Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

02/02/2004 13:22

Confederação quer caso de Maurren analisado com urgência

Agência Brasil

A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) quer que a Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) analise o caso da atleta Maurren Higa Maggi já na próxima reunião de seu Conselho, nos dias 27 e 28 de março em Atenas, na Grécia.

"Seja qual for a decisão da atleta, quanto a voltar ou não aos treinos normais, o esforço brasileiro é para que o Conselho da IAAF aprecie logo em março seu caso", explicou hoje o presidente da CBAt, Roberto Gesta de Melo.

Caso o Conselho homologue a decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, que absolveu a atleta em 19 de janeiro último, ela estará apta a voltar às competições imediatamente. Do contrário, o caso será encaminhado, para julgamento final, à Corte de Arbitragem do Esporte, tribunal com sede na Suíça e ligado ao Comitê Olímpico Internacional (COI).

Um exame de Maurren, dona do melhor resultado do mundo em 2003 no salto em distância, com 7,06, deu positivo para a substância proibida Clostebol, em teste realizado em 14 de junho, em São Paulo. A atleta alegou que o resultado foi devido ao uso do creme cicatrizante Novaderm, utilizado após sessão de depilação. O tribunal brasileiro entendeu que a atleta não teve a intenção de obter vantagens competitivas com o uso do produto e a absolveu. A atleta está suspensa preventivamente desde 1º de agosto de 2003.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)