Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

18/09/2013 08:58

Comissão aprova proposta de deputado que visa dar “autonomia” a UEMS

Campo Grande News

A CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação) aprovou a PEC (Projeto de Emenda à Constituição) do deputado estadual Felipe Orro (PDT) que visa dar “autonomia” a UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) fixando o repasse de 3% do orçamento anual do governo estadual a instituição.

Após esta aprovação, o projeto deve seguir a mesa diretora que vai encaminhar ao plenário. O deputado afirmou que aceita articular com o governo estadual o aumento gradual deste repasse a universidade, para que não haja prejuízos aos cofres públicos. “Podemos fazer em parcelas, até que se chegue ao percentual esperado, a UEMS precisa deste apoio para aumentar os investimentos tanto em pesquisa como em ampliação de vagas”, destacou ele.

Segundo Orro, a universidade está com dificuldades para pagar as contas e manter o funcionamento básico das unidades. Ele destacou que em 2013 serão repassados R$ 113 milhões, o que ainda é insuficiente. “Sabemos do empenho do governo em contribuir com a UEMS, tanto que já está previsto a instalação de um campus em Campo Grande e uma faculdade de medicina, mas é preciso ter recursos para sua manutenção mensal”, destacou.

Alternativa – Felipe Orro já havia tentando “emplacar” sua proposta por meio da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias), mas sua emenda foi rejeitada pela CCJR (Comissão de Constituição e Justiça e Redação) que entendeu que este projeto não competia a LDO. O presidente da comissão, o deputado estadual Marquinhos Trad (PMDB), explicou que esta requisição deveria ser feita durante a discussão do orçamento de 2014 ou por meio de PEC.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)