Cassilândia, Domingo, 20 de Maio de 2018

Últimas Notícias

18/02/2014 19:04

Comerciante é fuzilado em Ponta Porã, 4º brasileiro executado na fronteira

Filipe Prado, Campo Grande News

Em menos de uma semana, o quarto brasileiro foi executado na fronteira com o Paraguai. O comerciante Peterson Velilha, 30 anos, foi fuzilado, por volta das 17h de hoje, em frente à escola Mappe (Moderna Associação Pontaporanense de Ensino), na rua Antônio João, no centro de Ponta Porã, a 333 quilômetros da Capital, quando buscava o filho.

De acordo com o site Repórter MS, Peterson estacionou o seu carro em frente a escola, quando um veículo, não identificado, passou pelo local e metralhou o veículo. O comerciante tentou fugir, mas acabou sendo atingido e morreu na hora.

Pelo menos 15 tiros, conforme o site, atingiram Peterson, sendo oito de um fuzil calibre 227 e sete de uma 9 milímetros. A Polícia Militar de Ponta Porã foi acionada, como a Polícia Nacional do Paraguai, que relatou que os bandidos provavelmente ultrapassaram a fronteira paraguaia.

A família de Peterson disse que não tem nenhuma pista de quem seriam os autores do crime. O caso está sendo investigado pelo 1º DP (Distrito Policial) de Ponta Porã.

Fronteira – Este é o quarto brasileiro assassinado na fronteira com o Paraguai em menos de uma semana. No dia 14 de fevereiro, os ex-policiais militares Jorge Luís Ayala, 47 anos, e Edson Borda da Silva, 50, foram assassinados em Pedro Juan Caballero. A polícia suspeita de acerto de contas.

Já no dia 12, o perito papiloscopista da Polícia Civil, Marcílio de Souza, 51 anos, foi morto em uma loja em Ype-Jhú, cidade paraguaia que faz fronteira com o município de Paranhos. Um carro se aproximou do local onde estava Marcílio e efetuou seis disparos. Um dos tiros, de calibre 12, atingiu a cabeça do policial, que chegou a ser socorrido, mas morreu antes de ser atendido no Hospital Municipal de Paranhos

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Sábado, 19 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)