Cassilândia, Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017

Últimas Notícias

07/11/2017 09:20

Comissão aprova fim do horário de verão em Goiás e no Distrito Federal

Correio do Estado

 

A Comissão de Minas e Energia da Câmara aprovou Projeto de Decreto Legislativo (PDC 557/16) do deputado Delegado Waldir (PR-GO) que susta, em relação ao estado de Goiás, os efeitos do Decreto 6.558/08, que institui a hora de verão em parte do território nacional.

O parecer do relator, deputado Carlos Andrade (PHS-RR), foi favorável à proposta, com complementação de voto incluindo o Distrito Federal na proposta, com o argumento de que as cidades do Entorno do Distrito Federal ficam em Goiás.

Segundo Andrade, apesar de o governo federal ainda considerar necessária a implementação do horário de verão, em razão da economia de energia gerada, o consumo no País vem sendo reduzido nos últimos quatro anos. O deputado defende que o governo promova a diversificação da matriz energética, em vez de “impor este sacrifício continuamente à população”.

O deputado Augusto Carvalho (SD-DF) apresentou voto em separado contrário ao projeto. Ele salientou que a adoção da medida tem possibilitado uma redução média de 4,5% na demanda de energia nos horários de maior consumo, reduzindo o volume de carga de energia nas linhas de transmissão e nos sistemas de distribuição de energia.

Em relação a “eventuais desconfortos sentidos por parte da população “, Carvalho afirmou que estudos médicos realizados nos Estados Unidos relatam que tais efeitos são sentidos apenas durante a primeira semana ou aos primeiros dias de vigência do horário de verão.

Este ano o governo federal chegou a cogitar não implementar o horário de verão, mas deixou a decisão para 2018.

A proposta ainda será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania e pelo Plenário da Câmara, antes de seguir para o Senado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 23 de Novembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 22 de Novembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)