Cassilândia, Segunda-feira, 29 de Maio de 2017

Últimas Notícias

04/04/2008 15:37

Comissão restringe perdão por dívida de imóvel

A Comissão de Desenvolvimento Urbano aprovou na quarta-feira (2) o Projeto de Lei 1070/07, do deputado Carlos Bezerra (PMDB-MT), que veda o perdão de dívidas relativas a financiamentos de imóveis não-habitacionais ou de autofinanciamentos realizados por consórcio nos casos em que o imóvel do devedor for levado a leilão pela segunda vez e não houver lance que alcance o valor da dívida. Esse benefício consta da Lei 9.514/97.

Pela proposta, essa regra continua valendo apenas para o financiamento de imóvel residencial. Nesse caso, o devedor perde o imóvel, mas fica dispensado de pagar o saldo remanescente.

A legislação determina que, no caso de dívida remanescente em contratos de alienação fiduciária, o fiduciário, ao ter consolidada a propriedade do imóvel em seu nome, tem 30 dias para promover leilão para alienação do bem. Se no primeiro leilão o maior lance for inferior ao valor do imóvel, será realizado um segundo leilão em até 15 dias, e será aceito o maior lance oferecido, desde que igual ou superior ao valor da dívida, das despesas, dos prêmios de seguro, dos encargos legais, inclusive tributos, e das contribuições condominiais.

Sentido social
O relator do projeto, deputado Luiz Carlos Busato (PTB-RS), afirmou que a restrição a imóveis não-residenciais tem como objetivo resgatar o sentido social decorrente do perdão da dívida.

Para o autor do projeto, esse benefício se justifica em financiamentos habitacionais, mas não em operações de crédito destinadas às atividades empresariais. "O interesse é proteger o comprador da casa própria, pois está em jogo o patrimônio de uma família e não imóveis comerciais", justificou.

Tramitação
O projeto, que tramita em caráter conclusivo, ainda será analisado pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.




Agência Câmara

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 29 de Maio de 2017
10:00
Receita do Dia
Domingo, 28 de Maio de 2017
Sábado, 27 de Maio de 2017
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)