Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

11/02/2016 14:30

Comerciante é flagrado vendendo pássaros silvestres em mercearia

Campo Grande News
Foto: Sidney BronkaFoto: Sidney Bronka

Um comerciante de Dourados foi preso hoje (11) acusado de manter um viveiro clandestino com pelo menos 70 pássaros no Jardim Canaã I, região norte da cidade. O acusado usava a pequena mercearia que mantém no local para comercializar os pássaros, que foram avaliados pela PMA (Polícia Militar Ambiental) em R$ 100 mil.

Os animais ainda estão sendo contados e avaliados pelos policiais ambientais, mas foram encontrados no local dezenas de canários da terra, canários belgas, periquitos e calopsitas.

A polícia chegou ao viveiro clandestino por uma coincidência. Agentes do SIG (Serviço de Investigações Gerais) apuravam o envolvimento do comerciante na receptação de um celular roubado. Quando chegaram ao local, encontraram os pássaros e chamaram a PMA.

Além do celular roubado, a polícia encontrou na casa armas de caça e munição, roupas e outros objetos com suspeita de terem sido furtados.

O comerciante foi preso em flagrante por porte e posse ilegal de arma e deve ser indiciado por receptação. Segundo o Sargento Aldo, da Polícia Militar Ambiental, ele vai responder também por capturar animal silvestre e por armazenar animais em local inapropriado. A multa pode chegar até R$ 100 mil. (Colaborou Sidney Bronka)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)