Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

11/12/2005 07:37

Concurso: Petrobras, edital completo.

PETROBRAS TRANSPORTE S.A. - TRANSPETRO
PROCESSO SELETIVO PÚBLICO REGIONAL
EDITAL – TRANSPETRO/GRH-001/2005

A PETROBRAS TRANSPORTE S.A. - TRANSPETRO, subsidiária da PETROBRAS, torna pública a realização de processo seletivo público regional para formação de cadastro de reservas mediante condições estabelecidas neste edital.

1 - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES
1.1 - O processo seletivo público será regido por este edital e executado pela FUNDAÇÃO CESGRANRIO.
1.2 - Os cargos para formação de cadastro de reservas, quantitativos, códigos, pólos de trabalho, localidades e cidades de provas encontram-se especificados no Anexo I.
1.3 - Os requisitos/descrições sumárias e os salários básicos para os cargos de Níveis Superior e Médio e as taxas de inscrição para os cargos de Níveis Superior e Médio estão especificados no Anexo II.
1.4 - O processo seletivo público será constituído de avaliação da qualificação técnica dos(as) candidatos(as), representada por habilidades e conhecimentos aferidos por meio de aplicação de provas objetivas, para todos os cargos, de caráter eliminatório e classificatório;
1.5 - Somente para o cargo de Advogado(a) Pleno haverá a aplicação de prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, e de avaliação de títulos, de caráter classificatório.
1.6 - As provas objetivas para todos os cargos e a discursiva apenas para o cargo de Advogado(a) Pleno serão realizadas nas cidades de Aracaju(SE); Belém(PA); Belo Horizonte(MG); Curitiba(PR); Florianópolis(SC); Fortaleza(CE); Goiânia(GO); João Pessoa(PB); Macaé(RJ); Maceió(AL), Manaus(AM); Natal(RN); Porto Alegre(RS); Recife(PE); Rio de Janeiro(RJ); Salvador(BA); Santos(SP); São Luís(MA); São Paulo(SP) e Vitória(ES) de acordo com a vinculação ao pólo de trabalho/localidade expressa no Anexo I.
1.7 - De acordo com as necessidades da Transpetro, o(a) candidato(a) poderá ser admitido(a) em Unidade localizada em qualquer outra cidade onde a Transpetro possua ou venha a constituir instalações.

2 - DAS VAGAS DESTINADAS ÀS PESSOAS PORTADORAS DE DEFICIÊNCIA
2.1 - Da quantidade de vagas previstas para a formação do cadastro de reservas, 5% (cinco por cento) serão reservados aos(às) candidatos(as) portadores(as) de deficiência, conforme previsto no Decreto nº 3.298, de 20 de dezembro de 1999, publicado no Diário Oficial da União, de 21 de dezembro de 1999, para os cargos seguintes:
NÍVEL SUPERIOR
Administrador(a) Júnior e Pleno; Advogado(a) Pleno; Analista de Sistemas Júnior e Pleno; Analista Financeiro Júnior e Pleno; Assistente Social Júnior e Pleno, Bibliotecário(a) Júnior; Contador(a) Júnior – Áreas Auditoria Interna e Contábil; Economista Júnior; Engenheiros(as) Júnior e Pleno (exceto Área Segurança); Pedagogo(a) Júnior; Profissionais de Comunicação Pleno – Áreas Jornalismo, Publicidade e Relações Públicas e Químico(a) Júnior.
NÍVEL MÉDIO
Assistente Técnico(a) de Suprimento; Assistente Técnico(a) de Telecomunicações; Auxiliar Técnico(a) de Administração; Auxiliar Técnico(a) de Informática; Supridor(a); Técnico(a) de Contabilidade I e Técnico(a) Químico(a) de Petróleo I.
Observação: As demais informações relativas aos cargos, sobretudo seu código específico a ser corretamente transcrito para o campo próprio do Requerimento de Inscrição, encontram-se explicitadas nos Anexos I e II.
2.2 - Para concorrer a uma destas vagas, o(a) candidato(a) deverá, no ato da inscrição, declarar-se portador(a) de deficiência e apresentar laudo médico atestando a espécie e o grau ou nível de deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças (CID), bem como a provável causa da deficiência ou Certificado de Homologação de Readaptação ou Habilitação Profissional emitido pelo INSS. O laudo médico deverá ser grampeado ao Requerimento de Inscrição. Caso o(a) candidato(a) não apresente o laudo médico, não poderá concorrer às vagas reservadas, mesmo que tenha assinalado tal opção no Requerimento de Inscrição.
2.3 - No ato da inscrição, o(a) candidato(a) portador(a) de deficiência que necessite de tratamento diferenciado no dia das provas deverá requerê-lo indicando as condições especiais de que necessita para a realização das provas (ledor, prova ampliada, auxílio para transcrição ou sala de mais fácil acesso).
2.3.1 - O(A) candidato(a) portador(a) de deficiência que necessite de tratamento diferenciado para a realização das provas deverá requerê-lo e apresentar justificativa acompanhada de parecer emitido por especialista da área de sua deficiência. O parecer citado deverá ser grampeado ao Requerimento de Inscrição. Caso o(a) candidato(a) não anexe o parecer do(a) especialista, não realizará as provas em condições especiais, mesmo que tenha assinalado tal opção no Requerimento de Inscrição.
2.4 - O(A) candidato(a) portador(a) de deficiência que não declarar tais opções (vagas reservadas e/ou tratamento diferenciado) no ato da inscrição e/ou não anexar laudo médico conforme determinado em 2.2 e 2.3.1 deixará de concorrer às vagas reservadas às pessoas portadoras de deficiência ou de dispor das condições diferenciadas e não poderá impetrar recursos em favor de sua situação.
2.5 - Os(As) candidatos(as) que se declararem portadores(as) de deficiência participarão do processo seletivo público em igualdade de condições com os(as) demais candidatos(as) no que concerne ao conteúdo das provas, à avaliação e aos critérios de aprovação, ao horário e ao local de aplicação das provas e às notas mínimas exigidas para todos(as) os(as) demais candidatos(as).
2.6 - O(A) candidato(a) que se inscrever como portador(a) de deficiência e obtiver classificação dentro das vagas especificamente destinadas a este fim figurará em lista específica e também na listagem de classificação geral dos(as) candidatos(as) ao cargo/pólo de trabalho/localidade de sua opção, onde constará a indicação de que se trata de candidato(a) portador(a) de deficiência.
2.7 - Os(As) candidatos(as) que se declarem portadores(as) de deficiência, se convocados(as) para a qualificação biopsicossocial, deverão submeter-se previamente à avaliação promovida pela Transpetro, na forma do subitem 11.5 deste edital, que resultará em parecer conclusivo sobre a sua condição de portador(a) de deficiência ou não e sobre a compatibilidade das atribuições do cargo com a deficiência da qual é portador(a), observadas: a) as informações fornecidas pelo(a) candidato(a) no ato da inscrição; b) a natureza das atribuições e tarefas essenciais do cargo ou da função a desempenhar; c) a viabilidade das condições de acessibilidade e de adequações do ambiente de trabalho à execução das tarefas; d) a possibilidade de uso, pelo(a) candidato(a), de equipamentos ou outros meios que habitualmente utilize; e e) a Classificação Internacional de Doenças(CID).
2.8 - A inobservância do disposto nos subitens anteriores ou o parecer negativo acarretará a exclusão do(a) candidato(a) do cadastro de reservas de pessoas portadoras de deficiência e sua inclusão apenas na listagem geral e de ampla concorrência, observada a rigorosa ordem de classificação, caso não tenha sido eliminado(a) do processo seletivo público.
2.9 - As vagas definidas no subitem 2.1 que não forem providas por falta de candidatos(as) portadores(as) de deficiência classificados(as) serão preenchidas pelos(as) demais candidatos(as), observada a ordem de classificação por cargo/pólo de trabalho/localidade.
2.10. Devido às condições de periculosidade, insalubridade, exposição a riscos e situações de emergência que caracterizam as atividades destes cargos na Transpetro, não haverá reserva de vagas para pessoas portadoras de deficiência para os cargos de Nível Superior: Enfermeiro(a) Júnior e Pleno; Engenheiro(a) Júnior e Pleno-Área Segurança e Médico(a) Júnior e Pleno e para os cargos de Nível Médio: Eletricista Especializado(a); Mecânico(a) Especializado(a); Operador(a) I; Técnico(a) de Automação I; Técnico(a) de Faixa de Dutos I; Técnico(a) de Inspeção, Equipamentos e Instalação I; Técnico(a) de Instrumentação; Técnico(a) de Manutenção I; Técnico(a) de Projeto, Construção e Montagem I; Técnico(a) de Segurança I e Técnico(a) Naval. As atividades previstas para esses cargos estão diretamente relacionadas com a operacionalização de terminais terrestres e marítimos, o que exige aptidão plena.

3 - DOS REQUISITOS BÁSICOS EXIGIDOS PARA ADMISSÃO
3.1 - Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, em caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado(a) pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses com reconhecimento do gozo de direitos políticos, nos termos do parágrafo 1º., do artigo 12, da Constituição Federal e do Decreto nº 70.436/72.
3.2 - Estar em dia com as obrigações eleitorais.
3.3 - Ter certificado de reservista ou de dispensa de incorporação, em caso de candidato brasileiro do sexo masculino.
3.4 - Ter idade mínima de dezoito anos completos para todos os cargos na data de admissão.
3.5 - Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo, que será comprovada por meio de exames específicos conforme previsto no subitem 11.1.
3.6 - Ser aprovado(a) no processo seletivo público, possuir a experiência (quando requerida) e o nível de escolaridade exigido para o exercício do cargo conforme estabelecido no Anexo II.
3.7 – Comprovar a experiência requerida exclusivamente por meio de apresentação de Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) e/ou de publicação no Diário Oficial, excluídos os tempos de estágios, complementada por declaração do(a) contratante, em que conste claramente que o(a) candidato(a) exerceu as atividades previstas, no tempo mínimo exigido ou, ainda, por meio de apresentação de contratos, juntamente com os respectivos recibos de pagamento comprobatórios de prestação de serviços no exercício da profissão, atividades desenvolvidas e o período de tempo correspondente.
3.7.1 - Para o cargo de Advogado(a) Pleno, a experiência poderá ser comprovada, também, por meio da demonstração de prática forense, pelo tempo mínimo exigido, em que o(a) candidato(a) tenha atuado como Advogado(a).
3.7.2 – Para experiência profissional no exterior, os documentos deverão estar traduzidos para a Língua Portuguesa por tradutor(a) juramentado(a).
3.8 – Não serão aceitos cursos de licenciatura ou de tecnólogo.
3.9 - Cumprir as determinações deste edital.

4 - DO RECOLHIMENTO DA TAXA E DOS PROCEDIMENTOS PARA A INSCRIÇÃO
4.1 – Antes de efetuar a inscrição, o(a) candidato(a) deverá inteirar-se do edital e certificar-se de que preencherá todos os requisitos exigidos para o cargo quando da contratação.
4.2 – INSCRIÇÕES NAS AGÊNCIAS DOS CORREIOS
4.2.1 - O recolhimento da taxa de inscrição, expressa em reais, nos valores especificados no Anexo II para os cargos de Níveis Superior e Médio, deverá ser efetuado, de 10 a 25/01/2006, em espécie ou cheque do(a) próprio(a) candidato(a), nas Agências dos CORREIOS constantes do Anexo III. Caso o cheque seja devolvido, por qualquer motivo, a inscrição será, automaticamente, cancelada.
4.2.2 - Uma vez paga, a taxa de inscrição não será devolvida sob nenhuma hipótese, salvo em caso de cancelamento do processo seletivo público por motivo fortuito ou de força maior. Não serão concedidas isenções ou reduções de taxa e nem aceitos quaisquer pedidos de alteração de cargo/pólo de trabalho/localidade.
4.2.3 - Ao término dos procedimentos de inscrição, obedecendo aos horários dos CORREIOS, o(a) candidato(a) deve exigir o Comprovante de Entrega do Requerimento de Inscrição (canhoto do Requerimento), devidamente rubricado e etiquetado, bem como o Roteiro do Candidato.
4.2.4 – Documentação exigida para inscrição: a) documento oficial de identidade(com retrato) do(a) candidato(a) e cópia, que ficará retida (não é necessária a autenticação); b) Requerimento de Inscrição, fornecido no local, completa e corretamente preenchido e assinado; c) declaração (constante do Requerimento de Inscrição), firmada pelo(a) candidato(a), sob as penas da Lei, de que atende às condições exigidas para a admissão.
4.3 - DAS INSCRIÇÕES VIA INTERNET
4.3.1 - Para inscrição via Internet, o(a) candidato(a) deverá adotar os seguintes procedimentos:
a) estar ciente de todas as informações sobre este processo seletivo público. Estas informações também estão disponíveis na página da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br) ou no Roteiro do Candidato disponível nessa página para download; b) cadastrar-se, no período entre 0 (ZERO) hora do dia 10/01/2006 e 23h e 59 min do dia 25/01/2006, observado o horário oficial de Brasília/DF, por meio do formulário específico disponível na página citada; c) imprimir o boleto bancário e efetuar o pagamento em qualquer banco até a data de vencimento constante no mesmo. O pagamento após a data de vencimento implica o cancelamento da inscrição. O banco confirmará o seu pagamento junto à FUNDAÇÃO CESGRANRIO; d) verificar a Confirmação de Inscrição, a partir de 01/03/2006, na página da FUNDAÇÃO CESGRANRIO e imprimi-la; e) em caso de repetição de inscrição, só será aceita a última.
ATENÇÃO: a inscrição via Internet só será válida após a confirmação do pagamento feito por meio do boleto bancário até a data do vencimento.
4.3.2 - A FUNDAÇÃO CESGRANRIO não se responsabiliza por solicitações de inscrição via Internet NÃO-RECEBIDAS, por qualquer motivo, sejam os de ordem técnica ou por procedimentos indevidos dos(as) usuários(as).
4.3.3 – Os(As) candidatos(as) inscritos(as) via Internet deverão enviar, até 27/01/2006, se for o caso, o laudo médico citado nos subitens 2.2 e 2.3.1 deste edital, endereçado ao Departamento de Concursos da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (mencionando processo seletivo público Transpetro), situado à Rua Santa Alexandrina, 1011, Rio Comprido, Rio de Janeiro, RJ, CEP 20261-235. Os documentos podem ser enviados via CORREIOS ou via fax (0xx21 – 25021000 ou 25028010). São de responsabilidade exclusiva dos(as) candidatos(as) os dados cadastrais informados.
4.3.4 – O(A) candidato(a) inscrito(a) via Internet não deverá enviar cópia de documento de identidade, sendo de sua responsabilidade exclusiva os dados cadastrais informados no ato de inscrição, sob as penas da Lei.
4.4 – Os(As) candidatos(as), ao se inscreverem para o processo seletivo público, estarão concorrendo às vagas de formação de cadastro de reservas para o respectivo cargo/pólo de trabalho/localidade e farão as provas nas cidades relacionadas no Anexo I (de acordo com o pólo de trabalho/localidade de sua opção).
4.5 – Os(As) candidatos(as) somente poderão se inscrever para concorrer a apenas um cargo/pólo de trabalho/localidade de vez que as provas para os cargos de Níveis Médio e Superior poderão ser aplicadas nos mesmos dia e horário. Havendo mais de uma inscrição, prevalecerá a de data mais recente. Caso haja coincidência de datas, a inscrição não será considerada.
4.6 - Os(As) candidatos(as) que prestarem qualquer declaração falsa ou inexata ao se inscrever, ou caso não possam satisfazer a todas as condições enumeradas neste edital, terão sua inscrição desconsiderada e serão anulados todos os atos dela decorrentes, mesmo que classificados(as) nas provas, exames e avaliações.
4.7 – A não-integralização dos procedimentos de inscrição (pagamento da taxa, entrega do Requerimento devidamente preenchido e da cópia do documento de identidade) implica a insubsistência de inscrição.
4.8- Não serão aceitas inscrições condicionais e/ou extemporâneas, por via postal ou por fax, admitindo-se, contudo, inscrições por meio de Procuração (não é necessário o reconhecimento de firma). O original da Procuração e a cópia do documento oficial de identidade do(a) candidato(a) ficarão retidos. Os(As) candidatos(as) inscritos(as) por Procuração assumem total responsabilidade pelas informações prestadas por seu(sua) Procurador(a), arcando com as conseqüências de eventuais erros de seu(sua) representante no preenchimento do respectivo Requerimento de Inscrição. Deverá ser apresentada uma Procuração para cada candidato(a).
4.9 – Por ocasião da inscrição, será entregue ao(à) candidato(a) um Roteiro, contendo edital completo, conteúdos programáticos e cronograma de eventos básicos. Cumpre salientar que os(as) interessados(as) poderão ter conhecimento do conteúdo do Roteiro do Candidato, antes de efetivarem o pagamento da taxa de inscrição, nos postos de inscrição ou na página da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br).
4.10 – Todas as despesas decorrentes da participação no processo seletivo público, inclusive deslocamentos para os locais de inscrição e de realização das provas, serão de inteira responsabilidade dos(as) candidatos(as).

5 - DA CONFIRMAÇÃO DE INSCRIÇÃO
5.1 - O CARTÃO DE CONFIRMAÇÃO DE INSCRIÇÃO será enviado pelos CORREIOS para o endereço indicado pelo(a) candidato(a) no Requerimento de Inscrição. No Cartão, serão colocados, além dos principais dados do(a) candidato(a), seu número de inscrição, cargo/pólo de trabalho/localidade, indicado pelo(a) candidato(a), data, horário e local de realização das provas.
5.2 - É obrigação do(a) candidato(a) conferir, no CARTÃO DE CONFIRMAÇÃO DE INSCRIÇÃO, os seguintes dados: nome; número do documento de identidade, sigla do Órgão expedidor e Estado emitente; CPF, data de nascimento; sexo; cargo/pólo de trabalho/localidade em que se inscreveu; quando for o caso, a informação de tratar-se de portador (a) de deficiência que demande condição especial para a realização das provas e/ou esteja concorrendo às vagas reservadas a portadores(as) de deficiência.
5.3 - Caso haja inexatidão na informação relativa ao cargo/pólo de trabalho/localidade de sua opção e/ou em relação à sua eventual condição de pessoa portadora de deficiência, o(a) candidato(a) deverá entrar em contato com a FUNDAÇÃO CESGRANRIO, pelo telefone 0800 701 2028, das 09 às 17 horas, horário de Brasília, nos dias 02 ou 03/03/2006 , ou por e-mail conforme orientações constantes na página www.cesgranrio.org.br.
5.4 - Os eventuais erros de digitação no nome, número/Órgão expedidor ou Estado emitente do documento de identidade, CPF, data de nascimento, sexo, etc. deverão ser corrigidos somente no dia das respectivas provas.
5.5 - Caso o CARTÃO DE CONFIRMAÇÃO DE INSCRIÇÃO não seja recebido até 01/03/2006, o(a) candidato(a) deverá entrar em contado com a FUNDAÇÃO CESGRANRIO, pelo telefone 0800 701 2028, das 09 às 17 horas, horário de Brasília, nos dias 02 ou 03/03/2006 , ou por e-mail (transpetro@cesgranrio.org.br). As informações sobre os respectivos locais de provas estarão disponíveis, também, no endereço eletrônico da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br) , sendo o documento impresso por meio do acesso à página da Internet válido como Cartão de Confirmação de Inscrição.
5.6 - Não serão emitidas segundas vias do CARTÃO DE CONFIRMAÇÃO DE INSCRIÇÃO sob qualquer justificativa.
5.7 – O(A) candidato(a) não poderá alegar desconhecimento dos locais de realização das provas como justificativa de sua ausência. O não-comparecimento às provas, qualquer que seja o motivo, será considerado como DESISTÊNCIA do(a) candidato(a) e resultará em sua ELIMINAÇÃO do processo seletivo público.

6 – DA QUALIFICAÇÃO TÉCNICA
6.1 – ADVOGADO(A) PLENO
6.1.1 - A seleção será feita através da aplicação de provas objetivas (1ª etapa) e discursiva (2ª etapa), ambas de caráter eliminatório e classificatório, e de uma avaliação de títulos (3ª etapa) apenas classificatória.
6.1.2 - 1ª ETAPA – constituída de provas objetivas (40 quarenta questões de múltipla escolha), de caráter eliminatório e classificatório, de Língua Portuguesa I (5 questões no valor de 2,0 pontos e 5 questões no valor de 3,0 pontos) subtotalizando 25,0 pontos; de Língua Inglesa I (5 questões no valor de 2,5 pontos), subtotalizando 12,5 pontos; de Noções de Informática (5 questões no valor de 2,5 pontos), subtotalizando 12,5 pontos e de Conhecimentos Específicos (5 questões no valor de 1,0 ponto; 5 no valor de 2,0; 5 no valor de 3,0; e 5 no valor de 4,0 pontos), subtotalizando 50,0 pontos. TOTAL - 100,0 pontos. Cada questão apresentará 5 alternativas (A; B; C; D e E) e uma única resposta correta.
6.1.3 - Após a 1ª etapa, os(as) candidatos(as) serão classificados(as) a partir do total de pontos obtidos, por pólo de trabalho, sendo eliminado(a) do processo seletivo público o(a) candidato(a) que obtiver aproveitamento inferior a 50% (cinqüenta por cento) do total da pontuação do conjunto das provas objetivas. Será, ainda, eliminado(a) o(a) candidato(a) que obtiver zero em qualquer das provas. Havendo empate na totalização de pontos, prevalecerá o maior número de pontos obtidos, sucessivamente, em Conhecimentos Específicos e em Língua Portuguesa I . Persistindo o empate, prevalecerá o maior número de acertos nas questões de maior valor, sucessivamente, em Conhecimentos Específicos, em Língua Portuguesa I e em Língua Inglesa I.
6.1.4 - Será considerado(a) habilitado(a) à 2ª etapa o(a) candidato(a) que não for eliminado(a) na 1ª etapa, de acordo com os critérios detalhados em 6.1.3, e que esteja colocado(a), por pólo de trabalho, entre os(as) 75 (setenta e cinco) melhores classificados(as).
6.1.5 - 2ª ETAPA - prova discursiva composta de 2 (duas) questões valendo, cada uma, 20,0 (vinte) pontos, totalizando 40,0 (quarenta) pontos. Será eliminado(a) o(a) candidato(a) que obtiver aproveitamento inferior a 50% (cinqüenta por cento) do total da pontuação do conjunto das questões discursivas.
6.1.6 - A prova discursiva destina-se a avaliar a capacidade de o(a) candidato(a) expor com clareza, concisão, precisão, coerência e objetividade assuntos ligados à sua profissão. Levará, ainda, em conta a capacidade de organização do texto, de análise e síntese dos fatos e idéias examinados e, ainda, a correção gramatical com que foi redigida.
6.1.7 – Os (As) candidatos(as) prestarão as provas objetivas e a discursiva no mesmo dia e horário, sendo somente corrigida a prova discursiva (2ª etapa) dos(as) candidatos(as) habilitados(as) segundo os critérios definidos em 6.1.4.
6.1.8 – Não será permitida a consulta a livros, apostilas, códigos ou qualquer outra fonte para a realização das provas.
6.1.9 – Os(as) candidatos(as) não eliminados(as) serão classificados(as) em função do somatório dos pontos obtidos nas duas etapas. Havendo empate na totalização, prevalecerá a melhor classificação na 1ª etapa. Persistindo o empate, os(as) candidatos(as) empatados(as) estarão habilitados à 3ª etapa.
6.1.10 - 3ª ETAPA – avaliação de títulos - de caráter meramente classificatório, valendo até 20 (vinte) pontos.
6.1.11 - Somente valerão como títulos os mencionados na tabela seguinte.
TÍTULO VALOR UNITÁRIO NÚMERO MÁXIMO DE DOCUMENTOS
Diploma de conclusão de Curso de Doutorado 10 1
Diploma de conclusão de Curso de Mestrado 6 1
Diploma de conclusão de Curso de Especialização (mínimo de 360 horas) 3 1
Diploma de conclusão de Curso de Aperfeiçoamento (mínimo de 160 horas) 1 1
6.1.12 – Somente serão computados os títulos ligados às atividades do cargo de Advogado(a).
6.1.13 - Os documentos comprobatórios para a avaliação de títulos deverão ser postados, via SEDEX, mencionando Processo Seletivo Público Transpetro, impreterivelmente até 05 dias úteis após o término do período de inscrição, para o Departamento de Concursos da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (Rua Santa Alexandrina, 1011 – Rio Comprido – Rio de Janeiro – RJ – CEP 20261-235).
6.1.14 - Os documentos deverão ser remetidos em cópia autenticada e não serão devolvidos aos(às) candidatos(as).
6.1.15 - O número total de pontos do(a) candidato(a) será o resultado da soma dos pontos obtidos nas três etapas do processo seletivo público. Em caso de igualdade do número total de pontos, prevalecerá a melhor classificação na 1ª etapa. Se, ainda assim, permanecer o empate, terá preferência o(a) candidato(a) com mais idade.
6.1.16 – Os(As) candidatos(as) habilitados(as) serão listados(as) em ordem de classificação, por pólo de trabalho, considerando-se classificado(a) o contingente dos mais bem colocados(as) segundo os quantitativos estabelecidos nos Anexo I para integrarem os cadastros de reserva.
6.2 – DEMAIS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR
6.2.1 - ETAPA ÚNICA – constituída de provas objetivas (40 quarenta questões de múltipla escolha), de caráter eliminatório e classificatório, de Língua Portuguesa I (5 questões no valor de 2,0 pontos e 5 questões no valor de 4,0 pontos) subtotalizando 30,0 pontos; de Língua Inglesa I (5 questões no valor de 1,5 ponto e 5 questões no valor de 2,5), subtotalizando 20,0 pontos; e de Conhecimentos Específicos (5 questões no valor de 1,0 ponto; 5 no valor de 2,0; 5 no valor de 3,0; e 5 no valor de 4,0 pontos), subtotalizando 50,0 pontos. TOTAL - 100,0 pontos. Cada questão apresentará 5 alternativas (A; B; C; D e E) e uma única resposta correta.
6.2.2 – Após a etapa única, os(as) candidatos(as) serão classificados(as), por cargo/pólo de trabalho/localidade, em função do total de pontos obtidos, sendo eliminado(a) o(a) candidato(a) que obtiver aproveitamento inferior a 50% (cinqüenta por cento) do total da pontuação do conjunto das provas objetivas. Havendo empate na totalização, prevalecerá sucessivamente, maior número de pontos nas provas de Conhecimento Específicos e de Língua Portuguesa I. Persistindo o empate, prevalecerá o maior número de acertos nas questões de maior valor, sucessivamente, em Conhecimentos Específicos, em Língua Portuguesa I e em Língua Inglesa I. Se, ainda assim, permanecer o empate, terá preferência o(a) candidato(a) com mais idade.
6.2.3 – Os(As) candidatos(as) habilitados(as) serão listados(as) em ordem de classificação, considerando-se classificado(a) o contingente dos(as) mais bem colocados(as) segundo os quantitativos estabelecidos no Anexo I para integrarem os cadastros de reserva.
6.3 – AUXILIAR TÉCNICO(A) DE ADMINISTRAÇÃO
6.3.1 - ETAPA ÚNICA – constituída de provas objetivas (40 quarenta questões de múltipla escolha), de caráter eliminatório e classificatório, de Língua Portuguesa III (5 questões no valor de 2,0 pontos; 5 questões no valor de 3,0 pontos e 5 questões no valor de 4,0 pontos) subtotalizando 45,0 pontos; de Matemática I (5 questões no valor de 1,5 pontos e 5 questões no valor de 2,5 pontos), subtotalizando 20,0 pontos; e de Noções de Informática (5 questões no valor de 1,5 pontos; 5 questões no valor de 2,5 e 5 questões no valor de 3,0 pontos), subtotalizando 35,0 pontos. TOTAL - 100,0 pontos. Cada questão apresentará 5 alternativas (A; B; C; D e E) e uma única resposta correta.
6.3.2 – Após as provas, os(as) candidatos(as) serão classificados(as), por pólo de trabalho/localidade, a partir do total de pontos obtidos, sendo eliminado(a) o candidato(a) que obtiver aproveitamento inferior a 50% (cinqüenta por cento) do total da pontuação do conjunto das provas objetivas. Será, ainda, eliminado(a) o(a) candidato(a) que obtenha zero em qualquer das provas. Havendo empate na totalização, prevalecerá o maior número de pontos, sucessivamente, em Língua Portuguesa III e em Noções de Informática. Persistindo o empate, prevalecerá o maior número de acertos nas questões de maior valor, sucessivamente, em Língua Portuguesa III, em Noções de Informática e em Matemática I. Se, ainda assim, permanecer o empate, terá preferência o(a) candidato(a) com mais idade.
6.3.3 – Os(as) candidatos(as) habilitados(as) serão listados(as) em ordem de classificação, considerando-se classificado o contingente dos(as) mais bem colocados(as) segundo os quantitativos estabelecidos no Anexo I para integrarem os cadastros de reserva.
6.4 – ASSISTENTE TÉCNICO(A) DE SUPRIMENTO; OPERADOR(A) I; SUPRIDOR(A); TÉCNICO(A) DE CONTABILIDADE I; TÉCNICO(A) DE INSPEÇÃO, EQUIPAMENTOS E INSTALAÇÃO I E TÉCNICO(A) DE SEGURANÇA I
6.4.1 - ETAPA ÚNICA – constituída de provas objetivas (40 quarenta questões de múltipla escolha), de caráter eliminatório e classificatório, de Língua Portuguesa II (5 questões no valor de 2,0 pontos e 5 questões no valor de 4,0 pontos) subtotalizando 30,0 pontos; de Noções de Informática (5 questões no valor de 1,5 pontos e 5 questões no valor de 2,5), subtotalizando 20,0 pontos e de Conhecimentos Específicos (5 questões no valor de 1,0 ponto; 5 questões no valor de 2,0; 5 questões no valor de 3,0; e 5 questões no valor de 4,0 pontos), subtotalizando 50,0 pontos. TOTAL - 100,0 pontos. Cada questão apresentará 5 alternativas (A; B; C; D e E) e uma única resposta correta.
6.4.2 – Após as provas, os(as) candidatos(as) serão classificados(as), por cargo/pólo de trabalho/localidade, a partir do total de pontos obtidos, sendo eliminado(a) o(a) candidato(a) que obtiver aproveitamento inferior a 50% (cinqüenta por cento) do total da pontuação do conjunto das provas objetivas. Será, ainda, eliminado(a) o(a) candidato(a) que obtenha zero em qualquer das provas. Havendo empate na totalização, prevalecerá o maior número de pontos, sucessivamente, em Conhecimentos Específicos e em Língua Portuguesa II. Persistindo o empate, prevalecerá o maior número de acertos nas questões de maior valor, sucessivamente, em Conhecimentos Específicos, em Língua Portuguesa II e em Noções de Informática. Se, ainda assim, permanecer o empate, terá preferência o(a) candidato(a) com mais idade.
6.4.3 – Os(As) candidatos(as) habilitados(as) serão listados(as) em ordem de classificação, considerando-se classificado o contingente dos(as) mais bem colocados(as) segundo os quantitativos estabelecidos no Anexo I para integrarem os cadastros de reserva .

6.5. AUXILIAR TÉCNICO(A) DE INFORMÁTICA E TÉCNICO(A) DE AUTOMAÇÃO I.
6.5.1 - ETAPA ÚNICA – constituída de provas objetivas (40 quarenta questões de múltipla escolha), de caráter eliminatório e classificatório, de Língua Portuguesa II (5 questões no valor de 2,0 pontos e 5 questões no valor de 4,0 pontos) subtotalizando 30,0 pontos; de Língua Inglesa II (5 questões no valor de 1,5 pontos e 5 questões no valor de 2,5), subtotalizando 20,0 pontos e de Conhecimentos Específicos (5 questões no valor de 1,0 ponto; 5 questões no valor de 2,0; 5 questões no valor de 3,0; e 5 questões no valor de 4,0 pontos), subtotalizando 50,0 pontos. TOTAL - 100,0 pontos. Cada questão apresentará 5 alternativas (A; B; C; D e E) e uma única resposta correta.
6.5.2 – Após as provas, os(as) candidatos(as) serão classificados(as), por cargo/pólo de trabalho/localidade, a partir do total de pontos obtidos, sendo eliminado(a) o(a) candidato(a) que obtiver aproveitamento inferior a 50% (cinqüenta por cento) do total da pontuação do conjunto das provas objetivas. Será, ainda, eliminado(a) o(a) candidato(a) que obtenha zero em qualquer das provas. Havendo empate na totalização, prevalecerá o maior número de pontos, sucessivamente, em Conhecimentos Específicos e em Língua Portuguesa II. Persistindo o empate, prevalecerá o maior número de acertos nas questões de maior valor, sucessivamente, em Conhecimentos Específicos, em Língua Portuguesa II e em Língua Inglesa II. Se, ainda assim, permanecer o empate, terá preferência o(a) candidato(a) com mais idade.
6.5.3 – Os(As) candidatos(as) habilitados(as) serão listados(as) em ordem de classificação, considerando-se classificado o contingente dos(as) mais bem colocados(as) segundo os quantitativos estabelecidos no Anexo I para integrarem os cadastros de reserva.
6.6 – DEMAIS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO
6.6.1 - ETAPA ÚNICA – constituída de provas objetivas (40 quarenta questões de múltipla escolha), de caráter eliminatório e classificatório, de Língua Portuguesa II (5 questões no valor de 2,0 pontos e 5 questões no valor de 4,0 pontos) subtotalizando 30,0 pontos; de Matemática II (5 questões no valor de 1,5 pontos e 5 questões no valor de 2,5 pontos), subtotalizando 20,0 pontos; e de Conhecimentos Específicos (5 questões no valor de 1,0 pontos; 5 questões no valor de 2,0 e 5 questões no valor de 3,0 pontos e 5 questões no valor de 4,0 pontos), subtotalizando 50,0 pontos. TOTAL - 100,0 pontos. Cada questão apresentará 5 alternativas (A; B; C; D e E) e uma única resposta correta.
6.6.2 – Após as provas, os(as) candidatos(as) serão classificados(as), por cargo/pólo de trabalho/localidade, a partir do total de pontos obtidos, sendo eliminado(a) o candidato(a) que obtiver aproveitamento inferior a 50% (cinqüenta por cento) do total da pontuação do conjunto das provas objetivas. Será, ainda, eliminado(a), o(a) candidato(a) que obtenha zero em qualquer das provas. Havendo empate na totalização, prevalecerá o maior número de pontos, sucessivamente, em Conhecimentos Específicos e em Língua Portuguesa II. Persistindo o empate, prevalecerá o maior número de acertos nas questões de maior valor, sucessivamente, em Conhecimentos Específicos, em Língua Portuguesa II e em Matemática II. Se, ainda assim, permanecer o empate, terá preferência o(a) candidato(a) com mais idade.
6.6.3 – Os(As) candidatos(as) habilitados(as) serão listados(as) em ordem de classificação, considerando-se classificado o contingente dos(as) mais bem colocados(as) segundo os quantitativos estabelecidos no Anexo I para integrarem os cadastros de reserva.

7 - DAS NORMAS E DOS PROCEDIMENTOS COMUNS RELATIVOS À CONTINUIDADE DO PROCESSO SELETIVO PÚBLICO
7.1 - As provas, com 4 (quatro) horas de duração, exclusivamente para o cargo de Advogado(a) Pleno e com 3 (três) horas de duração para todos os demais cargos, terão por base conteúdos programáticos especificados no Anexo IV e que serão entregues aos(às) candidatos(as) no ato da inscrição. A Transpetro definiu apenas os conteúdos programáticos referentes a este processo seletivo público, ficando a critério de cada candidato(a) escolher a bibliografia que entender como mais conveniente.
7.2 – As provas objetivas e a discursiva (esta apenas para o cargo de Advogado(a) Pleno) serão realizadas, obrigatoriamente, nos locais previstos nos Cartões de Confirmação de Inscrição ou nas listas de alocação disponíveis na página da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br).
7.3 - Somente será admitido(a) à sala de provas o(a) candidato(a) que estiver munido(a) de Cédula Oficial de Identidade ou de Carteira expedida por Órgãos ou Conselhos de Classe ou de Carteira de Trabalho e Previdência Social ou de Certificado de Reservista ou de Carteira de Motorista (modelo novo, com foto) ou de Passaporte (documentação que, necessariamente, deverá conter fotografia do(a) candidato(a)). Como o documento não ficará retido, será exigida a apresentação do original, não sendo aceitas cópias, ainda que autenticadas.
7.4 – O(A) candidato(a) deverá chegar ao local das provas com uma hora de antecedência do início das mesmas, munido(a) de CARTÃO DE CONFIRMAÇÃO DE INSCRIÇÃO, do documento de identidade original com o qual se inscreveu e de caneta esferográfica de TINTA PRETA.
7.5 - Não será admitido(a) na sala de provas o(a) candidato(a) que se apresentar após o horário estabelecido para o início das mesmas.
7.6 - Não haverá segunda chamada seja qual for o motivo alegado para justificar o atraso ou a ausência do(a) candidato(a).
7.7 – O(A) candidato(a) só poderá ausentar-se do recinto das provas após uma hora contada a partir do efetivo início das mesmas. Por motivo de segurança, o(a) candidato(a) não poderá levar o Caderno de Questões, a qualquer momento.
7.8 – As questões das provas estarão à disposição dos(as) candidatos(as), no segundo dia útil seguinte ao de realização das mesmas, na página da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br), por um período mínimo de 3 (três) meses após a divulgação dos resultados finais do processo seletivo público.
7.9 - Ao final das provas, os(as) 3 (três) últimos(as) candidatos(as) na sala só serão liberados(as) quando todos(as) as tiverem concluído ou as mesmas tenham se encerrado. Não haverá, por qualquer motivo, prorrogação do tempo previsto para a aplicação das provas em virtude de afastamento do(da) candidato(a) da sala de provas.
7.10 – O(A) candidato(a) deverá assinalar suas respostas na folha própria (Cartão-Resposta) e assinar, no espaço devido, a caneta esferográfica de TINTA NA COR PRETA.
7.11 - Não serão computadas questões não assinaladas e questões que contenham mais de uma resposta, emendas ou rasuras, ainda que legíveis.
7.12 – Os gabaritos das provas objetivas serão distribuídos à imprensa, no segundo dia útil seguinte ao de realização das provas, estando disponíveis, também, na página da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br).
7.13 – O(A) candidato(a) será sumariamente ELIMINADO(A) do processo seletivo público se: lançar mão de meios ilícitos para execução das provas; perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos, incorrendo em comportamento indevido ou descortês para com qualquer dos aplicadores, seus auxiliares ou autoridades; atrasar-se ou não comparecer a qualquer das provas; afastar-se do local das provas sem o acompanhamento do fiscal, antes de ter concluído as mesmas; deixar de assinar a Lista de Presença e os respectivos Cartões-Resposta; ausentar-se da sala portando o Cartão-Resposta e/ou o Caderno de Questões; descumprir as instruções contidas na capa das provas; for surpreendido(a), durante as provas, em qualquer tipo de comunicação com outro(a) candidato(a) ou se utilizando de máquinas de calcular ou similares, livros, códigos, manuais, impressos ou anotações, ou, após as provas, for constatado por meio eletrônico, estatístico, visual ou grafológico, ter-se utilizado de processos ilícitos na realização das mesmas.
7.14 - São vedados o porte e/ou uso de armas, de aparelhos sonoros, fonográficos, de comunicação ou de registro, eletrônicos ou não, tais como: agendas, relógios não convencionais, telefones celulares, “pagers”, microcomputadores portáteis ou similares.
7.15 – Os resultados das provas objetivas e da discursiva e da avaliação de títulos (estas apenas para Advogado(a) Pleno) serão distribuídos à imprensa, para divulgação, e estarão disponíveis na página da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br).
7.16 - Não serão concedidas recontagens de pontos, vistas de provas, exames, avaliações ou pareceres, qualquer que seja a alegação do(a) candidato(a).
7.17 - No dia da realização das provas, não serão fornecidas, por qualquer membro da equipe de aplicação e/ou pelos(as) representantes da FUNDAÇÃO CESGRANRIO ou da Transpetro, informações referentes ao conteúdo das provas.

8 - DOS RECURSOS E DAS REVISÕES
8.1 - Recursos aos conteúdos das questões objetivas e/ou aos gabaritos divulgados - admitir-se-á um único recurso, para cada candidato(a), desde que devidamente fundamentado e apresentado no prazo máximo de 2 (dois) dias úteis contados após a divulgação dos gabaritos e encaminhados à FUNDAÇÃO CESGRANRIO, conforme orientação constante no endereço eletrônico www.cesgranrio.org.br.
8.1.1 - O recurso deverá ser dirigido ao(à) Presidente da Banca Examinadora e poderá ser entregue, também, no dia das provas, à Coordenação, nos locais de realização das mesmas.
8.1.2 - As decisões dos recursos serão dadas a conhecer, coletivamente, e apenas as relativas aos pedidos que forem deferidos e quando da divulgação dos resultados das provas objetivas, em 30/03/2006.
8.1.3 - O(s) ponto(s) relativo(s) à(s) questão(ões) eventualmente anulada(s) será(ão) atribuído(s) a todos(as) os(as) candidatos(as) que realizaram as provas objetivas.
8.2 - Revisão da nota da prova discursiva – os(as) candidatos(as) ao cargo de Advogado(a) Pleno poderão solicitar revisão, dirigida à Banca Examinadora, nos dias 30 ou 31/03/2006. A nota do(a) candidato(a) poderá ser mantida, aumentada ou diminuída.
8.2.1 - Será cobrada, pelo pedido de revisão, uma taxa de expediente correspondente a R$ 30,00 (trinta reais), a qual deverá ser depositada em favor da FUNDAÇÃO CESGRANRIO, em qualquer Agência do BANCO DO BRASIL, para crédito na conta 1205-X, Agência Jardim Laranjeiras, código 3100- 3.
8.2.2 - Caso a nota original seja aumentada, a taxa de expediente será devolvida em 19/04/2006.
8.2.3 - O pedido de revisão deverá ser enviado à FUNDAÇÃO CESGRANRIO, conforme orientação constante no endereço eletrônico www.cesgranrio.org.br. Deverão ser encaminhadas, também, as seguintes informações do(a) candidato(a): nome e endereço completos, telefone para contato, CPF, identidade e os dados bancários (Banco, Agência e conta corrente) para eventual devolução da taxa de expediente. O comprovante original do depósito da taxa de expediente deverá ser postado, via SEDEX, até 31/03/2006, para o Departamento de Concursos da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (mencionando Processo Seletivo Público Transpetro), para o endereço Rua Santa Alexandrina, 1011 – Rio Comprido – Rio de Janeiro – RJ – CEP 20.261-235.
8.2.4 - As decisões dos pedidos de revisão da nota da prova discursiva serão dadas a conhecer, coletivamente, e apenas as relativas aos pedidos que forem deferidos e quando da divulgação dos resultados da 2ª etapa somente para o cargo de Advogado(a) Pleno, em 11/04/2006.
8.3 - Revisão dos pontos obtidos na avaliação de títulos – os(as) candidatos(as) ao cargo de Advogado(a) Pleno poderão solicitar revisão, dirigida à Banca Examinadora, nos dias 11 ou 12/04/2006. A pontuação do(a) candidato(a) poderá ser mantida, aumentada ou diminuída.
8.3.1 - Será cobrada, pelo pedido de revisão, uma taxa de expediente correspondente a R$ 30,00 (trinta reais), a qual deverá ser depositada em favor da FUNDAÇÃO CESGRANRIO, em qualquer Agência do BANCO DO BRASIL, para crédito na conta 1205-X, Agência Jardim Laranjeiras, código 3100-3.
8.3.2 - Caso a pontuação original seja aumentada, a taxa de expediente será devolvida em 26/04/2006.
8.3.3 - O pedido de revisão deverá ser enviado à FUNDAÇÃO CESGRANRIO, conforme orientação constante no endereço eletrônico www.cesgranrio.org.br. Deverão ser encaminhadas, também, as seguintes informações do(a) candidato(a): nome e endereço completos, telefone para contato, CPF, identidade e os dados bancários (Banco, Agência e conta corrente) para eventual devolução da taxa de expediente. O comprovante original do depósito da taxa de expediente deverá ser postado, via SEDEX, até 12/04/2006, para o Departamento de Concursos da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (mencionando Processo Seletivo Público Transpetro), para o endereço Rua Santa Alexandrina, 1011 – Rio Comprido – Rio de Janeiro – RJ – CEP 20.261-235.
8.3.4 - As decisões dos pedidos de revisão da pontuação da avaliação de títulos serão dadas a conhecer, coletivamente, e apenas as relativas aos pedidos que forem deferidos e quando da divulgação dos resultados finais somente para o cargo de Advogado(a) Pleno, em 20/04/2006.
8.4 - A Banca Examinadora da entidade promotora do presente processo seletivo público constitui-se em última instância para recurso ou revisão, sendo soberana em suas decisões, razão porque não caberão recursos ou revisões adicionais.

9 - DO CADASTRO
9.1 – Farão parte do cadastro de reservas os(as) candidatos(as) aprovados(as) na avaliação da qualificação técnica.
9.2 – A utilização do cadastro de reservas obedecerá rigorosamente à ordem de classificação final publicada no Diário Oficial da União. As convocações para a realização da qualificação biopsicossocial dar-se-ão de acordo com as necessidades de preenchimento de vagas pela Transpetro.
9.3 - A aprovação e a classificação final geram, para o(a) candidato(a), apenas a expectativa de direito à admissão. A Transpetro reserva-se o direito de proceder às admissões, em número que atenda ao interesse e às necessidades do serviço, dentro do prazo de validade do processo seletivo público.
9.4 – A publicação do resultado final do processo seletivo público será efetuada por meio de duas listas de classificados(as). A Lista Geral conterá a classificação e pontuação de todos(as) os(as) candidatos(as) aprovados(as) por cargo/pólo de trabalho/localidade, incluindo os(as) candidatos(as) portadores(as) de deficiência. A segunda lista, a Lista Específica, conterá somente a classificação e pontuação por cargo/pólo de trabalho/localidade dos(as) candidatos(as) portadores(as) de deficiência aprovados(as).
9.5 - Caso o(a) candidato(a) desista de prosseguir no processo seletivo público, deverá encaminhar documento manifestando sua desistência definitiva, para fins de sua exclusão do cadastro de reservas, à Transpetro - Gerência Geral de Recursos Humanos – Processo Seletivo Público GRH 001 /2005 - Av. Presidente Vargas, 328 – CEP 20091-060 – Rio de Janeiro/RJ,
9.6 - Caso não haja aprovados(as) suficientes para compor o cadastro de reservas em determinado pólo de trabalho/localidade, estas vacâncias poderão ser ocupadas pelos(as) candidatos(as) que demonstrem interesse, embora tenham optado por outro pólo de trabalho/localidade no ato da inscrição.
9.7 - Nessa hipótese, deverá ser obedecida a classificação geral para determinado cargo e o(a) candidato(a) interessado(a) deverá assinar um Termo de Desistência em relação ao pólo de trabalho/localidade para o qual se inscreveu. Caso não tenha interesse em ocupar pólo de trabalho/localidade diferente, o(a) candidato(a) será mantido(a) no cadastro de reservas para o qual se inscreveu.
9.8 - O prazo de validade do cadastro de reservas esgotar-se-á em dois anos, a contar da data de publicação do edital de homologação do resultado final do processo seletivo público, podendo vir a ser prorrogado, uma única vez, por até igual período, a critério da Transpetro.
9.9 - Obriga-se o(a) candidato(a) cadastrado(a) a manter atualizado o seu endereço, perante a Transpetro, durante o período de validade do cadastro de reservas.

10 – DA COMPROVAÇÃO DE REQUISITOS
10.1 – De acordo com a necessidade e a conveniência da Transpetro, os(as) candidatos(as) constantes do cadastro de reservas serão convocados(as), seguindo a ordem de classificação, para a comprovação de requisitos descritos neste edital, por meio de telegrama endereçado ao local fornecido pelo(a) candidato(a) no Requerimento de Inscrição.
10.1.1 – Não serão aceitos protocolos dos documentos exigidos.
10.2 – A comprovação de tempo de serviço, para os cargos que o requerem, será feita da forma descrita a seguir: a) mediante apresentação da cópia da CTPS acrescida de declaração do órgão ou empresa ou, no caso de servidor(a) público(a), acrescida de certidão de tempo de serviço, onde conste claramente que o serviço prestado pelo(a) candidato(a) atende aos requisitos para o exercício do cargo ao qual concorre. Em caso de empresa extinta, apresentar, além de cópia da CTPS, documentação comprobatória da extinção; b) para comprovação de experiência profissional no exterior, mediante apresentação de cópia de declaração do órgão ao da empresa ou, no caso de servidor(a) público(a), de certidão de tempo de serviço onde conste claramente que o serviço prestado pelo(a) candidato(a) atende aos requisitos para o exercício do cargo ao qual concorre. Esses documentos somente serão considerados quando traduzidos para a língua portuguesa por tradutor(a) juramentado(a); c) mediante apresentação de cópia de RPA (Recibo de Pagamento de Autônomo), acrescida de declaração do órgão da empresa para a qual prestou o serviço, onde conste claramente que o serviço prestado pelo(a) candidato(a) atende aos requisitos para o exercício do cargo ao qual concorre ; d) para o cargo de Advogado(a) Pleno, poderá ser comprovada a experiência através, também, da demonstração do efetivo exercício como Advogado(a) regularmente inscrito(a) na OAB, pelo tempo exigido neste edital, não sendo admitida prática forense como estagiário(a) ou bacharel em Direito.
10.2.1 – Não será computado, como tempo de serviço, o tempo de estágio, de monitoria ou de bolsa de estudo.
10.2.2 – Todo documento apresentado para fins de comprovação de tempo de serviço deverá ser emitido pelo setor de pessoal competente ou equivalente e conter o período de início e de término do trabalho realizado.
10.3 – A não-comprovação de quaisquer dos requisitos solicitados neste edital, na data e local que vierem a ser determinados pela Transpetro, importará insubsistência da inscrição, nulidade de aprovação ou classificação e perdas dos direitos decorrentes, o que implicará, automaticamente, a eliminação do(a) candidato(a) do processo seletivo público.
10.4 – Quando solicitado(a), o(a) candidato(a) deverá apresentar os seguintes documentos: originais e cópia - a) Documento de Identidade; b) Título de Eleitor; c) Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS - atual e anteriores); d) CPF; e) Registro Civil (inclusive dos dependentes, se for o caso); f) Declaração de Não-Acumulação de Cargos Públicos; g) Duas fotos 3x4; h) Comprovante de Contribuição Sindical (se não for o primeiro emprego); i) PIS/PASEP (se não for o primeiro emprego).
10.5 - O contrato de trabalho do(a) candidato(a) será em caráter experimental nos primeiros noventa dias, ao término dos quais, se o desempenho do(a) empregado(a) for satisfatório, o contrato converter-se-á, automaticamente, em prazo indeterminado.
10.6 - Os(As) candidatos(as) aprovados(as) que vierem a assinar contrato para admissão poderão, a qualquer tempo, vir a trabalhar em qualquer região do país onde a Transpetro tenha Unidade de Negócios conforme cláusulas previstas no contrato de trabalho.
10.7 - Regime jurídico – os(as) candidatos(as) aprovados(as) no processo seletivo público serão convocados(as), à medida das necessidades da Transpetro, a assinar contrato individual de trabalho, o qual se regerá pelos preceitos da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT, inclusive no que diz respeito ao contrato de experiência e à rescisão do contrato de trabalho.
10.8 – O(A) candidato(a) que vier a ser eliminado(a) nesta fase será informado(a) sobre tal situação via postal.

11 - DA QUALIFICAÇÃO BIOPSICOSSOCIAL
11.1 – Os(As) candidatos(as) aprovados(as) na avaliação da qualificação técnica, composta de exames de habilitação e conhecimentos definidos no item 6, serão convocados(as), por meio de telegramas, enviados via Correios, de acordo com a necessidade e a conveniência da Transpetro, de acordo com a classificação obtida neste processo seletivo público, para a realização de exames médicos, de avaliação psicológica e de levantamento sociofuncional, todos de responsabilidade da Transpetro.
11.2 – A qualificação biopsicossocial terá caráter eliminatório e será composta das seguintes fases: exames médicos, avaliação psicológica e levantamento sociofuncional.
11.3 - Os(As) candidatos(as) convocados(as) para qualquer fase da qualificação biopsicossocial e que não atenderem à convocação serão considerados(as) desistentes, eliminados(as) do certame, sendo automaticamente excluídos(as) do cadastro de reservas.
11.4 – A contra-indicação do(a) candidato(a) em qualquer uma das fases da qualificação biopsicossocial acarretará sua automática eliminação do processo seletivo público.
11.5 - Em atendimento ao disposto no Decreto n.º 3.298, de 20 de dezembro de 1999, a Transpetro designará uma Equipe Multiprofissional que avaliará as condições do(a) candidato(a) inscrito(a) no processo seletivo público na condição de portador(a) de deficiência e que emitirá parecer concluindo estar ou não, o(a) candidato(a), capacitado(a) para o exercício do cargo, observadas as informações prestadas por ele(a) no ato da inscrição; o resultado da qualificação biopsicossocial; a natureza das atribuições e das tarefas essenciais do cargo ou da função a desempenhar; a viabilidade das condições de acessibilidade e de adequações do ambiente de trabalho na execução das tarefas; a possibilidade de uso, pelo(a) candidato(a), de equipamentos ou outros meios que habitualmente utilize; e a CID e outros padrões reconhecidos nacional e internacionalmente.

12 - DAS VANTAGENS E BENEFÍCIOS
12.1 – Os(As) candidatos(as) que vierem a ser admitidos(as) farão jus à remuneração, às vantagens e aos benefícios que estiverem vigorando a época das respectivas admissões ou readmissões.
12.2 – Os(As) candidatos(as) que vierem a ser admitidos(as) poderão receber os seguintes benefícios: a) auxílio-creche ou auxílio-acompanhante (somente para empregada); b) assistência escolar; c) assistência multidisciplinar de saúde (médica, odontológica, psicológica e hospitalar); d) plano de previdência complementar.
12.3 – Além do salário básico, é previsto o pagamento de vantagens especificas, tais como: a) adicional de periculosidade, correspondente a 30% do salário, quando atuar em áreas onde se realizam atividades e operações perigosas; b) vantagens e adicionais específicos, quando em regime especial de trabalho (turno de revezamento, sobreaviso, trabalho em campo, etc); c) participação nos lucros, ser for o caso.

13 - DO CURSO DE FORMAÇÃO
13.1 – Os(As) candidatos(as) que vierem a ser admitidos(as) nos cargos de ENGENHEIROS(AS) JÚNIORES (todas as Áreas), OPERADOR(A) I, TÉCNICOS(AS): DE AUTOMAÇÃO I; DE FAIXA DE DUTOS I; DE INSPEÇÃO, EQUIPAMENTOS E INSTALAÇÃO I e DE SEGURANÇA I participarão do Curso de Formação, de caráter obrigatório e eliminatório.
13.2 - O Curso de Formação terá seu Plano de Desenvolvimento específico do qual constarão todas as informações, conteúdo programático das disciplinas, carga horária, esquema de avaliação de desempenho, regime disciplinar, entre outras que estarão disponíveis no início do Curso.
13.3 – Os(As) candidatos(as) que vierem a participar do Curso de Formação terão regime de dedicação integral, sendo obrigatória a freqüência às aulas e demais atividades descritas no Plano de Desenvolvimento do Curso. Cada Curso de Formação terá carga horária específica.
13.4 - O Curso de Formação contará com recursos didáticos necessários à plena realização das tarefas de cada disciplina nos seus aspectos teóricos e práticos.
13.5 - Serão eliminados(as) do Curso de Formação, os(as) candidatos(as) que não obtiverem média no módulo igual ou superior a 6,0 (seis) ou nota inferior a 3,0 (três) em qualquer das disciplinas ou, ainda, que infringirem as normas da Transpetro/Petrobras.
13.6 – O(A) candidato(a) que vier a ser desligado(a) do Curso de Formação, por qualquer motivo, terá, conseqüentemente, seu contrato de trabalho rescindido, ressalvada a exceção contida no subitem a seguir.
13.6.1 – O(A) participante que já era empregado(a) da Transpetro antes do início do Curso de Formação, e deste for desligado(a), manterá o vínculo empregatício com a Companhia, no mesmo cargo que ocupava quando ingressou no Curso.

14. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS
14.1 - Têm o mesmo valor do presente edital, as informações específicas sobre os conteúdos programáticos e cronograma de eventos básicos do processo seletivo público constantes no Roteiro do Candidato.
14.2 - Para atender a determinações governamentais ou a conveniências administrativas, a Transpetro poderá alterar o seu Plano de Administração de Cargos e Salários vigente. Todos os parâmetros considerados para as presentes instruções se referem aos termos dos Regulamentos em vigor. Qualquer alteração porventura ocorrida no atual sistema por ocasião da admissão dos(as) candidatos(as) significará, por parte destes(as), a integral e irrestrita adesão ao novo Sistema de Cargos e Salários.
14.3 - Caberá ao(à) candidato(a) selecionado(a) para prover vaga em localidade diversa de seu domicílio arcar com o ônus de sua mudança.
14.4 - Não será fornecido ao(à) candidato(a) qualquer documento comprobatório de classificação no processo seletivo público, valendo para este fim a homologação divulgada no Diário Oficial da União.
14.5 - Não haverá segunda chamada para qualquer etapa, avaliação ou procedimento pré-admissional do processo seletivo público e nenhum(a) candidato(a) poderá prestar provas, exames ou avaliações fora dos locais e horários predeterminados no respectivo Cartão de Confirmação de Inscrição ou nos avisos/convocações da FUNDAÇÃO CESGRANRIO ou da TRANSPETRO.
14.6 - O resultado final do processo seletivo público, nele incluindo-se apenas os(as) candidatos(as) aprovados(as), será divulgado por edital publicado no Diário Oficial da União.
14.7 - A realização das provas objetivas, discursiva e de títulos (as duas últimas apenas para o cargo de Advogado(a) Pleno), sua correção e análise dos recursos/revisões pertinentes são de exclusiva responsabilidade da FUNDAÇÃO CESGRANRIO, não cabendo à Transpetro, em hipótese alguma, examinar ou decidir sobre os mesmos.
14.8 - A classificação no presente processo seletivo público não assegura ao(à) candidato(a) o direito ao ingresso automático na Transpetro, no cargo/pólo trabalho/localidade para o qual concorreu, mas apenas a expectativa de ser admitido(a), segundo a rigorosa ordem de classificação na localidade.
14.9 - A inexatidão de declarações e/ou a irregularidade de documentos, ainda que verificadas posteriormente, importarão insubsistência de inscrição, nulidade da aprovação ou habilitação e perda dos direitos decorrentes, sem prejuízo das cominações legais aplicáveis.
14.10 - A inscrição importará aceitação das condições contidas neste edital, incluindo seus Anexos e no Roteiro do Candidato, que constituem partes integrantes das normas que regem o presente processo seletivo público.
14.11 - É de inteira responsabilidade do(a) candidato(a) acompanhar a publicação de todos os atos, editais e comunicados referentes a este processo seletivo público no Diário Oficial da União, os quais também serão divulgados na Internet no endereço eletrônico da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br).
14.12 – O(A) candidato(a) convocado(a) para a realização de qualquer etapa ou fase do processo seletivo público e que não atendê-la no prazo estipulado pela Transpetro será considerado(a) desistente, sendo automaticamente excluído(a) do processo seletivo público e do cadastro de reservas.
14.13 - Todas as despesas decorrentes da participação em qualquer etapa ou fase do processo seletivo público serão de inteira responsabilidade do(a) candidato(a).
14.14 - Todos os parâmetros considerados para as presentes instruções se baseiam nas normas e procedimentos internos da Transpetro em vigor nesta data. A participação do(a) candidato(a) neste processo seletivo público implica sua integral e irrestrita adesão a qualquer alteração que venha a ocorrer em conseqüência de determinações governamentais ou administrativas.
14.15 – Os casos omissos serão resolvidos pela FUNDAÇÃO CESGRANRIO em conjunto com a Transpetro.





ORLANDO LUIZ ORLANDI

GERENTE DE RECURSOS HUMANOS
ANEXO I

QUADRO DE CARGOS/VAGAS NO CADASTRO DE RESERVAS/CÓDIGO/PÓLO DE TRABALHO/LOCALIDADE E CIDADE DE PROVAS

NÍVEL SUPERIOR

CARGO CADASTRO DE RESERVAS CÓDIGO PÓLO DE TRABALHO LOCALIDADE CIDADE DE PROVAS
ADMINISTRADOR(A) JÚNIOR 45 AA 41 ESTADO DO RIO DE JANEIRO RIO DE JANEIRO/RJ OU CAMPOS ELÍSEOS/RJ RIO DE JANEIRO/RJ
20 AA 31 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PORTO ALEGRE/RS OU OSÓRIO/RS PORTO ALEGRE/RS
30 AA 43 ESTADO DA BAHIA SALVADOR/BA OU MADRE DE DEUS/BA SALVADOR/BA
ADMINISTRADOR(A) PLENO 25 AB 41 ESTADO DO RIO DE JANEIRO RIO DE JANEIRO/RJ OU CAMPOS ELÍSEOS/RJ RIO DE JANEIRO/RJ
ADVOGADO(A) PLENO 30 AC 41 ESTADO DO RIO DE JANEIRO RIO DE JANEIRO/RJ OU CAMPOS ELÍSEOS/RJ RIO DE JANEIRO/RJ
20 AC 50 ESTADO DE SÃO PAULO SÃO PAULO/SP OU SÃO CAETANO DO SUL/SP SÃO PAULO/SP
20 AC 43 ESTADO DA BAHIA SALVADOR/BA OU MADRE DE DEUS/BA SALVADOR/BA
20 AC 37 ESTADO DE PERNAMBUCO RECIFE/PE RECIFE/PE
20 AC 11 ESTADO DE SANTA CATARINA FLORIANÓPOLIS/SC OU SÃO FRANCISCO DO SUL/SC FLORIANÓPOLIS/SC
ANALISTA DE SISTEMAS JÚNIOR 50 AD 41 ESTADO DO RIO DE JANEIRO RIO DE JANEIRO/RJ OU CAMPOS ELÍSEOS/RJ RIO DE JANEIRO/RJ
20 AD 50 ESTADO DE SÃO PAULO SÃO PAULO/SP OU SÃO CAETANO DO SUL/SP SÃO PAULO/SP
20 AD 38 ESTADO DE PERNAMBUCO RECIFE/PE OU IPOJUCA/PE RECIFE/PE
ANALISTA DE SISTEMAS PLENO 20 AE 41 ESTADO DO RIO DE JANEIRO RIO DE JANEIRO/RJ OU CAMPOS ELÍSEOS/RJ RIO DE JANEIRO/RJ
ANALISTA FINANCEIRO JÚNIOR 28 AF 41 ESTADO DO RIO DE JANEIRO RIO DE JANEIRO/RJ OU CAMPOS ELÍSEOS/RJ RIO DE JANEIRO/RJ
ANALISTA FINANCEIRO PLENO 20 AG 41 ESTADO DO RIO DE JANEIRO RIO DE JANEIRO/RJ OU CAMPOS ELÍSEOS/RJ RIO DE JANEIRO/RJ
ASSISTENTE SOCIAL JÚNIOR 20 AH 41 ESTADO DO RIO DE JANEIRO RIO DE JANEIRO/RJ OU CAMPOS ELÍSEOS/RJ RIO DE JANEIRO/RJ
20 AH 25 ESTADO DO AMAZONAS MANAUS/AM OU COARI/AM MANAUS/AM
20 AH 35 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PORTO ALEGRE/RS OU TRAMANDAÍ/RS PORTO ALEGRE/RS
20 AH 38 ESTADO DE PERNAMBUCO RECIFE/PE OU IPOJUCA/PE RECIFE/PE
ASSISTENTE SOCIAL PLENO 20 AI 69 ESTADO DO ESPÍRITO SANTO VITÓRIA/ES OU LINHARES/ES OU REGÊNCIA/ES VITÓRIA/ES
20 AI 11 ESTADO DE SANTA CATARINA FLORIANÓPOLIS/SC OU SÃO FRANCISCO DO SUL/SC FLORIANÓPOLIS/SC
BIBLIOTECÁRIO(A) JÚNIOR 15 AJ 41 ESTADO DO RIO DE JANEIRO RIO DE JANEIRO/RJ OU CAMPOS ELÍSEOS/RJ RIO DE JANEIRO/RJ
CONTADOR(A) JÚNIOR – ÁREA AUDITORIA INTERNA 25 AM 41 ESTADO DO RIO DE JANEIRO RIO DE JANEIRO/RJ OU CAMPOS ELÍSEOS/RJ RIO DE JANEIRO/RJ


CARGO CADASTRO DE RESERVAS CÓDIGO PÓLO DE TRABALHO LOCALIDADE CIDADE DE PROVAS
CONTADOR(A) JÚNIOR - ÁREA CONTÁBIL 46 AL 41 ESTADO DO RIO DE JANEIRO RIO DE JANEIRO/RJ OU CAMPOS ELÍSEOS/RJ RIO DE JANEIRO/RJ
20 AL 25 ESTADO DO AMAZONAS MANAUS/AM OU COARI/AM MANAUS/AM
20 AL 43 ESTADO DA BAHIA SALVADOR/BA OU MADRE DE DEUS/BA SALVADOR/BA
ECONOMISTA JÚNIOR 28 AN 41 ESTADO DO RIO DE JANEIRO RIO DE JANEIRO/RJ OU CAMPOS ELÍSEOS/RJ RIO DE JANEIRO/RJ
ENFERMEIRO(A) JÚNIOR 20 AO 21 ESTADO DO RIO DE JANEIRO MACAÉ/RJ MACAÉ/RJ
20 AO 50 ESTADO DE SÃO PAULO SÃO PAULO/SP OU SÃO CAETANO DO SUL/SP SÃO PAULO/SP
20 AO 38 ESTADO DE PERNAMBUCO RECIFE/PE OU IPOJUCA/PE RECIFE/PE
20 AO 34 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PORTO ALEGRE/RS OU RIO GRANDE/RS PORTO ALEGRE/RS
20 AO 07 ESTADO DA PARAÍBA CABEDELO/PB JOÃO PESSOA/PB
20 AO 24 ESTADO DO AMAZONAS MANAUS/AM MANAUS/AM
ENFERMEIRO(A) PLENO 20 AP 41 ESTADO DO RIO DE JANEIRO RIO DE JANEIRO/RJ OU CAMPOS ELÍSEOS/RJ RIO DE JANEIRO/RJ
20 AP 60 ESTADO DE SÃO PAULO SÃO SEBASTIÃO/SP SANTOS/SP
20 AP 43 ESTADO DA BAHIA SALVADOR/BA OU MADRE DE DEUS/BA SALVADOR/BA
20 AP 16 ESTADO DE GOIÁS GOIÂNIA/GO OU SENADOR CANEDO/GO GOIÂNIA/GO
20 AP 10 ESTADO DO PARANÁ CURITIBA/PR OU PARANAGUÁ/PR CURITIBA/PR
ENGENHEIRO(A) JÚNIOR - ÁREA ANÁLISE DE PROJETOS DE INVESTIMENTO 20 AQ 41 ESTADO DO RIO DE JANEIRO RIO DE JANEIRO/RJ OU CAMPOS ELÍSEOS/RJ RIO DE JANEIRO/RJ
ENGENHEIRO(A) JÚNIOR - ÁREA AUTOMAÇÃO 10 AR 40 ESTADO DO RIO DE JANEIRO RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ
10 AR 63 ESTADO DE GÓIAS SENADOR CANEDO/GO GOIÂNIA/GO
ENGENHEIRO(A) JÚNIOR - ÁREA CIVILcontinua 50 AS 41 ESTADO DO RIO DE JANEIRO RIO DE JANEIRO/RJ OU CAMPOS ELÍSEOS/RJ RIO DE JANEIRO/RJ
20 AS 01 ESTADO DO RIO DE JANEIRO ANGRA DOS REIS/RJ RIO DE JANEIRO/RJ
20 AS 24 ESTADO DO AMAZONAS MANAUS/AM MANAUS/AM
20 AS 37 ESTADO DE PERNAMBUCO RECIFE/PE RECIFE/PE
20 AS 13 ESTADO DE SANTA CATARINA FLORIANÓPOLIS/SC OU SÃO FRANCISCO DO SUL/SC OU ITAJAÍ/SC OU JOINVILLE/SC FLORIANÓPOLIS/SC
50 AS 53 ESTADO DE SÃO PAULO SÃO PAULO/SP OU SÃO CAETANO DO SUL/SP OU GUARAREMA/SP SÃO PAULO/SP


CARGO CADASTRO DE RESERVAS CÓDIGO PÓLO DE TRABALHO LOCALIDADE CIDADE DE PROVAS
continuaçãoENGENHEIRO(A) JÚNIOR - ÁREA CIVIL 10 AS 16 ESTADO DE GOIÁS GOIÂNIA/GO OU SENADOR CANEDO/GO GOIÂNIA/GO
20 AS 15 ESTADO DO CEARÁ FORTALEZA/CE FORTALEZA/CE
32 AS 43 ESTADO DA BAHIA SALVADOR/BA OU MADRE DE DEUS/BA SALVADOR/BA
20 AS 21 ESTADO DO RIO DE JANEIRO MACAÉ/RJ MACAÉ/RJ
25 AS 62 ESTADO DE SÃO PAULO SÃO SEBASTIÃO/SP OU UBATUBA/SP SANTOS/SP
20 AS 47 ESTADO DE SÃO PAULO SANTOS/SP SANTOS/SP
20 AS 06 DISTRITO FEDERAL BRASÍLIA/DF GOIÃNIA/GO
20 AS 68 ESTADO DO ESPIRÍTO SANTO VITÓRIA/ES VITÓRIA/ES
20 AS 10 ESTADO DO PARANÁ CURITIBA/PR OU PARANAGUÁ/PR CURITIBA/PR
ENGENHEIRO(A) JÚNIOR - ÁREA ELÉTRICA 20 AT 41 ESTADO DO RIO DE JANEIRO RIO DE JANEIRO/RJ OU CAMPOS ELÍSEOS/RJ RIO DE JANEIRO/RJ
10 AT 63 ESTADO DE GÓIAS SENADOR CANEDO/GO GOIÂNIA/GO
ENGENHEIRO(A) JÚNIOR - ÁREA ELETRÔNICA 20 AX 41 ESTADO DO RIO DE JANEIRO RIO DE JANEIRO/RJ OU CAMPOS ELÍSEOS/RJ RIO DE JANEIRO/RJ
ENGENHEIRO(A) JÚNIOR - ÁREA MECÂNICAcontinua 65 AZ 41 ESTADO DO RIO DE JANEIRO RIO DE JANEIRO/RJ OU CAMPOS ELÍSEOS/RJ RIO DE JANEIRO/RJ
20 AZ 01 ESTADO DO RIO DE JANEIRO ANGRA DOS REIS/RJ RIO DE JANEIRO/RJ
10 AZ 06 DISTRITO FEDERAL BRASÍLIA/DF GOIANIA/GO
20 AZ 14 ESTADO DE SANTA CATARINA FLORIANÓPOLIS/SC OU SÃO FRANCISCO DO SUL/SC OU JOINVILLE /SC FLORIANÓPOLIS/SC
48 AZ 59 ESTADO DE SÃO PAULO SÃO PAULO/SP OU SÃO CAETANO DO SUL/SP OU GUARULHOS/SP OU GUARAREMA/SP OU RIBEIRÃO PRETO/SP SÃO PAULO/SP
10 AZ 16 ESTADO DE GOIÁS GOIÂNIA/GO OU SENADOR CANEDO/GO GOIÂNIA/GO
20 AZ 37 ESTADO DE PERNAMBUCO RECIFE/PE RECIFE/PE
20 AZ 29 ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE NATAL/RN OU MOSSORÓ/RN NATAL/RN
20 AZ 36 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PORTO ALEGRE/RS OU TRAMANDAÍ/RS OU OSÓRIO/RS PORTO ALEGRE/RS
20 AZ 15 ESTADO DO CEARÁ FORTALEZA/CE FORTALEZA/CE
30 AZ 68 ESTADO DO ESPÍRITO SANTO VITÓRIA/ES VITÓRIA/ES
20 AZ 10 ESTADO DO PARANÁ CURITIBA/PR OU PARANAGUÁ/PR CURITIBA/PR


CARGO CADASTRO DE RESERVAS CÓDIGO PÓLO DE TRABALHO LOCALIDADE CIDADE DE PROVAS
continuaçãoENGENHEIRO(A) JÚNIOR - ÁREA MECÂNICA 40 AZ 45 ESTADO DA BAHIA SALVADOR/BA OU MADRE DE DEUS/BA OU ITABUNA/BA SALVADOR/BA
20 AZ 21 ESTADO DO RIO DE JANEIRO MACAÉ/RJ MACAÉ/RJ
20 AZ 62 ESTADO DE SÃO PAULO SÃO SEBASTIÃO/SP OU UBATUBA/SP SANTOS/SP
20 AZ 25 ESTADO DO AMAZONAS MANAUS/AM OU COARI/AM MANAUS/AM
20 AZ 47 ESTADO DE SÃO PAULO SANTOS/SP SANTOS/SP
ENGENHEIRO(A) JÚNIOR – ÁREA MEIO AMBIENTE 20 BA 24 ESTADO DO AMAZ

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)