Cassilândia, Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017

Últimas Notícias

09/10/2016 11:20

Comissão aprova instituição de política de incentivo à produção da borracha

Agência Câmara

A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural aprovou, na última quarta-feira (5), o Projeto de Lei 5026/16, que institui a Política Nacional de Incentivo à Produção de Borracha Natural de Qualidade. O objetivo, segundo o autor, deputado Evair de Melo (PV-ES), é elevar o padrão da qualidade da borracha natural produzida no Brasil.

O parecer do relator, deputado André Abdon (PP-AP), foi favorável à proposta. Conforme ele, o País foi, por muitos anos, o maior exportador de borracha natural do mundo, mas o sistema de produção extrativista, a ausência de subsídio governamental à extração de borracha na região Amazônica, a incidência do fungo causador da doença “mal-das-folhas”, entre outros pontos, acabaram prejudicando a expansão da cultura no País.

“O Brasil passou de exportador a importador líquido de borracha natural, em especial de países asiáticos, como Tailândia e Indonésia, que adotaram uma produção em massa, em oposição ao extrativismo praticado em nosso País”, explicou.

“Dessa forma, a Política Nacional de Incentivo à Produção de Borracha Natural de Qualidade é uma importante iniciativa que visa a aumentar a competitividade da heveicultura [cultivo de seringueira] nacional, elevando a produtividade e a qualidade do produto brasileiro de forma a fazer frente aos preços praticados pelos concorrentes asiáticos e remunerar de forma satisfatória os produtores”, afirmou.

Diretrizes e instrumentos
Pela proposta, as diretrizes da política incluem, entre outros pontos: a sustentabilidade ambiental, econômica e social da atividade; a articulação e colaboração entre os entes públicos federais, estaduais e municipais e o setor privado; o estímulo às economias locais; e o monitoramento da qualidade da borracha natural produzida.

Já os instrumentos da política são, de acordo com o texto: o crédito rural para a produção, industrialização e comercialização; a pesquisa agrícola e o desenvolvimento tecnológico; a assistência técnica e a extensão rural; a capacitação gerencial e a formação de mão de obra qualificada; a instituição de selo que ateste a qualidade do produto, entre outros.

Ainda segundo o projeto, terão prioridade de acesso às linhas de crédito os agricultores familiares e os pequenos e médios produtores rurais organizados em associações, cooperativas ou outros arranjos produtivos locais.

Tramitação
A proposta será analisada em caráter conclusivo pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

ÍNTEGRA DA PROPOSTA:

PL-5026/2016

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 20 de Novembro de 2017
Domingo, 19 de Novembro de 2017
11:00
Mundo Fitness
Sábado, 18 de Novembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)