Cassilândia, Segunda-feira, 28 de Maio de 2018

Últimas Notícias

20/05/2013 20:31

Comissão para investigar denúncia de fraude em aposentadorias por invalidez

Mariana Jungmann, Agência Brasil

Brasília - O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), determinou hoje (20) a instalação de uma sindicância para apurar as denúncias de que dois ex-servidores da Casa, que se aposentaram por invalidez, voltaram a trabalhar depois do afastamento.

Renan determinou ainda que uma junta médica do Senado reveja todas as aposentadorias por invalidez na Casa. O objetivo é reverter judicialmente todos os benefícios que tenham sido concedidos mediante conduta fraudulenta dos servidores.

A reportagem da Rede Globo mostrou que dois servidores voltaram à ativa aparentando boas condições de saúde depois de se aposentarem por invalidez. Com isso, eles acumulavam a aposentadoria integral à qual tinham direito pelo Senado com os salários de seus novos empregos.

A determinação do presidente do Senado é que o Portal da Transparência agora passe a publicar as aposentadorias dos servidores classificando se é por tempo de serviço, de contribuição ou por invalidez.

Três servidores compõem a comissão de sindicância. Não há tempo definido para que eles concluam os trabalhos, mas em nota o presidente do Senado disse que quer o resultado da investigação “em um curtíssimo prazo”.

Edição: José Romildo

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)