Cassilândia, Sexta-feira, 05 de Junho de 2020

Últimas Notícias

07/05/2020 07:40

Condenado homem que espalhou ‘fake news’ sobre médico em rádio e redes sociais

Ataques começaram após recusa de atestado médico

Midiamax
Condenado homem que espalhou ‘fake news’ sobre médico em rádio e redes sociais

Homem que difamou médico espalhando notícias falsas nas redes sociais em jornal de uma rádio terá que pagar R$ 8 mil por danos morais ao profissional da saúde. A decisão é dos desembargadores da 3ª Câmara Criminal do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).

Consta no processo que o réu divulgou que o médico havia realizado maus procedimentos e que foi negligente. Tais informações foram compartilhadas na rede, inclusive em grupos de WhatsApp. O autor teria pago até mesmo para que o caso foi noticiado em uma rádio de repercussão regional.

O médico alega que em determinado atendimento a uma criança que estava com o réu, o réu ao invés de se preocupar com o estado de saúde da referida criança, demonstrou mais interesse em receber atestado, para poder faltar ao trabalho. Ele pediu ao médico atestado de dois dias, no entanto, o profissional se recusou.

Para o relator, desembargador Paulo Alberto de Oliveira, o dano moral tem finalidade educativa e preventiva, para que a honra não seja abalada. Para isto relacionou o dano sofrido pelo profissional, com a capacidade de renda, que é baixa, do réu.

“Considerando-se os referidos precedentes, e levando-se em conta, de um lado, a severa gravidade do comportamento do réu, o evidente dano anímico causado no autor, ante a repercussão dos fatos na comunidade local e transtornos causados, inclusive em seu ambiente profissional e, de outro, a condição financeira das partes, sendo o réu pessoa aparentemente pobre, inclusive assistido pela Defensoria Pública, e com renda comprovadamente módica e, ainda, a circunstância de que o autor teve a oportunidade de expor sua versão no mesmo veículo de comunicação no qual foram divulgados os fatos, reputo razoável o valor da indenização em R$8.000,00”, disse no voto.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 05 de Junho de 2020
Quinta, 04 de Junho de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)