Cassilândia, Sexta-feira, 24 de Março de 2017

Últimas Notícias

25/04/2008 07:17

Concessão de trecho da Ferronorte em MT será assinada

24horasnews

O deputado federal Wellington Fagundes (PR-MT) informou que o termo aditivo do contrato de concessão da Ferronorte (Ferrovia Vicente Vuolo) entre os municípios de Alto Araguaia e Rondonópolis será assinado na próxima terça-feira (29), às 15h00, em ato convocado pelo ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, para o seu gabinete, na Esplanada dos Ministérios.

As obras no trecho, de aproximadamente 140 quilômetros, estão paralisadas há cinco anos em Alto Araguaia e a luta para a sua retomada tem sido alvo de ações, tanto de lideranças políticas e empresariais de Rondonópolis, quanto de Cuiabá. O termo fixa um prazo de dois anos para a conclusão da obra.

Fagundes considera o ato de grande importância para Mato Grosso, pois representa que os termos acordados no Ministério dos Transportes há menos de dois meses vão se materializando e mostrando a seriedade dos projetos do atual governo, especialmente aqueles programados dentro do PAC.

A construção do trecho da ferrovia deverá ficar sob responsabilidade de um consórcio de empresas, que poderão captar os recursos junto ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

Segundo o deputado, a previsão é de que as obras comecem já em maio deste ano, com previsão de conclusão para 2010.

Ele lembra que a retomada das obras só foi possível após inúmeras audiências realizadas tanto em Mato Grosso como em Brasília. Algumas dessas audiências foram realizadas pela Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio da Câmara dos Deputados, presidida pelo deputado federal Wellington Fagundes, que contaram inclusive com a presença da ministra chefe da Casa Civil, Dilma Roussef. Ela considerou, na época, como “absurdas” as cláusulas do contrato de concessão da Ferrovia Vicente Vuolo para a América Latina Logística e que não previam um prazo para a retomada das obras no trecho Alto Araguaia/Rondonópolis. “Na época, a ministra chegou a ameaçar romper o contrato”, lembra o parlamentar.

O ato de assinatura do termo aditivo do contrato acontece nesta terça-feira, em Brasília, às 15h00

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 24 de Março de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 23 de Março de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)