Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

09/11/2005 12:52

Comércio quer que ICMS de dezembro seja parcelado

Fernanda Mathias / Campo Grande News

Representantes do comércio de Campo Grande devem pedir o governo do Estado que parcele o recolhimento do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) entre os meses de janeiro, fevereiro e março. O presidente da ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande), Luiz Fernando Buainain, ressalta que no período as lojas aumentam os estoques de 40% a 60% para o giro do Natal e por isso os lojistas terão dificuldades em recolher os impostos, o que agora é feito antes mesmo da comercialização, através do chamado ICMS Garantido, que estipula uma margem presumida de 30% de lucro para cobrança do imposto.

O pedido de parcelamento será elaborado na próxima semana, durante reunião do Fórum Empresarial do Setor Produtivo, em data ainda a ser marcada. Buainain ressalta que o comércio responde por 56% das arrecadações do Estado e acredita na sensibilidade do governo para que o pedido seja atendido, assim como já foi concedido em São Paulo. Ele destaca que os principais fatores que colocaram o setor em dificuldades este ano são o câmbio em baixa, a quebra na safra agrícola e a crise gerada com a confirmação dos focos de febre aftosa em Eldorado e Japorã, a partir da segunda semana de outubro.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)