Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

21/11/2015 09:00

Como contar a gravidez em semanas e em meses

Baby Center

Você sempre soube que um bebê fica nove meses na barriga, e agora vem o BabyCenter com essa história de semanas... Fazemos isso porque é assim que o médico vai contar a sua gravidez também.

Para os médicos, a gravidez dura em média 40 semanas. Mas 40 semanas a partir de quando? Como na maioria das vezes não dá para saber exatamente que dia aconteceu o encontro entre o óvulo e o espermatozóide, os médicos resolveram começar a contagem sempre a partir do primeiro dia da última menstruação.

É claro que você não engravidou no primeiro dia da última menstruação. Mas é a partir desse dia que começa a contagem de semanas. Como a ovulação acontece mais ou menos duas semanas depois do começo da menstruação, na prática as 40 semanas "oficiais" são na verdade 38 semanas a partir do dia em que o bebê foi gerado.

Só que a contagem oficial, dos médicos e do BabyCenter, começa antes mesmo de você engravidar. É esquisito, mas é assim que o padrão foi estabelecido.

Caso você saiba direitinho o dia do começo da sua última menstruação, pode usar nossa calculadora da gravidez para descobrir o dia em que as 40 semanas terminam, ou seja, qual é a data prevista para o parto.

E quando a pessoa não sabe a data da última menstruação?

Isso acontece com muita gente, principalmente com quem tem ciclos irregulares. Nesse caso, a solução é fazer um ultrassom, pois no exame dá para medir o tamanho do embrião (ou do saco gestacional), e essas medidas darão uma boa ideia ao médico de há quanto tempo a gravidez começou.

É importante saber que as medidas da ultrassonografia são mais precisas quanto mais cedo o exame for feito. Nas primeiras semanas (até a 12a), todos os bebês têm tamanhos muito parecidos entre si. Com o ultrassom, o médico dará a você uma data prevista para o parto.

A partir daí, a cada novo ultrassom que você fizer, pode aparecer uma data prevista para o parto diferente. Lembre-se que a mais confiável sempre será a que você obteve primeiro. A partir de 13 semanas, as diferenças genéticas fazem com que os bebês cresçam em ritmos diferentes. É por isso que uns nascem com 4 kg e outros com 2,5 kg, com o mesmo número de semanas (e perfeitamente normais).

Dica: Se você não sabe a data da última menstruação (também chamada de DUM), e só sabe a data prevista para o parto pelo ultrassom, volte 40 semanas a partir desse dia no calendário para conseguir uma DUM "artificial". Ela pode ser útil na hora de fazer exames, por exemplo, quando o laboratório pede essa informação.
Já sei a data prevista para o parto, mas o que isso quer dizer?

A data prevista (ou estimada) para o parto é o dia em que se completam as 40 semanas, mas tecnicamente a gravidez pode ir até 42 semanas. A partir de 37 semanas completas, o bebê já não será mais considerado prematuro, se nascer, mas o ideal é que fique na barriga, acumulando gordura e se fortalecendo, até pelo menos 39 semanas completas.

Os bebês não marcam hora para nascer, por isso a partir das 37 semanas você deve ficar de prontidão para ver se tem sinais de trabalho de parto. Não há problema nenhum em o bebê nascer depois das 40 semanas.

Os médicos no Brasil muitas vezes resistem a esperar muito até depois de 41 semanas completas. Mas em muitos países ninguém estranha quando a gestação dura até 42 semanas.

Dê uma olhada na nossa seção de desenvolvimento fetal para ver imagens interativas do crescimento do bebê dentro da barriga, semana a semana, e também na apresentação de slides. Se você se cadastrar no BabyCenter, vai receber gratuitamente um email por semana explicando tudo o que está acontecendo em cada fase.
E quando me perguntarem de quantos meses estou, o que respondo?

Quase ninguém, exceto suas amigas que já ficaram grávidas, vai querer saber esse número em semanas. Querem saber mesmo em qual dos nove meses da gravidez você está.

Um truque para resolver esse problema é usar nossa calculadora da gravidez para descobrir a data prevista para o parto, e então usar esse dia (digamos, o dia 12) para marcar as mudanças de mês. Desse jeito, o primeiro mês deve se completar mais ou menos com 5 semanas.

Contando com esse truque, um mês antes da sua data prevista para o parto você entra no nono mês, e completa o último mês na data prevista para o parto.

Sobra uma dúvida: Ok, você completou o quarto mês, e agora está no quinto. Então está grávida de 4 ou 5 meses? Tecnicamente, de 4, porque você só diz que um bebê tem 1 ano depois que ele completa esse ano e faz aniversário, certo? Mas você pode optar por dizer que está no quinto mês, o que também estará certo.

Para quem ainda duvidar do sistema de contagem por semanas, vai aqui a prova numérica: 38 semanas (40 menos as duas de antes da concepção) são 266 dias. Nove meses, fazendo uma média de 30 dias por mês, dá 270. Quase a mesma coisa.

Para seu médico, para a maternidade e até para o pediatra do seu filho, porém, o que vai importar mesmo é o número de semanas.

Por que se fala tanto em trimestre na gravidez?

Para facilitar, os médicos (e o BabyCenter) dividem a gravidez em três trimestres, que têm características diferentes entre si. Como a contagem é em semanas, e não em meses, a divisão fica assim:
Primeiro trimestre: até o fim da 12a semana de gravidez. É a fase do começo da gestação, do sono, dos enjoos...
Segundo trimestre: do início da 13a semana até o fim da 28a. Uma fase que costuma ser ótima, boa para fazer compras, investir na vida sexual e até viajar.
Terceiro trimestre: A partir da 29a semana de gravidez. É quando a mulher fica mais inchada e pesada.

http://brasil.babycenter.com/a1500788/como-contar-a-gravidez-em-semanas-e-em-meses#ixzz3s3i35hi3

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)