Cassilândia, Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2017

Últimas Notícias

17/06/2008 14:14

Comissão vota amanhã projeto que reduz território de MS

Paulo Fernandes - Campo Grande News

A Comissão da Amazônia, Integração Nacional e Desenvolvimento Regional reúne-se amanhã e deve votar o Projeto de Lei Complementar 31/07, do deputado Leandro Vilela (PMDB-GO), que altera os limites da divisa entre Mato Grosso do Sul e Goiás. Na prática, o projeto entrega 16 mil hectares do território sul-mato-grossense para o Estado vizinho.

A bancada de Mato Grosso do Sul está unida contra a proposta. “Estamos atentos. A bancada participou em peso da audiência dessa comissão. Com esse projeto vamos perder uma parte muito importante do Estado”, afirma o deputado Geraldo Resende (PMDB-MS).

Apesar do risco, Resende acredita que o projeto não deve fazer a população de Mato Grosso do Sul perder o sono. “Na audiência levamos técnicos de Mato Grosso do Sul que mostraram que essa discussão é equivocada. Eu acho que não passa. Esse projeto é só para criar polêmica”, diz.

O autor da proposta, Leandro Vilela, defende que uma área de 16 mil hectares fica localizada em território originalmente goiano. Pelo projeto dele, a divisa entre os Estados de Mato Grosso do Sul e Goiás inicia-se na confluência dos rios Paranaíba e Aporé, e segue pelo leito deste até sua cabeceira, e segue até a cabeceira do rio Araguaia.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 20 de Fevereiro de 2017
Domingo, 19 de Fevereiro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 18 de Fevereiro de 2017
Sexta, 17 de Fevereiro de 2017
20:33
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)