Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

17/06/2008 14:14

Comissão vota amanhã projeto que reduz território de MS

Paulo Fernandes - Campo Grande News

A Comissão da Amazônia, Integração Nacional e Desenvolvimento Regional reúne-se amanhã e deve votar o Projeto de Lei Complementar 31/07, do deputado Leandro Vilela (PMDB-GO), que altera os limites da divisa entre Mato Grosso do Sul e Goiás. Na prática, o projeto entrega 16 mil hectares do território sul-mato-grossense para o Estado vizinho.

A bancada de Mato Grosso do Sul está unida contra a proposta. “Estamos atentos. A bancada participou em peso da audiência dessa comissão. Com esse projeto vamos perder uma parte muito importante do Estado”, afirma o deputado Geraldo Resende (PMDB-MS).

Apesar do risco, Resende acredita que o projeto não deve fazer a população de Mato Grosso do Sul perder o sono. “Na audiência levamos técnicos de Mato Grosso do Sul que mostraram que essa discussão é equivocada. Eu acho que não passa. Esse projeto é só para criar polêmica”, diz.

O autor da proposta, Leandro Vilela, defende que uma área de 16 mil hectares fica localizada em território originalmente goiano. Pelo projeto dele, a divisa entre os Estados de Mato Grosso do Sul e Goiás inicia-se na confluência dos rios Paranaíba e Aporé, e segue pelo leito deste até sua cabeceira, e segue até a cabeceira do rio Araguaia.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)