Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

11/04/2006 21:01

Comissão conclui que funcionários da Caixa são inocentes

Aloisio Milani/ABr

A Caixa Econômica Federal divulgou hoje (11) nota oficial para informar que a comissão interna, que apurou responsabilidade da quebra de sigilo bancário do caseiro Francenildo dos Santos Costa, concluiu que funcionários diretamente envolvidos no episódio não infringiram a lei e as normas internas da instituição.

Segundo a nota, "o processo de apuração interna seguiu rigorosamente as normas da instituição, assegurou ampla defesa aos empregados e o respeito à autonomia e à independência da comissão sindicante". A conduta do ex-presidente da Caixa Jorge Mattoso não foi avaliada pela comissão, porque, segundo a nota, ele não era empregado da instituição e sua participação é investigada pela Polícia Federal.

Uma das pessoas investigadas e absolvidas pela comissão interna da Caixa foi o consultor especial da Caixa Ricardo Schumann. Agora, a Caixa informou que vai aguardar as conclusões do inquérito da Polícia Federal e da análise do relatório ca Controladoria Geral da União.

Após a divulgação pela imprensa do extrato bancário do caseiro, foi aberto um inquérito para investigar o caso e saber a responsabilidade pelo crime de quebra de sigilo funcional. A Polícia Federal já indiciou o ex-presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Mattoso, e o ex-ministro da Fazenda, Antonio Palocci, por envolvimento com o caso.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)