Cassilândia, Terça-feira, 21 de Fevereiro de 2017

Últimas Notícias

27/08/2007 10:42

Comissão analisa troca de vestibular por pré-graduação

Agência Câmara

A Comissão de Educação e Cultura pode votar nesta quarta-feira (29) o Projeto de Lei 6137/05, que muda a forma de ingresso nos cursos de graduação oferecidos por universidades e faculdades. Pela proposta do deputado Alex Canziani (PTB-PR), o vestibular será substituído por um curso de pré-graduação. Nesse curso, o candidato a uma vaga no ensino superior vai estudar, durante um ano, disciplinas básicas do curso de graduação escolhido. A intenção, explica Canziani, é permitir que o aluno tenha "mais certeza na opção de formação profissional".

De acordo com o projeto, as instituições de ensino superior deverão oferecer para os cursos de pré-graduação pelo menos o triplo das vagas existentes para os cursos de graduação correspondentes. Os candidatos, no entanto, não estarão livres de processo seletivo, pois as vagas para a pré-graduação serão ocupadas por meio de um processo que aproveite o desempenho dos estudantes no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Depois de concluído o curso de pré-graduação, os alunos serão admitidos na ordem do seu desempenho até o preenchimento das vagas. As instituições de ensino superior serão autorizadas a reduzir os cursos de graduação em um ano - período relativo ao curso de admissão.

Alex Canziani acredita que a proposta garante um sistema de acesso ao ensino superior "democrático, progressivo, flexível, vocacional e capaz de selecionar pela competência e não apenas pelo treinamento". O relator, o deputado Eliene Lima (PP-MT), recomenda a aprovação da proposta.

Patrimônio histórico
A comissão também pode votar o Projeto de Lei 6651/06, do deputado Renildo Calheiros (PCdoB-PE), que cria o Fundo Especial do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional para garantir recursos para recuperar e preservar esse patrimônio.

Em todo o País, o acervo patrimonial tombado abrange 20 mil edifícios; 57 centros e conjuntos urbanos; 13 mil sítios arqueológicos; e mais de um milhão de objetos, incluindo acervo museológico, cerca de 250 mil volumes bibliográficos, documentação arquivística e registros fotográficos, cinematográficos e videográficos.

O relator, deputado Raul Henry (PMDB-PE), recomendou a aprovação do projeto, com duas emendas que permitem aos estados firmarem convênio com a União para aplicação dos recursos do novo fundo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 21 de Fevereiro de 2017
Segunda, 20 de Fevereiro de 2017
Domingo, 19 de Fevereiro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 18 de Fevereiro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)