Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

30/11/2017 13:00

Comissão de Agricultura aprova preço mínimo por região produtiva

Agência Câmara Notícias


A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural aprovou projeto de lei que estabelece que os preços mínimos de produtos agrícolas serão definidos por regiões com semelhante custo de produção, incluindo os custos variáveis (despesas com mão de obra, sementes, adubos, entre outros).

O projeto (PL 7698/17) é de autoria do deputado Covatti Filho (PP-RS) e foi aprovado na forma de um substitutivo apresentado pelo relator, o deputado Reinhold Stephanes (PSD-PR).

O texto original estabelece que os preços mínimos – definidos pela Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM) do governo federal – serão fixados por estado, observado os custos de produção locais. Stephanes disse que a proposta acaba não abarcando as diferenças de custo que ocorrem em uma mesma unidade da federação.

“Dentro de uma mesma unidade federada existem, em não raras oportunidades, estruturas topográficas, de clima e de tipo de solo completamente diversas, impactando distintamente custos fixos e variáveis”, disse.

A melhor saída, segundo ele, é determinar a fixação dos preços mínimos por região produtiva – que pode até abranger mais de um estado.

A PGPM fornece um conjunto de instrumentos para garantir a renda dos produtores contra as variações de preço no mercado. Entre estes estão a compra do excedente de produção e o financiamento da estocagem sempre que o preço de mercado se situar abaixo do ‘piso’ determinado pelo governo.

Tramitação
O PL 7698/17 tramita de forma conclusiva e será analisado agora pelas comissões de Finanças e Tributação; e Constituição e Justiça e de Cidadania.

ÍNTEGRA DA PROPOSTA:
PL-7698/2017

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)