Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/10/2016 18:00

Comissão rejeita divulgação de diferença de preço entre álcool e gasolina

Agência Câmara


A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços da Câmara dos Deputados rejeitou proposta que obriga os postos de gasolina a divulgar, em local visível, a diferença entre os preços da gasolina e do álcool calculada em percentuais.

A medida está prevista no Projeto de Lei 4525/16, do deputado Arthur Virgílio Bisneto (PSDB-AM), cuja intenção é facilitar a tomada de decisões pelo condutor de carros do tipo flex.

O relator da proposta, deputado Laércio Oliveira (SD-SE), no entanto, avaliou que o projeto não teria utilidade prática. Ele argumentou que o consumidor avalia não apenas o preço, mas a autonomia, antes de escolher o combustível.

“Não será isto [a informação sobre diferença percentual] que fará com que o consumidor faça a opção pelo combustível de melhor preço, já que a grande maioria busca aquele que comuta economia com autonomia”, disse. “Vejo que essa seria apenas mais uma medida que acabaria por ser editada sem haver qualquer utilidade prática".

Tramitação
A proposta já havia sido aprovada pela Comissão de Defesa do Consumidor. Por conta dos pareceres divergentes, perderá o caráter conclusivo e necessitará ser votada em Plenário. Antes disso, ainda será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)