 O SEDEX deverá ser postado impreterivelmente até o dia 24 de maio de 2004.3.3 Os candidatos que se declararem portadores de deficiência participarão do concurso público emigualdade de condições com os demais candidatos.3.4 O candidato portador de deficiência, se classificado no concurso público, figurará em lista específicae, caso obtenha classificação necessária, figurará também na listagem de classificação geral.3.5 Os candidatos portadores de deficiência deverão, se classificados no concurso, submeter-se à períciamédica promovida pelo CESPE, que verificará sobre a sua qualificação como portador de deficiência ounão, bem como sobre o grau de deficiência incapacitante para o exercício do cargo/área.3.5.1 Os candidatos deverão comparecer à perícia médica, munidos de laudo médico que ateste a espéciee o grau ou nível de deficiência, com expressa referência ao código correspondente da ClassificaçãoInternacional de Doença (CID), bem como à provável causa da deficiência.3.6 A não-observância do disposto no subitem anterior, no subitem 3.2 ou a reprovação na perícia médicaacarretará a perda do direito às vagas reservadas aos candidatos em tais condições.3.7 As vagas definidas no subitem 3.1 deste edital que não forem providas por falta de candidatosportadores de deficiência, por reprovação no concurso público ou na perícia médica, serão preenchidaspelos demais candidatos, observada a ordem geral de classificação no cargo/área.4 DOS REQUISITOS BÁSICOS PARA A INVESTIDURA NO CARGO4.1 Ter sido aprovado no concurso.4.2 Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, em caso de nacionalidade portuguesa, estar amparadopelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento de gozo de direitospolíticos, nos termos do § 1.º, artigo 12, da Constituição da República.4.3 Estar em dia com as obrigações eleitorais.4.4 Apresentar certificado de reservista ou de dispensa de incorporação, em caso de candidato do sexomasculino.4.5 Possuir carteira de identidade civil.4.6 Comprovar o nível de escolaridade e os demais requisitos exigidos para o exercício do cargo,conforme item 2 deste edital.4.7 Ter idade mínima de dezoito anos completos, na data da posse.4.8 Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo.4.9 Firmar declaração de não estar cumprindo sanção por inidoneidade, aplicada por qualquer órgãopúblico e/ou entidade da esfera federal, estadual e/ou municipal.4.10 Cumprir as determinações deste edital.5 DA INSCRIÇÃO NO CONCURSO PÚBLICO145.1 O Cadastro de Pessoa Física – CPF é documento imprescindível para efetuar a inscrição no presenteconcurso público, conforme os subitens a seguir.5.2 PERÍODO: 10 a 21 de maio de 2004.5.3 LOCAIS DE INSCRIÇÃO: todas as agências do Banco do Brasil S.A. no território nacional.5.4 HORÁRIO: de atendimento bancário.5.5 TAXAS DE INSCRIÇÃO: R$ 25,00 para nível superior e R$ 18,00 para nível intermediário.5.5.1 O valor da taxa de inscrição será depositado em favor do Fundo para Aparelhamento eOperacionalização das Atividades-Fim da Polícia Federal – FUNAPOL, em qualquer agência do Bancodo Brasil S.A. O candidato deverá preencher a guia “GAR/FUNAPOL” com os seguintes dados:5.5.1.1 campo 1 – nome/telefone;5.5.1.2 campo 2 – número do CPF;5.5.1.3 campo 3 – código da Receita: 054–0;5.5.1.4 campo 4 – código da unidade arrecadadora da ANP correspondente ao cargo, conforme item 2deste edital;5.5.1.5 campo 5 – valor: R$ 25,00 para nível superior ou R$ 18,00 para nível intermediário.5.5.1.6 A guia “GAR/FUNAPOL” pode ser encontrada em papelarias e na Internet, no endereçoeletrônico http://www.cespe.unb.br.5.5.2 Somente serão aceitos pagamentos em dinheiro ou em cheque emitido pelo próprio candidato.5.5.3 A aquisição da guia “GAR/FUNAPOL” é de responsabilidade exclusiva do candidato, não cabendoao CESPE, ao Banco do Brasil S.A. ou ao Departamento de Polícia Federal o fornecimento dessa guia.5.6 A inscrição no concurso será efetivada por meio do recolhimento da taxa de inscrição na forma dossubitens 5.5, 5.5.1 e 5.5.2 deste edital.5.6.1 O candidato que não possuir CPF deverá solicitá-lo por sua conta e responsabilidade, nos postoscredenciados, antes de efetuar a sua inscrição no concurso.5.6.2 Os dados cadastrais do candidato – nome, número do documento de identidade, data de nascimentoe endereço – serão obtidos a partir do número do CPF informado na guia “GAR/FUNAPOL”, no ato deinscrição no concurso.5.6.3 A atualização dos dados cadastrais mencionados no subitem anterior é de exclusivaresponsabilidade do candidato e deverá ser solicitada, se necessária, nos postos credenciados, antes deefetuar a inscrição no concurso.5.6.4 O candidato realizará as provas na capital do Estado, em função da localização da agência do Bancodo Brasil em que realizou o pagamento da guia “GAR/FUNAPOL”.5.6.4.1 A opção de localidade de provas não poderá ser alterada em hipótese alguma.5.6.4.2 No caso de pagamento realizado em terminais de auto-atendimento (TAA) ou via Internet, a opçãode local de provas e de vagas será determinada pela localização da agência na qual está cadastrada aconta-corrente debitada.5.6.4.3 O candidato concorrerá às vagas do Estado onde realizou o pagamento da guia “GARFUNAPOL” e onde realizou as provas.5.6.4.4 O candidato somente poderá se inscrever para os Estados onde existam vagas para o cargo ao qualdeseja concorrer.5.6.5 As informações prestadas na guia “GAR/FUNAPOL” serão de inteira responsabilidade docandidato, dispondo o CESPE do direito de excluir do concurso público aquele que não preencher essaguia de forma completa, correta e legível e/ou que fornecer dados comprovadamente inverídicos.5.6.6 A inscrição no concurso implica a aceitação de que os documentos comprobatórios dos requisitosbásicos para a investidura no cargo exigidos no presente edital deverão ser apresentados por ocasião daposse.5.6.7 Serão anulados, sumariamente, a inscrição e todos os atos dela decorrentes, se o candidato nãoapresentar, no ato da posse, os documentos exigidos neste edital.155.7 A qualquer tempo poder-se-á anular a inscrição, as provas, a nomeação e a posse do candidato, desdeque verificada qualquer falsidade nas declarações e/ou quaisquer irregularidades nas provas e/ou nosdocumentos apresentados.5.8 É vedada a inscrição condicional e/ou extemporânea.5.9 Antes de efetuar a inscrição, o candidato deverá certificar-se de que preenche todos os requisitosexigidos para a investidura no cargo. Uma vez efetivada a inscrição, não será permitida, em hipótesealguma, a sua alteração no que se refere à opção de cargo/área.5.10 Não haverá isenção total ou parcial do valor da taxa de inscrição.5.11 No caso de o pagamento da taxa de inscrição ser efetuado com cheque bancário que, porventura,venha a ser devolvido, por qualquer motivo, o CESPE reserva-se o direito de tomar as medidas legaiscabíveis.5.12 O valor referente ao pagamento da taxa de inscrição não será devolvido em hipótese alguma.5.13 O comprovante de inscrição (via autenticada da guia “GAR/FUNAPOL”) deverá ser mantido empoder do candidato e apresentado nos locais de realização das provas.5.14 Não serão aceitas inscrições via postal, via fax, via Internet e/ou via correio eletrônico.5.15 Não serão aceitas as solicitações de inscrição que não atenderem rigorosamente ao estabelecido nesteedital.5.16 O candidato, portador de deficiência ou não, que necessitar de condição especial para a realizaçãodas provas deverá enviar, até o dia 24 de maio de 2004, impreterivelmente, via SEDEX, para o Núcleode Atendimento ao Candidato do CESPE, Campus Universitário Darcy Ribeiro, Instituto Central deCiências, mezanino, ala norte – Asa Norte, Brasília/DF, Caixa Postal 04521, CEP 70919–970, o laudomédico em que conste o tipo de atendimento a ser realizado. Após esse período, a solicitação seráindeferida, salvo nos casos de força maior e nos que forem de interesse da Administração Pública.5.16.1 A relação dos pedidos de condição especial deferidos será publicada no Diário Oficial da União,afixada nos quadros de avisos do CESPE, Campus Universitário Darcy Ribeiro, Instituto Central deCiências (ICC), ala norte, subsolo, Asa Norte, Brasília/DF, e divulgada na Internet, no endereçoeletrônico http://www.cespe.unb.br, na data provável de 8 ou 9 de junho de 2004.5.16.2 A candidata que tiver necessidade de amamentar durante a realização das provas deverá levar umacompanhante, que ficará em sala reservada para essa finalidade e que será responsável pela guarda dacriança. A candidata que não levar acompanhante não realizará as provas.5.16.3 A solicitação de condições especiais será atendida segundo os critérios de viabilidade e derazoabilidade.5.17 DA INSCRIÇÃO POR TERCEIROS5.17.1 Será admitida a inscrição por terceiros mediante o preenchimento da guia “GAR/FUNAPOL” como nome e o CPF do candidato.5.17.2 Não será necessária a apresentação de procuração.5.17.3 O comprovante de inscrição (via autenticada da guia “GAR/FUNAPOL”) será entregue aorepresentante, após efetuada a inscrição.5.17.4 O candidato inscrito por terceiros assume total responsabilidade pelas informações prestadas naguia “GAR/FUNAPOL”, arcando com as conseqüências de eventuais erros de seu representante em seupreenchimento.6 DO EXAME DE HABILIDADES E CONHECIMENTOS6.1 A seleção será composta de exame de habilidades e conhecimentos, aferidos por meio de aplicação deprovas objetivas, abrangendo os objetos de avaliação constantes deste edital, conforme o seguinte quadro.PROVA/TIPO ÁREA DECONHECIMENTON.º DEITENS CARÁTER(P1) Objetiva Conhecimentos Básicos 50(P2) Objetiva Conhecimentos Específicos 70ELIMINATÓRIOE CLASSIFICATÓRIO166.2 As provas objetivas para os cargos de nível superior terão duração total de 3 horas e 30 minutos eserão aplicadas no dia 20 de junho de 2004, no turno da manhã.6.2.1 As provas objetivas para os cargos de nível intermediário terão duração total de 3 horas e 30minutos serão aplicadas no dia 20 de junho de 2004, no turno da tarde.6.3 Os locais e os horários de realização das provas objetivas serão publicados no Diário Oficial daUnião, afixados nos quadros de avisos do CESPE, Campus Universitário Darcy Ribeiro, Instituto Centralde Ciências (ICC), ala norte, subsolo, Asa Norte, Brasília/DF, e divulgados na Internet, no endereçoeletrônico http://www.cespe.unb.br, na data provável de 8 ou 9 de junho de 2004. São deresponsabilidade exclusiva do candidato a identificação correta de seu local de realização das provas e ocomparecimento no horário determinado.6.4 Não serão dadas, por telefone, informações a respeito de datas, de locais e de horários de realizaçãodas provas. O candidato deverá observar rigorosamente os editais e os comunicados a serem divulgadosna forma do subitem 6.3 deste edital.6.5 O candidato deverá comparecer ao local designado para a realização das provas com antecedênciamínima de uma hora do horário fixado para o seu início, munido de caneta esferográfica de tinta preta,de comprovante de inscrição (via autenticada da guia “GAR FUNAPOL”) e do documento de identidadeoriginal.6.6 Não será admitido ingresso de candidato no local de realização das provas após o horário fixado parao seu início.6.6.1 O candidato que se retirar do ambiente de provas não poderá retornar em hipótese alguma.6.7 Serão considerados documentos de identidade: carteiras expedidas pelos Comandos Militares, pelasSecretarias de Segurança Pública, pelos Institutos de Identificação e pelos Corpos de BombeirosMilitares; carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (ordens, conselhosetc.); passaporte brasileiro; certificado de reservista; carteiras funcionais expedidas por órgão público que,por lei federal, valham como identidade; carteira de trabalho; carteira nacional de habilitação (somente omodelo aprovado pelo artigo 159 da Lei n.º 9.503, de 23 de setembro de 1997).6.7.1 Caso o candidato esteja impossibilitado de apresentar, no dia de realização das provas, documentode identidade original, por motivo de perda, roubo ou furto, deverá ser apresentado documento que atesteo registro da ocorrência em órgão policial, expedido há, no máximo, trinta dias, ocasião em que serásubmetido à identificação especial, compreendendo coleta de dados, de assinaturas e de impressão digitalem formulário próprio.6.7.1.1 A identificação especial será exigida, também, ao candidato cujo documento de identificaçãoapresente dúvidas relativas à fisionomia ou à assinatura do portador.6.8 Não serão aceitos como documentos de identidade: certidões de nascimento, CPF, títulos eleitorais,carteiras de motorista (modelo antigo), carteiras de estudante, carteiras funcionais sem valor de identidadenem documentos ilegíveis, não-identificáveis e/ou danificados.6.8.1 Não será aceita cópia do documento de identidade, ainda que autenticada, nem protocolo dodocumento.6.9 Por ocasião da realização das provas, o candidato que não apresentar documento de identidadeoriginal, na forma definida no subitem 6.7 deste edital, não poderá fazer as provas e seráautomaticamente eliminado do concurso público.6.10 Não serão aplicadas provas em local, em data ou em horário diferentes dos predeterminados emedital ou em comunicado.6.11 Não será permitida, durante a realização das provas, a comunicação entre os candidatos nem autilização de máquinas calculadoras e/ou similares, livros, anotações, réguas de cálculo, impressos ouqualquer outro material de consulta.6.11.1 No dia de realização das provas, não será permitido ao candidato entrar e/ou permanecer comarmas ou aparelhos eletrônicos (bip, telefone celular, relógio do tipo data bank, walkman, agendaeletrônica, notebook, palmtop, receptor, gravador etc). Caso o candidato leve alguma arma e/ou algumaparelho eletrônico, estes deverão ser entregues à Coordenação e somente serão devolvidos ao final das17provas. O descumprimento da presente instrução implicará a eliminação do candidato, constituindotentativa de fraude.6.11.1.1 O CESPE não se responsabilizará por perdas ou extravios de objetos ou de equipamentoseletrônicos ocorridos durante a realização das provas, nem por danos neles causados.6.12 Não haverá segunda chamada para as provas. O não-comparecimento a estas implicará a eliminaçãoautomática do candidato.6.13 O candidato somente poderá retirar-se do local de realização das provas levando o caderno de provase a folha de rascunho, que é de preenchimento facultativo, no decurso dos últimos trinta minutosanteriores ao horário previsto para o seu término.6.14 Terá suas provas anuladas e será automaticamente eliminado do concurso público o candidato que,durante a sua realização:a) for surpreendido dando e/ou recebendo auxílio para a execução das provas;b) utilizar-se de livros, máquinas de calcular e/ou equipamento similar, dicionário, notas e/ou impressosque não forem expressamente permitidos e/ou que se comunicar com outro candidato;c) for surpreendido portando telefone celular, gravador, receptor, pagers, notebook e/ou equipamentosimilar;d) faltar com o devido respeito para com qualquer membro da equipe de aplicação das provas, com asautoridades presentes e/ou com os demais candidatos;e) fizer anotação de informações relativas às suas respostas no comprovante de inscrição e/ou emqualquer outro meio, que não os permitidos;f) recusar-se a entregar o material das provas ao término do tempo destinado para a sua realização;g) afastar-se da sala, a qualquer tempo, sem o acompanhamento de fiscal;h) ausentar-se da sala, a qualquer tempo, portando a folha de respostas;i) descumprir as instruções contidas no caderno de provas, na folha de respostas e/ou na folha derascunho;j) perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos, incorrendo em comportamento indevido;k) utilizar ou tentar utilizar meios fraudulentos ou ilegais para obter aprovação própria ou de terceiros, emqualquer etapa do concurso público.6.15 Não haverá, por qualquer motivo, prorrogação do tempo previsto para a aplicação das provas emrazão do afastamento de candidato da sala de provas.6.16 No dia de realização das provas, não serão fornecidas, por qualquer membro da equipe de aplicaçãodestas e/ou pelas autoridades presentes, informações referentes ao seu conteúdo e/ou aos critérios deavaliação e de classificação.6.17 Se, a qualquer tempo, for constatado, por meio eletrônico, estatístico, visual, grafológico ouinvestigação policial, ter o candidato se utilizado de processo ilícito, suas provas serão anuladas e ele seráautomaticamente eliminado do concurso.6.18 DAS PROVAS OBJETIVAS6.18.1 Cada prova objetiva será constituída de itens para julgamento, agrupados por comandos que devemser respeitados. O julgamento de cada item será CERTO ou ERRADO, de acordo com o(s) comando(s)a que se refere o item. Haverá, na folha de respostas, para cada item, dois campos de marcação: o campodesignado com o código C, que deve ser preenchido pelo candidato caso julgue o item CERTO, e odesignado com o código E, que deve ser preenchido pelo candidato caso julgue o item ERRADO.6.18.2 Para obter pontuação no item, o candidato deve marcar um, e somente um, dos dois campos dafolha de respostas.6.18.3 O candidato deve transcrever as respostas das provas objetivas para a folha de respostas, que será oúnico documento válido para a correção das provas. O preenchimento da folha de respostas será de inteiraresponsabilidade do candidato, que deve proceder em conformidade com as instruções específicascontidas neste edital e na folha de respostas. Em nenhuma hipótese haverá substituição da folha derespostas por erro do candidato.186.18.4 Serão de inteira responsabilidade do candidato os prejuízos advindos do preenchimento indevidoda folha de respostas. Serão consideradas marcações indevidas as que estiverem em desacordo com esteedital e/ou com a folha de respostas, tais como marcação rasurada ou emendada e/ou campo de marcaçãonão-preenchido integralmente.6.18.5 Não será permitido que as marcações na folha de respostas sejam feitas por outras pessoas, salvoem caso de candidato que tenha solicitado condição especial para esse fim. Nesse caso, se necessário, ocandidato será acompanhado por agente do CESPE devidamente treinado.7 DOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E DE CLASSIFICAÇÃO7.1 Todos os candidatos terão suas provas objetivas corrigidas por meio de processamento eletrônico.7.2 A nota em cada item das provas objetivas, feita com base nas marcações da folha de respostas, seráigual a: 1,00 ponto, caso a resposta do candidato esteja em concordância com o gabarito oficial definitivoda prova; –1,00 ponto, caso a resposta do candidato esteja em discordância com o gabarito oficialdefinitivo da prova; 0,00, caso não haja marcação ou haja marcação dupla (C e E).7.3 O cálculo da nota nas provas objetivas, comum às provas de todos os candidatos, será igual à somaalgébrica das notas obtidas em todos os itens que a compõem.7.4 Será reprovado nas provas objetivas e eliminado do concurso público o candidato que se enquadrarem pelo menos um dos itens a seguir:a) obtiver nota inferior a 10,00 pontos na prova objetiva de Conhecimentos Básicos (P1);b) obtiver nota inferior a 21,00 pontos na prova objetiva de Conhecimentos Específicos (P2);c) obtiver nota inferior a 36,00 pontos no conjunto das provas objetivas.7.5 O candidato eliminado na forma do subitem 7.4 deste edital não terá classificação alguma no concursopúblico.7.5.1 A nota final nas provas objetivas (NFPO) será a soma algébrica das notas obtidas em P1 e P2.8 DA NOTA FINAL NO CONCURSO8.1 A nota final no concurso (NFC) será a nota final obtida nas provas objetivas.8.2 Os candidatos serão ordenados por cargo/área/Unidade da Federação de acordo com os valoresdecrescentes das notas finais no concurso.9 DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE9.1 Em caso de empate na nota final no concurso, para os cargos de nível superior e de nívelintermediário, terá preferência o candidato que, na seguinte ordem:a) obtiver a maior nota na prova objetiva de Conhecimentos Específicos (P2);b) obtiver o maior número de acertos na prova objetiva de Conhecimentos Específicos (P2);c) obtiver o maior número de acertos na prova de Conhecimentos Básicos (P1).9.1.1 Persistindo o empate, terá preferência o candidato mais idoso.10 DOS RECURSOS10.1 Os gabaritos oficiais preliminares das provas objetivas serão afixados nos quadros de avisos doCESPE e divulgados na Internet, no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br, em data a serdeterminada no caderno de provas.10.2 O candidato que desejar interpor recursos contra os gabaritos oficiais preliminares das provasobjetivas disporá de até dois dias úteis, a contar do dia subseqüente ao da divulgação desses gabaritos, nohorário das 9 às 16 horas, ininterrupto. O candidato terá ciência dos locais para entrega de recursos nomomento de divulgação dos gabaritos oficiais preliminares.10.3 A interposição de recursos pode ser feita em qualquer local de recebimento de recursos, e asrespostas serão devolvidas ao candidato exclusivamente no local escolhido por ele para a interposição.10.4 Não serão aceitos recursos via postal, fax ou correio eletrônico, sob pena de serem preliminarmenteindeferidos.10.5 O candidato deve identificar-se no ato da entrega dos recursos, mediante apresentação de documentode identidade original, conforme subitem 6.7 deste edital.10.5.1 Os recursos do candidato poderão ser entregues por terceiros, somente se acompanhados de cópiado documento de identidade do candidato.1910.5.2 Não será aceita a interposição de recursos por procurador.10.6 Para recorrer contra o gabarito oficial preliminar das provas objetivas, o candidato deve utilizar osmodelos de formulários denominados “Capa de Conjunto de Recursos” e “Justificativa de Recurso”divulgados com os gabaritos oficiais preliminares das provas objetivas.10.7 O candidato deve entregar um conjunto de recursos original e duas cópias idênticas.10.8 O conjunto de recursos deve ser apresentado com as seguintes especificações:a) um formulário “Capa de Conjunto de Recursos”, com todos os campos devidamente preenchidos e,obrigatoriamente, assinado pelo candidato;b) um formulário “Justificativa de Recurso”, devidamente preenchido, exclusivo para cada item cujogabarito oficial preliminar esteja sendo questionado;c) em cada formulário “Justificativa de Recurso” deve constar a indicação do número do item cujogabarito oficial preliminar esteja sendo questionado, da resposta marcada pelo candidato e do gabaritooficial preliminar divulgado pelo CESPE;d) em cada formulário “Justificativa de Recurso” deve constar argumentação lógica e consistenteelaborada pelo candidato;e) nenhum dos formulários “Justificativa de Recurso” pode ter assinatura ou marca, incluindo rubrica, quepossa identificar o candidato recorrente;f) à exceção do campo assinatura do formulário “Capa de Conjunto de Recursos”, os demais campos dosformulários “Capa de Conjunto de Recursos” e “Justificativa de Recurso” devem ser datilografados oudigitados, sob pena de serem preliminarmente indeferidos.10.9 Se do exame de recursos resultar anulação de item integrante de prova, a pontuação correspondente aesse item será atribuída a todos os candidatos, independentemente de terem recorrido. Se houveralteração, por força de impugnações, de gabarito oficial preliminar de item integrante de prova, essaalteração valerá para todos os candidatos, independentemente de terem recorrido.10.10 Candidatos que apresentarem, no formulário “Justificativa de Recurso”, argumentações e/ouredações idênticas ou semelhantes não terão esses recursos respondidos.10.11 Será preliminarmente indeferido recurso extemporâneo, inconsistente, que não atenda às exigênciasdos modelos de formulários e/ou fora de qualquer das especificações estabelecidas neste edital − ou emoutros editais que vierem a ser publicados − ou nos formulários “Capa de Conjunto de Recursos” e“Justificativa de Recurso”.10.12 Em nenhuma hipótese será aceito pedido de revisão de recurso, recurso de recurso e/ou recurso degabarito oficial definitivo.11 DA NOMEAÇÃO11.1 A nomeação do candidato ao cargo fica condicionada:a) ao atendimento dos requisitos básicos para a investidura no cargo constantes do item 4 deste edital e dalegislação vigente;b) à classificação do candidato dentro do número de vagas oferecido neste edital e à aprovação noconcurso público.11.2 O candidato aprovado, dentro do número de vagas oferecido no presente edital, será nomeado, emcaráter efetivo, para investidura em classe e padrão inicial da categoria funcional para a qual concorreu,conforme preceitua a Lei n.º 8.112, de 11 de dezembro de 1990, e suas alterações.11.3 O candidato aprovado será lotado em qualquer unidade do DPF localizada no respectivo Estado ondeo concurso foi realizado, de acordo com o interesse da administração.11.4 O Departamento de Polícia Federal não se obriga a fornecer moradia ao candidato nomeado nem acustear despesas com locomoção e transporte para o local designado para a investidura no cargo.11.5 O candidato nomeado terá o prazo de trinta dias para tomar posse no cargo e de quinze dias paraentrar em efetivo exercício.11.6 O candidato nomeado permanecerá na unidade do DPF onde foi lotado pelo período mínimo detrinta e seis meses e cumprirá estágio probatório, nos termos do artigo 20 da Lei n.º 8.112, de 11 dedezembro de 1990, e da Lei n.º 4.878, de 3 de dezembro de 1965.2012 DAS DISPOSIÇÕES GERAIS12.1 A inscrição do candidato implica aceitação das normas para o concurso contidas nos comunicados,neste edital e em outros a serem publicados.12.2 O candidato pode obter informações atinentes ao concurso no Núcleo de Atendimento ao Candidatodo CESPE, por meio do telefone (61) 448–0100 ou no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br.12.3 O candidato que desejar relatar ao CESPE fatos ocorridos durante a realização do concurso deveráfazê-lo ao Núcleo de Atendimento ao Candidato do CESPE, localizado no seguinte endereço: CampusUniversitário Darcy Ribeiro, Instituto Central de Ciências (ICC), ala central norte, mezanino, Asa Norte,Brasília/DF; postar correspondência para a Caixa Postal 04521, CEP 70919–970; encaminhar mensagempelo fax de número (61) 448–0111; ou enviá-la para o endereço eletrônico sac@cespe.unb.br.12.4 O requerimento administrativo que, por erro do candidato, não for encaminhado ao Núcleo deAtendimento ao Candidato do CESPE será a ele devolvido sem que haja análise de mérito.12.5 O presente concurso terá como prazo de um ano, prorrogável por igual período, contados a partir dadata de publicação do edital de homologação de resultado final no concurso.12.6 A aprovação e a classificação final geram para o candidato apenas a expectativa de direito ànomeação. O Departamento de Polícia Federal reserva-se o direito de proceder às nomeações, em númeroque atenda ao interesse e às necessidades do serviço, de acordo com a disponibilidade orçamentária e atéo número de vagas previsto neste edital.12.7 O resultado final das provas objetivas será publicado no Diário Oficial da União, afixado nosquadros de aviso do CESPE, Campus Universitário Darcy Ribeiro, Instituto Central de Ciências – ICC,ala norte, subsolo, Asa Norte, Brasília/DF, nas Unidades da Polícia Federal das cidades onde serãoaplicadas as provas, na Academia Nacional de Polícia e na sede do Departamento de Polícia Federal, emBrasília/DF, e divulgado na Internet, no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br, após apreciação derecursos.12.8 O resultado final do concurso será homologado pelo Diretor de Gestão de Pessoal e divulgado naforma do subitem 12.7.12.9 O candidato deverá manter atualizado seu endereço no CESPE, enquanto estiver participando doconcurso, e na Coordenação de Recrutamento e Seleção/DGP, se aprovado.12.10 Os casos omissos serão resolvidos pelo CESPE, juntamente com a Coordenação de Recrutamento eSeleção/DGP.12.11 Legislação com entrada em vigor após a data de publicação deste edital, bem como alterações emdispositivos legais e normativos a ele posteriores, não serão objeto de avaliação nas provas do concurso.12.12 Quaisquer alterações nas regras fixadas neste edital somente poderão ser feitas por meio de outroedital.13 DOS OBJETOS DE AVALIAÇÃO (HABILIDADES E CONHECIMENTOS)13.1 HABILIDADES13.1.1 Os itens das provas objetivas poderão avaliar habilidades que vão além de mero conhecimentomemorizado, abrangendo compreensão, aplicação, análise, síntese e avaliação, valorizando a capacidadede raciocínio.13.1.2 Cada item das provas objetivas poderá contemplar mais de uma habilidade e conhecimentosrelativos a mais de uma área de conhecimento.13.2 CONHECIMENTOS13.2.1 Nas provas objetivas serão avaliados, além de habilidades, conhecimentos, conforme especificaçãoa seguir.13.2.1.1 CONHECIMENTOS BÁSICOS PARA TODOS OS CARGOS DE NÍVEL SUPERIORLÍNGUA PORTUGUESA: Compreensão, interpretação e reescritura de textos, com domínio dasrelações morfossintáticas, semânticas e discursivas: 1 Tipologia textual. 2 Paráfrase, perífrase, síntese eresumo. 3 Significação literal e contextual de vocábulos. 4 Processos de coesão textual. 5 Coordenação esubordinação. 6 Emprego das classes de palavras. 7 Concordância. 8 Regência. 9 Estrutura, formação erepresentação das palavras. 10 Ortografia oficial. 11 Pontuação.21NOÇÕES DE INFORMÁTICA: 1 Sistema operacional Windows. 2 Word 2000 e Word 2002. 3 Excel2000 e Excel 2002. 4 Conceitos e serviços relacionados à Internet e a correio eletrônico. 5 InternetExplorer e Outlook Express. 6 Noções de hardware e de software.ATUALIDADES: Tópicos relevantes e atuais de diversas áreas, tais como política, economia, sociedade,educação, tecnologia, energia, relações internacionais, desenvolvimento sustentável, segurança eecologia, suas inter-relações e suas vinculações históricas.13.2.1.2 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS PARA OS CARGOS DE NÍVEL SUPERIORCARGO 1: ADMINISTRADOR: 1 Dinâmica das organizações. 1.1 A Organização como um sistemasocial. 1.2 Cultura organizacional. 1.3 Motivação e liderança. 1.4 Comunicação. 1.5 Processo decisório.1.6 Descentralização. 1.7 Delegação. 2 Processo Grupal nas Organizações. 2.1 Comunicação interpessoale intergrupal. 2.2 Trabalho em equipe. 2.3 Relação chefe/subordinado. 3 Reengenharia Organizacional.3.1 Análise de processos de trabalho. 3.2 Eliminação de desperdícios. 3.3 Ênfase no cliente. 3.4Preocupação com a qualidade. 4 Qualidade e Produtividade nas Organizações. 4.1 Princípio de Deming.4.2 Relação cliente/fornecedor. 4.3 Principais ferramentas da qualidade. 5 Administração de Pessoal eRecursos Humanos. 5.1 Recrutamento e seleção de pessoal. 5.2 Cargos e salários. 5.3 Administração dodesempenho. 5.4 Treinamento e desenvolvimento. 6 Planejamento Organizacional: planejamentoestratégico, tático e operacional. 7 Impacto do ambiente nas organizações - visão sistêmica. 7.1Turbulência. 7.2 Adaptação. 7.3 Flexibilidade organizacional. 8 Noções de estatística descritiva. 9Legislação Trabalhista, Previdenciária e Tributária. 9.1 Conceito de empregado e empregador, contratoindividual de trabalho, interrupção, suspensão e extinção de contrato de trabalho, trabalho em condiçõesinsalubre e periculosas. 9.2 Trabalho noturno, jornada de trabalho. 9.3 Repouso semanal, férias, licençapaternidade e maternidade, repouso semanal remunerado, 13º salário, encargos sociais e previdenciários ,imposto de renda, etc. 10 Legislação Administrativa. 10.1 Administração direta, indireta, e funcional.10.2 Atos administrativos. 10.3 Contratos administrativos. 10.4 Requisição. 10.5 Regime dos servidorespúblicos federais: admissão, demissão, concurso público, estágios probatórios, VENCIMENTO BÁSICO,licença, aposentadoria. 11 Orçamento Empresarial. 11.1 Conceitos. 11.2 Finalidade. 11.3 Elaboração deorçamento. 11.4 Orçamento de custeio. 11.5 Orçamento de investimento. 12 Administração Financeira.12.1 Conceito. 12.2 Objetivos. 12.3 Função financeira nas organizações. 12.4 Fluxo de caixa. 12.5Liquidez x rentabilidade. 13 Contabilidade Geral. 13.1 Conceito. 13.2 Usuários da contabilidade. 13.3Patrimônio. 13.4 Conceitos de ativos. 13.5 Passivos. 13.6 Receitas. 13.7 Despesas e resultado. 13.8Leitura prática das principais demonstrações contábeis. 14 Aspectos Tributários. 14.1 Conceito. 14.2Noções dos principais tributos e seus impactos nas operações das empresa. 15 Noções de DireitoTrabalhista. 16 Organização e métodos. 16.1 Gestão de documentos. 16.2 Administração de processos. 17Conhecimentos de processos de licitação – Lei 8666. 18 Conhecimentos de processos de ISO 9000 –Sistemas de qualidade.CARGO 2: ARQUITETO: 1 Projeto de arquitetura. 1.1 Métodos e técnicas de desenho e projeto. 1.2Programação de necessidades físicas das atividades. 1.3 Estudos de viabilidade técnico-financeira. 1.4Informática aplicada à arquitetura. 1.5 Controle ambiental das edificações (térmico, acústico e luminoso).2 Projetos complementares: especificação de materiais e serviços e dimensionamento básico. 2.1Instalações elétricas e hidrossanitárias. 2.2 Elevadores. 2.3 Ventilação/exaustão. 2.4 Ar condicionado. 2.5Telefonia. 2.6 Prevenção contra incêndio. 3 Programação, controle e fiscalização de obras. 3.1 Orçamentoe composição de custos, levantamento de quantitativos, planejamento e controle físico-financeiro. 4Acompanhamento de obras. 4.1 Construção e organização do canteiro de obras. 4.2 Coberturas eimpermeabilização. 4.3 Esquadrias. 4.4 Pisos e revestimentos. 5 Legislação e perícia. 5.1 Normastécnicas, legislação profissional. 5.2 Legislação ambiental e urbanística. 6 Projeto de urbanismo. 6.122Métodos e técnicas de desenho e projeto urbano. 6.2 Dimensionamento e programação dos equipamentospúblicos e comunitários. 6.3 Sistema viário (hierarquização, dimensionamento e geometria). 6.4 Sistemasde infra-estrutura de parcelamentos urbanos: energia, pavimentação e saneamento ambiental (drenagem,abastecimento, coleta e tratamento de esgotos, coleta e destinação de resíduos sólidos). 7 Planejamentourbano. 7.1 Uso do solo. 7.2 Gestão urbana e instrumentos de gestão (planos diretores, análise deimpactos ambientais urbanos, licenciamento ambiental, instrumentos econômicos e administrativos). 8Legislação ambiental federal. 9 Informática aplicada a arquitetura (Excel, World, AutoCAD) 10Licitações e Contratos da Administração Pública (Lei 8.666/93, atualizada).CARGO 3: ARQUIVISTA: 1 Conceitos fundamentais de arquivologia: teorias e princípios. 2 Ogerenciamento da informação e a gestão de documentos aplicada aos arquivos governamentais. 2.1Diagnóstico. 2.2 Arquivos correntes e intermediários. 2.3 Protocolos. 2.4 Avaliação de documentos. 3Tipologias documentais e suportes físicos: teoria e prática. 4 A teoria e prática de arranjo em arquivospermanentes. 4.1 Princípios. 4.2 Quadros. 4.3 Propostas de trabalho. 5 O programa descritivo –instrumentos de pesquisas – em arquivos permanentes e intermediários. 5.1 Fundamentos teóricos. 5.2Guias. 5.3 Inventários. 5.4 Repertório. 6 As políticas públicas dos arquivos permanentes: ações culturais eeducativas. 7 A legislação arquivística brasileira: leis e fundamentos. 8 A microfilmagem aplicada aosarquivos: políticas, planejamento e técnicas. 9 A automação aplicada aos arquivos: políticas,planejamento e técnicas. 10 A preservação, a conservação e a restauração de documentos arquivísticos:política, planejamento e técnicas.CARGO 4: ASSISTENTE SOCIAL: 1 Ambiente de atuação do Assistente Social. 1.1 Instrumental depesquisa em processos de investigação social: elaboração de projetos, métodos e técnicas qualitativas equantitativas. 1.2 Propostas de intervenção na área social: planejamento estratégico, planos, programas,projetos, e atividades de trabalho. 1.3 Avaliação de programas e políticas sociais. 1.4 Estratégias,instrumentos e técnicas de intervenção: sindicância, abordagem individual, técnica de entrevista,abordagem coletiva, trabalho com grupos, em redes, e com famílias, atuação na equipe interprofissional(relacionamento e competências). 1.5 Diagnóstico. 2 Estratégias de trabalho institucional. 2.1 Conceitosde Instituição. 2.2 Estrutura brasileira de recursos sociais. 2.3 Uso de recursos institucionais ecomunitários. 2.4 Redação e correspondências oficiais: laudo e parecer (sociais e psicossociais), estudo decaso, informação e avaliação social. 3 Atuação em programas de prevenção e tratamento. 3.1 Uso doálcool, tabaco e outras drogas:

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)