Cassilândia, Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2018

Últimas Notícias

18/07/2018 14:30

Complexo dos Poderes e Programa de Preservação são criados

ALMS

A Lei 5.237, de autoria do deputado estadual Amarildo Cruz (PT), cria o Complexo dos Poderes e estabelece o Programa de Preservação, Proteção e Recuperação Ambiental das áreas que abrangem o Parque dos Poderes, o Parque Estadual do Prosa e o Parque das Nações Indígenas. A nova norma foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (18).

Ficam estabelecidas regras gerais sobre a fauna, flora e belezas naturais existentes no complexo, tendo como objetivos e diretrizes: preservar (defendendo a mata nativa do Cerrado das diversas ameaças à sua biodiversidade), proteger (oferecendo mecanismos de fiscalização no combate a degradação e modificação), restaurar (recompondo as árvores extraídas) e manter a qualidade de vida da bacia hidrográfica e do patrimônio cultural e paisagístico local.

A Lei proíbe a supressão vegetal nas áreas que compõem o Complexo, bem como, a realização de obras de terraplanagem, a abertura de canais, o exercício de atividades capazes de provocar erosão ou assoreamento das coleções hídricas, a presença de rebanho de animais domésticos de propriedade particular, a exploração de recursos naturais e o uso de instrumentos de corte de árvores e de captura de animais.

Na Lei foram anexadas as áreas que ficaram livres da proibição, todas constam em memorial descritivo elaborado pelo corpo técnico da Agência Estadual de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer). As obras e as edificações permitidas nas áreas que compreendem o Complexo somente poderão ser iniciadas após o devido cumprimento da legislação ambiental.

Deverão ser realizados estudos de compatibilidade da obra e do local, enquadramento no plano diretor do Complexo, assim como, as condições paisagísticas e o projeto definitivo. A altura máxima do prédio poderá ser a do térreo e de mais um andar. As ampliações, demolições, reformas e pintura somente serão permitidas com a devida e a prévia autorização da autoridade competente no âmbito estadual.

O Poder Executivo, garantida a participação do Legislativo e do Judiciário, editará regulamento que contemple, dentre outros temas necessários à execução da lei, as medidas de fiscalização e de aplicação de sanções.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 12 de Dezembro de 2018
Terça, 11 de Dezembro de 2018
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
Segunda, 10 de Dezembro de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)