Cassilândia, Sábado, 26 de Setembro de 2020

Últimas Notícias

22/09/2003 15:07

Comissão da Câmara quer ouvir Gugu Liberato

Agência Câmara

O apresentador Gugu Liberato, do SBT, foi convidado a comparecer à Comissão de Ciência e Tecnologia nesta quarta-feira (24), às 11h30, para falar sobre a falsa reportagem exibida no seu programa Domingo Legal, no dia 7 de setembro. Na matéria, dois supostos integrantes da organização criminosa PCC, encapuzados, fizeram ameaças a várias personalidades, como o vice-prefeito de São Paulo, Hélio Bicudo, e o padre Marcelo Rossi, e apresentadores de outras emissoras.
Um dos homens confessou à polícia que a entrevista foi uma farsa e que foi pago para participar. Até agora, Gugu Liberato tem negado sua participação na reportagem e responsabilizado a equipe de produção do programa. A deputada Mariangela Duarte (PT-SP), uma das autoras do requerimento, sustenta que cabe à Comissão de Ciência e Tecnologia não só analisar as concessões de rádio e TV, mas alertar para as responsabilidades de quem recebe o canal. O caso, segundo ela, permite que se discuta a revisão das concessões. "Tem que haver contrato e tem que se estabelecer cláusulas socioculturais, ou seja, ninguém pode receber um canal de TV e editar programas que não cumpram a lei. O caso dele é gravíssimo, infringe o Código Penal, não é brincadeira”.
Mariangela Duarte declara que o caso de Gugu Liberato não é isolado na TV. Mas que ele está sendo alvo por ter extrapolado todas as regras e praticado o crime de incitação à violência.
No último dia 17, a comissão aprovou requerimento de deputados do PT para realização de audiência pública com o apresentador. O presidente da Comissão, deputado Corauci Sobrinho (PFL-SP), marcou a data da audiência e mandou o convite a Gugu Liberato, que teve o programa suspenso no último domingo, por decisão judicial.
Corauci Sobrinho explica que uma comissão permanente, como é a de Ciência e Tecnologia, não tem poder para convocar uma pessoa, apenas para convidar. Por isso, o apresentador poderá ou não comparecer. Mas a audiência pública, informa o deputado, poderá ser reforçada pela Comissão de Direitos Humanos, que também quer ouvir o apresentador do SBT.

Reportagem - Márcia Brandão
Edição - Regina Céli Assumpção


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 25 de Setembro de 2020
Quinta, 24 de Setembro de 2020
14:18
Luto
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)