Cassilândia, Sábado, 06 de Junho de 2020

Últimas Notícias

09/05/2020 17:41

Comerciante perde R$ 40 mil em falsa compra de mercadoria

Kerolyn Araújo, Campo Grande News

Comerciante, de 37 anos, procurou a polícia no final da tarde de ontem (8) após cair em golpe e perder R$ 40 mil em uma falsa compra de mercadoria. A vítima é de Corumbá, mas o crime ocorreu em Campo Grande.

Conforme o registro policial, a vítima contou que possui pequeno comércio na cidade e que recebeu a ligação de um suposto fiscal da Agenfa (Agência Fazendária de Mato Grosso do Sul), dizendo que havia mercadoria apreendida em um supermercado e que venderia com preço reduzido ao comerciante.

A vítima veio para Campo Grande, encontrou o estelionatário e foi ao supermercado. No local, um outro golpista, que se identificou como gerente da rede, disse que estava com o pedido da mercadoria em mãos, mas que no documento constava endereço na cidade de Dourados. Para que ela fosse liberada, deveria alterar para a cidade do comerciante.

O suposto servidor da Agenfa foi com a vítima até a prefeitura para resolver a situação do documento. Ele pediu que o comerciante entregasse o dinheiro da compra, no valor de R$ 40 mil, para que a secretária conferisse enquanto a documentação era alterada.

O golpista pediu que a vítima esperasse do lado de fora da prefeitura, entrou no prédio com o dinheiro e não foi mais encontrado.

Ao perceber que havia caído em um golpe, a vítima procurou a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 06 de Junho de 2020
Sexta, 05 de Junho de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)