Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

07/05/2012 13:37

Comissão Europeia diz que tomará medidas contra a Argentina

Renata Giraldi*, Agência Brasil

Brasília – A Comissão Europeia (CE) anunciou hoje (7) que vai tomar medidas contra a decisão do governo da Argentina de expropriar a empresa petrolífera YPF, filial espanhola da Repsol. Para a comissão, as providências são urgentes como reação ao que chamou de \"crescente tendência ao protecionismo na América Latina”. Duas semanas depois de a Argentina expropriar a YPF, a Bolívia decidiu nacionalizar uma empresa de eletricidade.

Os detalhes sobre as medidas que serão adotadas pelos europeus contra os argentinos não foram revelados. \"Vamos avançar rapidamente em nossa resposta à ação da Argentina no caso em particular da Repsol\", disse o comissário de Comércio da União Europeia, Karel de Gucht, durante uma conferência sobre as relações entre Europa e Brasil.

Ele alertou ainda que o Brasil pode “perder muito” devido às decisões da Argentina e da Bolívia, pois parte de suas exportações são direcionadas a países latino-americanos. “[O Brasil] não pode ficar parado se quiser avançar para o próximo nível de desenvolvimento.\"

\"[O Brasil pode] perder muito devido à tendência para o protecionismo na região já que 20% das suas exportações são direcionadas para outros países latino-americanos\", disse o comissário. \"Uma visão integrada da América Latina permitirá ao Brasil expandir seu comércio. Mas também criará em todo continente economias em escala, tornando mais fácil para a concorrência nos mercados globais.\"

O comissário também citou a decisão da Bolívia de nacionalizar a Empresa Transportadora de Eletricidade (cuja sigla em espanhol é ETE] . \"Esse tipo de movimento é, naturalmente, um problema para a Argentina e Bolívia, que será mais difícil de garantir o investimento internacional que eles precisam. Mas eles também são um problema para a União Europeia, pois nossas empresas estão sendo diretamente afetadas”, disse.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)