Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

14/12/2004 15:26

Concurso de admissão aos programas de residência médica

AERONÁUTICA - CONCURSO DE ADMISSÃO AOS PROGRAMAS DE RESIDÊNCIA MÉDICA DO HOSPITAL CENTRAL


EDITAL DE 13 DE DEZEMBRO DE 2004

O Diretor do Hospital Central da Aeronáutica torna público que, no período de 13 a 23 de dezembro de 2004, estarão abertas as inscrições para o Concurso de Seleção de Candidatos aos Programas de Residência Médica (PRM) do Hospital Central da Aeronáutica (HCA), credenciado junto à Comissão Nacional de Residência Médica, doravante denominado apenas como Concurso.

1 a CLÁUSULA - VAGAS

O Concurso será destinado ao preenchimento das vagas abertas para os seguintes programas:

ESPECIALIDADES -VAGAS

CLINICA MEDICA - 05

CIRURGIA GERAL - 03

GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA - 03

PEDIATRIA - 02

UROLOGIA - 01

OFTALMOLOGIA - 01

MEDICINA - 01

GASTROENTEROLOGIA- 01

TOTAL= 17

2 a CLÁUSULA - INSCRIÇÕES:

2.1 - A inscrição é obrigatória e será aberta a candidatos de ambos os sexos, em nível nacional, de acordo com as instruções para o Concurso.

Local da Inscrição: Divisão de Ensino e Pesquisa (DEP) do Hospital Central da Aeronáutica, situado a Rua Barão de Itapagipe, N° 167, Rio Comprido - Rio de Janeiro, RJ, Telefone (21) 2563-3271 e 2563-3272.

Período de Inscrição: 13 de dezembro de 2004 a 23 de dezembro de 2004, exceto aos sábados e domingos.

Horário de Inscrição: 2 a a 5 a feira das 08:30 h às 15:30 h e 6 a feira das 08:30 h às 11:30 h.

2.2 - São condições necessárias à inscrição:

a - Ser brasileiro(a) nato(a), naturalizado(a) ou estrangeiro(a) residente em situação regular no país;

b - Ser médico(a) formado(a) ou estar cursando o último período do curso de graduação em medicina, em escola ou faculdade reconhecida pelo Ministério da Educação e do Desporto;

c - Estar registrado(a) no Órgão Fiscalizador da profissão (CRM), se já formado;

d - Não estar condenado em processo judicial;

e - Se militar das Forças Armadas deverá optar por um dos vínculos salariais.

f - Se militar de carreira ou convocado nas Forças Armadas ou das Forças Auxiliares, permissão por escrito do Comandante, para a realização do Concurso, e em caso de aprovação, também será necessária a aprovação do Comandante para a realização da Residência Médica;

g - Estar em perfeitas condições de saúde física e mental, e não ser portador de nenhuma deficiência física que o impeça de exercer a atividade médica, se aprovado e selecionado para matrícula.

2.3 - Documentação Exigida:

No ato da inscrição o candidato deverá apresentar a seguinte documentação:

a - Original e fotocópia da carteira de identidade ou de estrangeiro;

b - Original e fotocópia do título de eleitor e do comprovante de votação da última eleição ou correspondente justificação (brasileiros);

c - Original e fotocópia do cartão de inscrição no cadastro de identificação de contribuintes (CIC);

d - Original e fotocópia do certificado de reservista ou prova de estar em dia com as obrigações militares (brasileiro do sexo masculino);

e - Original e fotocópia de inscrição no Conselho Regional de Medicina (CRM) ou original e fotocópia do diploma de médico expedido no país ou reconhecido pelo Ministério da Educação, ou original e fotocópia de declaração emitida pela faculdade de medicina, que comprove freqüência regular no último período do internato e que o curso de graduação em medicina estará concluído até a data da matrícula;

f - Uma fotografia 3x4, recente;

g - Apresentar o comprovante original de pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 100,00 (cem reais), recolhido ao Banco do Brasil, Agência 4201-3, Conta-Corrente 170500-8, Código Identificador 120040.12901.030-X, que ficará retido;

h - Para os candidatos estrangeiros, com diploma expedido no exterior, deverá ser exigido o diploma de Médico, autenticado pelo consulado do país de origem e a autorização do Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (CREMERJ) para cursar o PRM.

2.4 - Será admitida a inscrição por terceiros, mediante procuração com poderes específicos, e a apresentação de cópias autenticadas de todos os documentos exigidos, o comprovante original de pagamento da taxa de inscrição, cabendo ao candidato total responsabilidade por qualquer erro ou incorreção no preenchimento da ficha de inscrição;

2.5 - Não haverá isenção parcial ou total do pagamento da taxa de inscrição.

2.6 - O valor referente ao pagamento da taxa de inscrição não será devolvido, se a inscrição vier a ser cancelada por inobservância das prescrições deste Edital.

3 a CLÁUSULA - DO CONCURSO

3.1 - O concurso será constituído das seguintes etapas:

1 a fase - Prova escrita (PE): às 08:00 horas do dia 4 de janeiro de 2005.
Local: Divisão de Ensino e Pesquisa;

2 a fase - Prova prático-oral (PPO): às 08:00 horas dos dias12 e 13 de janeiro de 2005.
Local: Divisão de Ensino e Pesquisa; consistirá em questões orais, avaliação de casos clínicos e exame físico de pacientes.

3.2 - A prova Escrita (PE) e a prova prático-oral (PPO) terão caráter eliminatório e classificatório.

3.3 - Não será permitida a entrada para qualquer etapa do Concurso, o candidato que estiver trajado com short, bermuda, chinelo e mini saia.

4 a CLÁUSULA - PROVA ESCRITA (PE)

4.1 A prova escrita (PE) terá como propósito verificar a formação básica e profissional do candidato e
constará de 100 (cem) questões, sendo 20 (vinte) de Clínica Médica (CM), 20 (vinte) de Cirurgia Geral (CG), 20 (vinte) de Obstetrícia e Ginecologia (OG), 20 (vinte) de Pediatria (PED) e 20 (vinte) de Medicina Social e Preventiva (MSP).Para as especialidades que tenham como pré-requisito uma residência médica anterior, as questões serão divididas da seguinte maneira:

- Urologia: 60 questões de Cirurgia Geral e 10 questões de cada uma das demais especialidades (CM, OG, PED e MSP);

- Medicina Intensiva: 60 questões de Clínica Médica e 10 de cada uma das demais especialidades (CG, OG, PED e MSP);

- Gastroenterologia: 60 questões de Clínica Médica e 10 de cada uma das demais especialidades (CG, OG, PED e MSP).

4.2 - As questões serão elaboradas de acordo com os programas anexos às instruções para o concurso que constam do manual do candidato;

4.3 - Para a elaboração da PE será constituída banca examinadora designada pela Divisão de Ensino e Pesquisa do Hospital Central da Aeronáutica;

4.4 Será admitido recurso contra o gabarito oficial da prova escrita, conforme previsto na 5ª Cláusula, abaixo;

4.5 - O candidato deverá chegar ao local designado para a prova com 01 (uma) hora de antecedência;

4.6 - Não será admitida em hipótese alguma, o ingresso do candidato no local da prova após o horário fixado para o seu início;

4.7 - O candidato deverá transcrever as respostas para a Folha de Respostas que é o único documento válido para a correção, com caneta esferográfica azul ou preta;

4.8 Não será permitida durante a realização das provas, a comunicação entre os candidatos, bem como a utilização de celulares, máquinas calculadoras, livros, anotações, impressos ou qualquer outro material de consulta;

4.9 - Não haverá segunda chamada para qualquer prova ou etapa do concurso;

4.10 - Não será permitido ao candidato retirar-se do local da prova, sem autorização do fiscal;

4.11 - A duração da prova será de 04:30 h (quatro horas e trinta minutos);

4.12 - Será obrigatório a apresentação de documento de identidade e a assinatura da Lista de Presença;

4.13 Será eliminado sumariamente do concurso e suas provas não serão levadas em consideração, o candidato que:

a - Deixar de comparecer no dia e hora determinados, a qualquer dos eventos programados, ainda que por motivo de força maior ou caso fortuito;

b - Der ou receber auxílio para a execução da prova escrita;

c - Utilizar-se de livros, notas e documentos não expressamente autorizados;

d - Desrespeitar qualquer prescrição lida por um dos fiscais antes das provas, relativa à sua execução;

e - Escrever o nome ou introduzir marcas identificadora em lugar que não o determinado para esse fim no questionário de prova ou na folha resposta;
f - Tratar de modo descortês ou desrespeitoso qualquer fiscal de prova ou cometer ato grave de indisciplina;

g - Utilizar qualquer meio de comunicação durante a realização das provas, tais como telefone celular, pager, bip ou similar;

h - A burla ou tentativa de burla às normas para a realização das provas ou de qualquer etapa do concurso.

5ª CLÁUSULA - DOS RECURSOS

5.1 - Serão admitidos recursos contra o gabarito oficial da prova escrita, uma única vez, e de conformidade com os subitens abaixo especificados, sob pena de serem preliminarmente indeferidos;

5.2 - Os recursos deverão ser datilografados ou digitados, constando o nome, o número de inscrição e a assinatura do candidato;

5.3 - Deverão ser feitos em folhas separadas para questões diferentes;

5.4 - Deverá constar o número da questão, a resposta marcada pelo candidato e a resposta do gabarito oficial divulgado pelo HCA;

5.5 - Deverá ser entregue pessoalmente na Secretaria da Divisão de Ensino e Pesquisa, no prazo máximo de 72 (setenta e duas) horas após a divulgação do gabarito oficial, no horário das 08:30 às 15:30 horas de 2ª a 5ª feiras e de 08:30 as 11:30horas às 6ª feiras;

5.6 - Não serão aceitos recursos via fax, por correio eletrônico ou interposto por procurador;

5.7 - Deverá ser indicada a fonte de consulta e/ou a bibliografia para a questão em discussão e sempre que possível anexar cópia da página que contenha o assunto;

5.8 - Se do exame dos recursos, resultar anulação da questão, os pontos correspondentes serão atribuídos a todos os candidatos, independentemente de terem ou não interposto recurso

5.9 - Se houver alteração do gabarito oficial, por força das impugnações, o novo gabarito será divulgado e as provas serão corrigidas de acordo com o mesmo;

5.10 - Não serão aceitos recursos contra a Prova Oral.

6ª CLÁUSULA - PROVA PRÁTICA-ORAL (PPO)

6.1.1 - A PPO consistirá em questões orais, avaliação de casos clínicos, exame físico de pacientes e interpretação de exames complementares;

6.1.2 - Os candidatos convocados para a realização da PPO deverão comparecer na data, horário e local determinados pela Divisão de Ensino e Pesquisa;

6.1.3 - O não comparecimento implicará na eliminação do curso;

6.1.4 A prova prática-oral será realizada na cidade do Rio de Janeiro em local determinado pela Divisão de Ensino e Pesquisa (DEP), observando-se o programa anexo às instruções para o concurso e terá como propósito avaliar o conhecimento profissional do candidato e seu desempenho profissional na prática.
6.1.5 - Para a realização da PPO serão constituídas bancas examinadoras designadas pela Divisão de Ensino e Pesquisa (DEP) que baixará as instruções pertinentes.

7 a CLÁUSULA - DOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO

7.1 - 1ª FASE - PROVA ESCRITA (PE)

7.1.1 - A nota da PE será calculada pelo total de questões da Folha de Resposta concordantes com o gabarito oficial da respectiva prova;

7.1.2 - Serão eliminados do concurso os candidatos que não acertarem pelo menos 50 % (cinqüenta por cento) do total de questões da PE;

7.1.3 - O gabarito oficial da prova escrita será afixado na Portaria da Unidade de Pacientes Internos (UPI) do HCA, no mesmo dia da prova, a partir das 13:00 horas;

7.1.4 Depois de analisados os recursos, será divulgado um gabarito oficial definitivo e a relação nominal dos candidatos em ordem decrescente de notas;

7.1.5 - Dentre os candidatos aprovados, serão convocados para a realização da Prova Oral os melhores classificados, em ordem decrescente de nota, até 03 (três) vezes o número de vagas para a especialidade escolhida. Caso haja desistências, poderá ser chamado para a realização da PO e preenchimento das vagas disponíveis até o último candidato aprovado na PE.
7.2 - 2ª FASE - PROVA PRÁTICA-ORAL (PPO)

7.2.1 - Serão eliminados do concurso os candidatos que não acertarem pelo menos 50 % (cinqüenta por cento) do total de questões da PPO.

7.3 - CLASSIFICAÇÃO FINAL

7.3.1 - A classificação final para cada PRM será obtida pela ordem decrescente de médias finais (MF) obtidas pelos candidatos, calculadas pela seguinte fórmula:

MF= PE + PPO
2
Onde: MF=Média Final

PE =Prova Escrita

PPO=Prova Prático-Oral.

7.3.2 - O critério de classificação será o da maior média final, preenchendo-se as vagas em ordem decrescente de notas;

7.3.3 - Em caso de empate pela MF, será adotado o seguinte critério de desempate:

a - Maior nota na PE e

b - Maior idade.

7.3.4 O candidato aprovado se for convocado para o Serviço Militar perderá a vaga no PRM, não sendo permitido o trancamento da matrícula e reserva da vaga.

8ª CLÁUSULA MATRÍCULA E VERIFICAÇÃO DE DOCUMENTOS

8.1 - A matrícula dos candidatos aprovados no PRM será feita no Hospital Central da Aeronáutica, na Divisão de Ensino e Pesquisa (DEP) em data e horário determinado, e o não comparecimento implica automaticamente na desistência do PRM;

8.2 - No caso de desistência do candidato aprovado e convocado para matrícula, será convocado o candidato seguinte aprovado na ordem de classificação decrescente de média por especialidade, até que sejam completadas as vagas oferecidas, respeitando-se o disposto no subitem 9.5.

8.3 Por ocasião da matrícula deverão ser apresentados os originais dos documentos exigidos no ato da inscrição;

8.4 O candidato selecionado, que ainda não o tenha feito, terá um prazo de 30 (trinta) dias a partir da data de início do PRM para apresentar o seu registro no Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (CREMERJ) e o diploma de médico, devidamente gistrado no Ministério da Educação. Findo este prazo, os que não cumprirem estas exigências serão excluídos do PRM;
8.5 - A não apresentação de qualquer documento nos prazos previstos nos subitens 8.2 e 8.3, bem como qualquer irregularidade constatada em qualquer etapa do concurso, implicará em insubsistência da inscrição, eliminação do concurso e perda dos direitos decorrentes, sem prejuízo das sanções penais aplicáveis à falsidade de declaração, conforme o estabelecido no parágrafo único,do Art. 68, do Decreto-Lei nº 3.688/41 - Lei das Contravenções Penais.

9ª CLÁUSULA - DISPOSIÇÕES FINAIS

9.1 - De acordo com o Ofício Circular Nº 078/2002 MEC/Sesu/GAB/CNRM, não serão reservadas vagas para os candidatos aprovados e convocados para prestar o serviço militar.

9.2 - O candidato aprovado terá um prazo de 02 (dois) dias úteis, a partir da data estipulada para início do PRM, para se apresentar ao HCA, findo o qual será excluído do programa.

9.3 - Em caso de aplicação do subitem 9.2, serão convocados os candidatos aprovados que se seguirem na ordem de classificação decrescente de média por especialidade do concurso, tendo estes o prazo de 02 (dois) dias úteis, a partir da convocação, para a sua apresentação;

9.4 - Todas as etapas do concurso nacional serão realizadas na Cidade do Rio de Janeiro;

9.5 - O prazo de validade do concurso terminará em 60 (sessenta) dias a partir da data de início dos PRM;

9.6 -Todas as demais obrigações serão ajustadas pelas partes e respectivas penalidades na Minuta de Contrato, no período de matrícula.

9.7 - As referências bibliográficas utilizadas para a PE e PPO do Concurso de Seleção aos Programas de Residência Médica (PRM), serão entregues aos candidatos no ato da inscrição;

9.8 - A inscrição no concurso implica no compromisso tácito, por parte do(a) candidato(a) de aceitar as condições estabelecidas, das quais não poderá ser alegado desconhecimento, não cabendo ao candidato direito de recurso para obter qualquer compensação pela sua eliminação, ou por quaisquer das razões previstas neste Edital;

9.9 - Não serão fornecidas informações por telefone sobre o gabarito oficial da prova escrita, notas, resultados das provas e classificação;

9.10 - Os casos omissos serão resolvidos pelo Diretor do Hospital Central da Aeronáutica, em consonância com as normas emanadas pela Comissão Nacional de Residência Médica do Ministério da Educação.

CONCURSO DE ADMISSÃO AOS PROGRAMAS DE RESIDÊNCIA MÉDICA

PRM - HCA - 2005 - CRONOGRAMA DE EVENTOS

DATA / HORA / LOCAL / EVENTO:

13/12/04; 2ªf; 08:30 às 15:30 h; DEP - HCA; INICIO DO PRAZO DE INSCRIÇÕES

23/12/04 - 5ªf; 08:30 às 15:30 h; DEP - HCA; TÉRMINO DO PRAZO DE INSCRIÇOES

04/01/05 - 3ªf; 08:00 às 12:30 h; DEP - HCA; PROVA ESCRITA

04/01/05 - 3ªf; 13:00 h; PORTARIA DA UPI (UNIDADE DE PACIENTES INTERNOS); DIVULGAÇÃO DO GABARITO OFICIAL

04/01/05 - 3ªf; 13:00 h; DEP - HCA; INICIO DO PRAZO PARA A ENTRADA DE RECURSOS

07/01/05 - 6ªf; 11:30 h; DEP - HCA; TÉRMINO DO PRAZO PARA A ENTRADA DE RECURSOS

10/01/05 - 2ªf; 13:00 h; DEP - HCA; DIVULGAÇÃO DO NOVO GABARITO OFICIAL, APÓS AVALIAÇÃO DOS RECURSOS, DIVULGAÇÃO DA RELAÇÃO NOMINAL DOS CANDIDATOS CLASSIFICADOS E CHAMADA PARA A PROVA ORAL

12 e 13/01/05 4ªf e 5ªf; 08:00 h; DEP - HCA; PROVA ORAL

14/01/05; 5ªf; 10:00 h; PORTARIA DA UPI; DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS, CLASSIFICAÇÃO FINAL E (UNIDADE DE PACIENTES INTERNOS); RELAÇÃO DOS CANDIDATOS CIONADOS PARA A MATRÍCULA

24 e 25/01/05 2ªf e 3ªf; 08:30 às 15:30 h; DEP - HCA; MATRÍCULA DOS SELECIONADOS

01/02/05 - 3ªf; 08:00 h; DEP HCA; INÍCIO DOS PROGRAMAS DE RESIDÊNCIA MÉDICA

BIBLIOGRAFIA - CONCURSO RESIDÊNCIA MÉDICA- HCA - 2005

CLÍNICA MÉDICA

FAUCI; BRAUNWALD, ISSELBACHER; WILSON; MARTIN. Medicina Interna , Vol .1e 2, 15 ed São Paulo: MacGraw Hill , 2002;

GOLDMANN, Benett. Cecil Textbook of Medicine.21. ed

Philadelphia : W . B. Saunders , 2000

TIERNEY Jr. L, M ;M.C PHEE , S. S. J. PAPADAKIS , M. A. Current Medical Diagnosis & Treatment . 41 ed. São Paulo Mac Graw Hill , 2002

OBSTETRÍCIA E GINECOLOGIA

REZENDE, JORGE DE. Obstetrícia. 8 a ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1998.
OLIVEIRA, H.C; LEMGRUBER, I. Tratado de Ginecologia da FEBRASCO. 1ª ed. Rio de Janeiro: Revinter, 2000.
BEREK, J. S. et al. Novak ´ s Gynecology. 12. ed. Baltimore: W illiams & Wilkins, 1996.
BLAND, K.I.; COPELAND III, E.M. The Breast. Comprehensive Management of Benign and Malignant Diseases. 2 ed. Philadelphia: W.B. Saunders, 1998.
ROCK, J.A.; THOMPSON, J.D. Te Lind s Operative Gynecology. 8 ed. Philadelphia: Lippincott-Raven, 1998.
PEDIATRIA

AVERY, Gordon b. Neonatologia. 4 ed Rio de Janeiro, Editora Médica e Científica, 1999,

BELIVACQUA, Corrêa C. Emergências Pediátricas. 2 ed. Rio de Janeiro: Atheneu, 2000,

CARVALHO, Werther B. Terapia Intensiva Pediátrica. 2 ed. Rio de Janeiro: Atheneu, 1997,

FAHRA, Cahl K. Infectologia Pediátrica. 2 ed. São Paulo, Atheneu. 1998

PERNETTA, César. Semiologia Pediátrica. 5 ed. Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, 1990,

NELSON. Tratado de Pediatria. 15 ed. Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, 1997,

MEDICINA PREVENTIVA E SOCIAL

ROUQUAYROL, M. Zelia. Epidemiologia e Saúde. 6 a ed. MEDSI 2003

FLETCHER, Robert H. Epidemiologia Clínica Elementos Essenciais. 3 a ed. ARTMED 2003

CIRURGIA GERAL

TOWSEND, C.M. et al. Sabiston´s Textbook of Surgery. The biological basis of modern surgical practice. 16. ed. Philadelphia: W.B. Saunders 2001.
VIEIRA, O. M. et al. Clínica Cirúrgica - Fundamentos Teóricos e Práticos. Vol I e II. 1 a ed. São Paulo: Atheneu, 2000.
VINHAES, J. C. Clínica e Terapêutica Cirúrgicas. 1 a ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1997.
PROGRAMA DE MATÉRIAS

Abdômen agudo

Abortamento

Acidente, violência contra a criança e o adolescente e politraumatismo

Afecções ano-retais

Afeccões cirúrgicas do tubo digestivo

Afecções oculares

AIDS

Aleitamento materno

Amenorréia

Amiloidose

Anafilaxia

Anatomia e Embriologia da mama

Anatomia e Embriologia do aparelho genital feminino

Anemias

Antibioticoterapia

Anticoncepção

Apresentações anômalas na gravidez

Arritmias cardíacas

Artrites e artroses

Asma

Aterosclerose e outras formas de arteriosclerose

Câncer de mama

Câncer de testículo e doenças trofoblásticas

Câncer de Pulmão

Cardiopatias congênitas

Choque

Climatério e menopausa

Colagenoses

Coma

Controle e condutas nas infecções hospitalares

Cor pulmonale

Crescimento e desenvolvimento. Puberdade normal

Deficiências imunológicas 1ª e 2ª

Demências

Descolamento prematuro de placenta

Desordens endócrinas

Desordens nutricionais

Determinação social da doença

Diabetes mellitus

Diarréias agudas e crônicas

Dismenorréia

Distúrbios da coagulação

Distúrbios da motilidade do tubo digestivo
Distúrbios do movimento

Distúrbios hidroeletrolíticos e ácido-base

Ditúrbios de sistema reprodutor

Doença cérebro vascular

Doença de Legg - Perthes - Calvé

Doença de Parkinson

Doença diverticular

Doença hemolítica perinatal

Doença hipertensiva específica da gestação: pré-eclâmpsia e eclâmpsia

Doença isquêmica do coração

Doença metastática de sítio 1º desconhecido

Doença trombo-embólica

Doenças bacterianas

Doenças causadas por micobactérias

Doenças causadas por protozoários e helmintos

Doenças da aorta

Doenças da pele

Doenças da pleura, mediastino e diafragma

Doenças da tireóide e paratireóide

Doenças da vesícula e vias biliares

Doenças desmielinizantes

Doenças do córtex adrenal

Doenças do esôfago

Doenças do hipotálamo e hipófise

Doenças do neurônio motor

Doenças do pericárdio

Doenças do peritônio e mesentério

Doenças genéticas

Doenças infecciosas do trato respiratório

Doenças infiltrativas e metabólicas do fígado

Doenças inflamatórias intestinais

Doenças inflamatórias pélvicas

Doenças mieloproliferativas

Doenças neuro-degenerativas

Doenças neuro-musculares

Doenças ocupacionais

Doenças ósseas e do metabolismo mineral

Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica

Doenças pépticas

Doenças pulmonares intersticiais

Doenças sexualmente transmissíveis

Doenças túbulo-intersticiais

Doenças vasculares das extremidades

Doenças vasculares renais

Doenças virais

Dor

Edema

Educação em saúde

Eletrocardiografia

Encefalopatias

Endocardites

Endocrinologia do ciclo gestativo

Endometriose

Enurese noturna

Envenenamentos

Epilepsias e convulsões

Esterilidade

Estudos epidemiológicos

Evolução histórica dos Serviços de Saúde no Brasil

Febre

Febre reumática

Feocromocitoma

Fisiologia da mama

Fisiologia do aparelho genital feminino

Fisiologia do ciclo menstrual, puberdade e climatério

Gemelidade

Glomerulopatias

Gravidez prolongada

Hemorragia digestiva

Hemorragia genital

Hepatopatias agudas e crônicas

Hidrocefalia

Hiperlipoproteinemias

Hiperplasia e carcinoma de próstata

Hipertensão arterial

Hipertensão porta

Hipertensão pulmonar

Hipertrofia adenoamigdaliana

Hiperuricemia

Icterícia

Imunizações em saúde pública

Imunologia básica

Infecção por chlamydia e mycoplasma

Infecções e abscessos intra-abdominais

Infecções urinárias

Insuficiência cardíaca

Insuficiência renal aguda e crônica

Insuficiência respiratória

Leptospirose

Leucemias e doenças dos leucócitos

Leucorréias

Linfomas

Malformação congênita

Manifestações cutâneas de doenças sistêmicas

Mecanismo do parto

Micoses superficiais e profundas

Mieloma

Miocardiopatias e miocardites

Mortalidade materna e perinatal

Myasthenia gravis

Nefrolitíase

Neoplasia de fígado, vias biliares e pâncreas

Neoplasias benignas e malignas da pele

Neoplasias de pulmão

Neoplasias do sistema nervoso central

Neoplasias do tubo digestivo

Neuropatias periféricas

Nutrição enteral e parenteral

O parto: estudo clínico e assistência

Oncogênese

Oncologia Ginecológica

Osteomielites

Pancitopenias

Pancreatites agudas e crônicas

Parada cardio-respiratória

Parto pré-termo

Patologia benigna da mama

Patologia do puerpério

Patologia do secundamento

Placenta prévia

Planejamento familiar

Política de Saúde Pública e Reforma Sanitária no Brasil

Pré e pós-operatório em Ginecologia

Prenhez ectópica

Prevenção do câncer em Ginecologia

Princípios da video-laparoscopia

Princípios de tratamento oncológico

Princípios gerais de Hemoterapia

Prolapso genital e incontinência urinária

Propedêutica da gravidez

Propedêutica em Ginecologia

Propedêutica em Mastologia

Puberdade anormal

Reações adversas a drogas e alimentos

Recém-nascido de alto risco

Repercussão da gravidez sobre o organismo

Resposta endócrina e metabólica ao trauma

Sarcoidose

Saúde do trabalhador

Sepse

Sexologia

Síndrome de compressão medular

Síndrome de Reye

Síndrome hemolítico-urêmica

Síndromes endócrinas múltiplas

Síndromes neurocutâneas

Síndromes paraneoplásicas

Sofrimento fetal agudo

Terapia de reposição hormonal

Tocotraumatismos maternos

Transtornos mentais e comportamentais

Traumatismos crânio-encefálico e raqui-medular

Trocas materno-ovularTumores de cabeça e pescoço

Tumores de ovário

Tumores do trato urinário

Utilização de indicadores sociais na análise da saúde da população

Valvulopatias cardíacas

Vertigens e tonturas

Vigilância epidemiológica

BRIG.-MÉD.-WALBERTO LUIZ BENEVENUTTI CORTINES LAXE

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)