Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

04/04/2008 15:37

Comissão restringe perdão por dívida de imóvel

A Comissão de Desenvolvimento Urbano aprovou na quarta-feira (2) o Projeto de Lei 1070/07, do deputado Carlos Bezerra (PMDB-MT), que veda o perdão de dívidas relativas a financiamentos de imóveis não-habitacionais ou de autofinanciamentos realizados por consórcio nos casos em que o imóvel do devedor for levado a leilão pela segunda vez e não houver lance que alcance o valor da dívida. Esse benefício consta da Lei 9.514/97.

Pela proposta, essa regra continua valendo apenas para o financiamento de imóvel residencial. Nesse caso, o devedor perde o imóvel, mas fica dispensado de pagar o saldo remanescente.

A legislação determina que, no caso de dívida remanescente em contratos de alienação fiduciária, o fiduciário, ao ter consolidada a propriedade do imóvel em seu nome, tem 30 dias para promover leilão para alienação do bem. Se no primeiro leilão o maior lance for inferior ao valor do imóvel, será realizado um segundo leilão em até 15 dias, e será aceito o maior lance oferecido, desde que igual ou superior ao valor da dívida, das despesas, dos prêmios de seguro, dos encargos legais, inclusive tributos, e das contribuições condominiais.

Sentido social
O relator do projeto, deputado Luiz Carlos Busato (PTB-RS), afirmou que a restrição a imóveis não-residenciais tem como objetivo resgatar o sentido social decorrente do perdão da dívida.

Para o autor do projeto, esse benefício se justifica em financiamentos habitacionais, mas não em operações de crédito destinadas às atividades empresariais. "O interesse é proteger o comprador da casa própria, pois está em jogo o patrimônio de uma família e não imóveis comerciais", justificou.

Tramitação
O projeto, que tramita em caráter conclusivo, ainda será analisado pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.




Agência Câmara

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)